Delírios de consumo: O casamento

setembro 30, 2011 às 5:17 pm | Publicado em Uncategorized | 3 Comentários
Tags: , , , ,

“Outro dia recebi um convite para um casamento. Ah, os casamentos… Uma das melhores festas, na minha singela opinião. Um monte de gente elegante, mulheres com seus glamorosos vestidos longos e brilhantes, homens de smoking ou terno. Um luxo.

Sempre fui fã de festas desse tipo. Festas onde os convidados precisam se preocupar milimetricamente com cada acessório que colocará no “grande dia”, assim como os noivos precisam.

Quando recebi o convite a primeira coisa que pensei foi: ‘preciso comprar um vestido!’. Ok, admito que deveria ter pensado primeiro no presente do casal, mas, deixei para depois. Enfim, conversando com familiares, minha avó falou: ‘por que não usa aquele da formatura? Ele é lindo!’ – realmente ele é PERFEITO, mas deixo para falar dele um outro dia, pois, ele merece um post só para ele!

Como toda mulher que se preze eu, logicamente, não queria repetir o vestido, por isso, os vestidos que eu já tinha em casa nem passaram pela minha cabeça na hora de pensar na roupa da festa.

Passaram-se alguns dias, o dia do casamento foi se aproximando, então, finalmente, peguei minha mãe pelo braço e fomos ao shopping. Entrei em uma, duas, três lojas. Um, dois, três shoppings. Nada me chamava atenção, nada me agradava plenamente. Comecei a ficar desanimada, desestimulada. Mas então decidi: vou alugar!

Chegando na casa de aluguel de vestidos, me deparei com um mundo de opções! Cores, cortes, brilhos, tamanhos, com alça fina, tomara que caia, um ombro apenas… E assim o avistei! Era um vestido curto, de um ombro só, com um corte na alça que formava um belo decote (nunca tinha usado nada parecido), preto e bronze, todo de paetês. Como disse a minha tia: um escândalo!

Rezei para todos os santos para que o vestido coubesse em mim e o milagre aconteceu, pois, ele ficou perfeito no meu corpo. Todos da loja elogiaram e disseram que tudo estava combinando comigo. Não pensei duas vezes e aluguei o vestido, mas não sem antes pedir para darem uma encurtadinha maior nele…

Vestido alugado, acessórios escolhidos. Sim, faltava alguma coisa, na minha opinião, o principal: o sapato!

No outro dia fui ao shopping e entrei em todas as lojas, finalmente, encontrando uma sandália preta, de salto fino. Ideal para a ocasião.

Na véspera do casamento, veio na minha cabeça que aquele vestido ficaria mais lindo ainda se eu usasse uma meia calça preta por baixo. Provei ele com o novo acessório e, realmente, ficou muito melhor. Então decidi que teria que comprar um outro sapato, já que com meia calça não daria para usar uma sandália aberta. Fui novamente ao shopping, mas não encontrei nada que ficasse bom nos meus pés (eu tenho um sério problema com calos, mas esse assunto também fica pra depois). Desisti.

Pensa que a saga acaba aqui? A história continua semana que vem…

😉

Alissa Ferreira

Anúncios

Ela é carioca, ela é carioca

setembro 30, 2011 às 4:47 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , ,

Como vocês devem ter notado, a semana toda teve post musical e com atrações do Rock in Rio.  Pois bem, vim dar pinta de carioca e aproveitar o RiR. Portanto, na volta, mil fotos lindas aguardam ser publicadas. Para dar o gostinho…

Foto: Priscilla Olegario

E hoje tem confissões de consumo pra vocês, já já no ar.

😉

Gabi Albuquerque

We will rock you

setembro 28, 2011 às 5:52 pm | Publicado em Uncategorized | 1 Comentário
Tags: , , , ,

Semana de Rock in Rio merece look de rock. Fiquei pensando numa foto bacana, rock n´roll, para mostrar aqui e lembrei das de Londres que eu ainda não postei tudo. Aproveitei o clique do dia que fui ver o musical We will rock you com as músicas do Queen. Foi incrível e emocionante para uma fã e lembrei do meu pai durante todo tempo – o apresentador do grupo na minha vida adolescente. Mas se você está indo a Londres e só vai em uma peça, recomendo investir no Billy Elliot, achei a história  – já conhecida em filmes, inclusive – mais envolvente.

Saia: Zara; Blusa: Bacchus; Jaqueta: feira de Notting Hill; Bota: Arezzo

No musical eles falam sobre a morte do rock e tentam resgatar o som da guitarra. Incrível como bate com o que muitos têm comentado sobre o Rock in Rio. Afinal, Claudia Leitte, Ivete Sangalo, Nx Zero e mais não sei quantas bandas passam longe do rock n’ roll, né? Claudia postou no blog dela revoltada com as críticas sobre seu show, dizendo que os artistas internacionais só vem para o Brasil tomar cachaça, beijar na boca e desafinar, e o povo aplaude isso. Ok, pode até ser, Claudete, mas o nome do evento tem escrito rock, sabe?! Espera-se, portanto, bandas de rock.

Podemos fazer uma campanha, “Rock in Rio, we will rock you”. haha Que tal?! Ah, e seria muito bom se Freddie ainda estivesse entre nós para cantar lá como em 1985.

Tenho vontade de chorar com esse vídeo. Sensível. hehe

Serviço:

Musical We will rock you

The Dominion Theatre, Tottenham Court Road (bem em frente a estação de mesmo nome)

😉

Gabi Albuquerque

Para de ser linda, Shakirão

setembro 27, 2011 às 6:55 pm | Publicado em Uncategorized | 3 Comentários
Tags: , , , , , , ,

É gente, a danada da Shakira nasceu com a estrela na testa. A dona do rebolado e da barriga mais desejada ever está chegando em terra brazilies para show no Rock in Rio. Dada tanta beleza e domínio de quadris, mereceu um post com looks da ídola. O que será que ela vai usar na cidade maravilhosa? Relaxa aí que o Ego vai mostrar tão logo for possível e nós conferiremos naquele momento de olhar site de fofoca.

Para arrasar com nossa cara de mortal, vai uma foto de jeans, mas nada básica porque como bem sabemos a musa adora uma extravagância.

Sim, ela também arrasa com vestidinho preto bem lady e bota pesada, por sinal a mesma da foto acima. Shakirão repete peças, tá? Isso é inteligência fashion.

Brilho e vestido longo, nem cobrindo as pernas perde o charme. Em festa de tapete vermelho, ela sempre estará com medelitos que valorizam a forma.

E achando pouco toda demonstração de suas qualidades, ela se apresenta assim nos palcos.

Agora enquanto você pensa na coxinha, no Mc Donald´s, na coca cola gelada, na pizza, vai ouvindo Rabiosa e faça sua escolha: barriga de Shakira ou comer feliz. hehe

Tá, além do Rock in Rio, o fato de eu estar renegando todas as calorias em nome de um verão mais satisfeito contribui para este post. Compartilhem comigo esse momento difícil de uma vida gulosa. haha

😉

Gabi Albuquerque

Para começar bem

setembro 26, 2011 às 6:08 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , ,

Este post é especialmente dedicado aos desejos. Para a semana vir com tudo, para todos os planos correrem bem, por mais alguns sonhos que serão realizados este ano (2011 bombando com minha cara), para muitos looks coloridos, para o rock do Rock in Rio ser mais rock e para o verão, minha estação preferida. Porque é assim que a segunda feira deve ser, como diz na música a seguir, “until monday morning feels another life”.

Ontem de manhã tive o prazer de ligar a TV e estar passando o show deles no Festival Glastonbury 2011. Deixou meu domingo tão legal que quis ouvir de novo na segunda.

Sem mais, já que não estou filosófica suficiente, na verdade estou mais afim de ação que de palavras. Ah, aproveitem a música porque Coldplay é Coldplay, né? E Chris Martin é meu nerd fofo do <3. hehe

😉

Gabi Albuquerque

Vem do Marrocos e é famoso. Chuta?!

setembro 23, 2011 às 11:12 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , , , ,

Não é O clone, nem tio Ali e nem Jade. haha É o óleo de Argan!

Como vocês devem ter notado, esta semana foi agitadíssima no Recife, cheia de novidades pras fashionistas e fãs de maquiagem – também foi cheia de trânsito para uma moradora da zona norte atravessando pra zona sul (onde rolaram TODOS os eventos), haha. Mas, claro, a gente tem é que comemorar quando a segunda feira já começa com a MAC, né? Como falei no post da Fabiana, ainda tinha conteúdo de sobra pra encher nossa cachola de coisas novas. E para completar com chave de ouro, ontem teve o lançamento oficial de vendas da Moroccanoil aqui com a presença de Victoria Ceridono, editora de beleza da Vogue e dona do blog Dia de Beauté.

Primeiro vou explicar o sucesso do Moroccanoil porque nem todo mundo sabe ainda da “mágica” capilar. A marca tem todos os produtos normais de uma linha de cabelos, shampoo, condicionador e máscara, entretanto, neste caso acrescente o óleo, esse sim é o causador do bafafá. E quem usa? A modelo Cindy Crawford, as atrizes Scarlett Johansson e Penelope Cruz, isso só para dar exemplos. Na fórmula: o óleo de Argan (podendo ser chamado também de pozinho mágico, é extraído da semente do fruto de uma flor do Marrocos), vitamina E, vitamina A e omega 6. Todas dizem que o danado é milagroso mesmo, deixa o cabelo brilhoso e sedoso sem ser melequento. Fiquei bem tentada a comprar quando estava em Londres, afinal lá tem preço normal, mas desisti porque meu cabelo anda mais pra oleoso, aí bateu medinho.

Mas, segundo a representante da grife no evento e a própria Vic, ele funciona para cabelos oleosos também (vou testar semana que vem, aí conto por aqui). Olha a foto dela conversando com a grande quantidade de pessoas na Dona Santa.

Sim, a máscara tem de duas cores: a marrom é mais leve, daquelas para fazer toda semana, já a laranja é super potência, se seu cabelo já estiver em estado de choque ou se você não hidrata há tempos.

E aí, você deve estar se perguntando “Gabi, para uma pessoa sem a vida de luxo e riqueza, vale a pena?” Bom, se você já investe em produtos profissionais no cabelo, como Bonacure, Loreal, Kerastase e outras, não custa tanto testar o Moroccanoil, né? Pelo menos o óleo famoso, que é mais barato e se não der certo, você não morre de arrependimento. Se tiver uma amiga que vai viajar, melhor ainda, traz de fora, gata! Ah, e se você não costuma gastar com essas coisas capilares, também indico testar um dos produtos, ou a máscara ou o óleo. Uma ótima ideia: vai num salão e faz a hidratação lá, é o test drive.  Vamos aos preços?

Máscara, 250 ml: em torno de R$200 (em site brasileiro)

Óleo, 25 ml: em torno de R$75/80 (preço dos salões no Recife, ainda não vendem a máscara)

Ps: amiga que testou um outro produto, nacional e mais barato, com o óleo de argan disse que é babado também.

O meu kit está me aguardando pro teste. hehe

Meus agradecimentos  a Rebeca, do Platz Studio, pelo convite para participar do lançamento. =) É lá que vou me jogar no banho de beleza capilar e é onde tem o spa do pés mais querido (com Andrea), não vejo a hora de ter pé de gente de novo. haha

😉

Gabi Albuquerque

Batalha de looks com prêmio para vocês

setembro 23, 2011 às 5:24 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , , , , , ,

Nada melhor que notícia boa pra animar a sexta feira, né? Então lá vai, recebi o convite da ADD Store, uma loja bem bacana daqui de Recife, para participar da promoção Batalha de Looks, mas o que é isso, né? Bom, fomos todos – eu e alguns blogueiros – para a loja, escolhemos um look completo, vestimos e tiramos fotos, e foi dada a largada a batalha. Calma que vem a parte boa, a/o blog mais votado, na página do Face da ADD, ganha $300 em compras e mais $150 pra sorteio entre os leitores. Que tal?!

Jeito bom de comemorar 5 anos, né?

Então, para o babado ficar melhor, vou precisar da ajuda de vocês, né? É só ir na página da loja e votar no meu look! Escolhi um visual bem romântico com saia de tecido fininho, cheia de transparência, blusa de cetim e para ganhar cara de verão fiz o mix de rosa, laranja e azul (na pulseira). Olha como ficou:

Lembrando que aqui é apenas ilustrativo, para ganhar os votos tem que ir na página lá do Face. Ah, o detalhe do colar, tinha que mostrar porque é muito lindo.

Agora é só votar galera! Quero só ver se vocês vão querer perder essa, a gente ainda faz as comprinhas juntos. hehe Ah, tem roupa masculina também, então meninos, participem!

Olha o link de novo: ADD Store Batalha de Looks.  Tem até o dia 30 de setembro. =D

😉

Gabi Albuquerque

Compras em Londres: ahhh os livros

setembro 22, 2011 às 1:29 am | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , , ,

Minha vez de dar a cara a tapa e começar a confessar as compras em Londres. Dividi por partes – imaginem muitas coisas – e selecionei as melhores, é claro. Escolhi os livros para dar início porque me dói menos gastar com isso, afinal agrega cultura e inteligência. haha Então, como sou viciada em tudo que é coisa de papel – da revista aos próprios livros – e não tenho talento para ler nos meios tecnológicos, acabei comprando bastante coisa de peso para minha malinha.

Para não vou encher vocês de fotos de papel, coloquei dois no pódio por excelência. Primeiro o Fashion Box – The immortal icons of style que comprei na Urban Outfitters por 19, 96 libras. Por sinal, nessa loja não curti muito as roupas, só as bolsas e piranguei total, quando tava saindo foi que vi o livro e as lomos também – não comprei, mas eram fofas.

Ele traz todas as peças ícones e quem as tornou famosas com mil fotos. Muito muito bom.

Olha que legal a página com a turtleneck – o modelo da gola – e todas as fotos são beleza pura.

Senhora Bardot. Linda e loira com trench coat.

Essa é contando um pouco do figurino de heroínas, incluindo Angelina causando a inveja mundial com look Tomb Rider.

O outro livro é The London Look – Fashion from street to catwalk, esse foi no Museum of  London por 10 libras. Gente, em todo museu lá – entradas gratuitas por sinal – tem trocentos livros irresistíveis e por esses precinhos amigos. Quase enlouqueço, foi tenso.

Esse tem um pouco de história, com fotos de peças antigas, uma delícia.

Essa é do século XVIII, 1893.

E essa é de 1910, delicadeza pura.

Olha o precinho aí para provar!

Pronto, se você consegue ler em inglês e vai para Londres, não perde a chance. Tem opções nas grandes livrarias – com promoções como leve 3, pague 2 -, nos sebos e nas feiras como Notting Hill (tem livraria pequenina cheia de livros de gastrô na saída da estação Portobello Road, também tem CDs a preço de banana, 2 libras por exemplo) e em Camdem Town. Além dos museus como já falei, os mais bacanas são o Victoria and Albert, Museum of London e Natural History Museum. Uma dica para fotógrafos e designers, a National Gallery (Piccadilly) tem bastante opção na loja que fica no subsolo, perto do café. Ia passar direto porque é escondida, ainda bem que achei. Não são apenas de moda, hein?! Se joguem!

😉

Gabi Albuquerque

Das ruas: brilhando e colorindo o dia

setembro 21, 2011 às 4:04 am | Publicado em Uncategorized | 4 Comentários
Tags: , , , , , , ,

Roupa estampada passando por mim sempre chama atenção, afinal eu amo cor. Combinada com vermelho e um sapato com brilho cintilante, então, merecia foto para post. Alissa que me acompanhou nesse dia também identificou rapidamente o par azul. Kaká Marinho, diretamente de Maceió para visitar nossa terrinha, foi uma simpatia e posou pra um flagra de gente fina e roupa bonita.

Bom look para explicar um detalhe, Kaká não está color block, ela está colorida, hein? No caso do color, a gente trabalha com blocos de cores e faz um mix entre roupa e acessórios. Não vamos confundir tudo! Voltando ao flagra fashion, além da blusa estampada, o short vermelho modelo esportista também é tendência de verão, aquela máxima do hi-lo (high low = mesclar opostos) imperando no armário cada vez mais. Precisa comentar o sapato? Azul daqueles fechação. Agora pensemos: todo mundo pensaria em usar à noite, né? Mas tudo isso foi a tarde, só para provar a vocês que é possível brilhar de dia também. Fica a lição: fuja do senso comum. Ah, essa bolsa é tipo vício em Londres.

Se você não gosta de estar tão colorida mesmo no verão, pode optar por apenas uma peça estampada ou de tons fortes como o amarelo, azul royal, verde, rosa e por ai vai. No caso desse meu look investi no short e usei todo resto nude, por sinal ele parece conjunto da blusa de Kaká, mas a dela é de coração o meu é geométrico.

Viva o verão com opções pra todas! Se joguem que o sol está chegando para aquele bronze e nossas pernas serão mais vistas.

😉

Gabi Albuquerque

Maquiagem, mais que pincéis e cores

setembro 20, 2011 às 4:54 pm | Publicado em Uncategorized | 2 Comentários
Tags: , , , , , , , ,

De vez em quando o mundo da moda decepciona, sinto informar leitores, mas isso acontece. Eu confesso, não pense que aquele glamour todo de revista e todos os brindes recebidos são a versão única do trabalho. Bom, deve ser pra quem está nesse universo exclusivamente por querer o status, para pessoas realmente apaixonadas não é assim que a banda toca, como diria meu pai. Encontramos gente de nariz empinado, sem conteúdo mas cheio de fama, muitas pedras no caminho, falta dinheiro e por aí vai. Já pensei em desistir até, mas como viver sem?!

Mas, o destino costuma ser bacana comigo e sempre me mostrar que ainda existe coisa boa a ser descoberta. O puxão de orelha costuma ser conhecendo algum trabalho ou alguém que me dá um encanto, um orgulho tão grande, que me traz de volta, sabe? É uma energia inexplicável, uma emoção incrível, entrevistar uma pessoa interessada, que dá gás. Toda essa explicação é pra dizer que ontem foi um desses dias de surpresa boa, de gente com a estrelinha boa na testa. Fui no encontro organizado pelo Shopping Recife para falar das tendências de verão com a Fabiana Gomes, sênior artist da MAC, como ela são apenas mais 54 no mundo.

E adivinha? Fabiana é daquelas de babar, virar fã, ela emana a paixão pelo trabalho só de olhar. Deu uma boa remexida na minha vontade de continuar, uma ânimo daqueles. Uma profissional e tanto na segunda feira já é a ganho pra semana toda.

Fabiana conversando com imprensa e bloggers

Ela começou trabalhando na administração/gerência da MAC no Brasil e em paralelo fazia maquiagem, também fez a produção de make em óperas, onde, segundo a mesma, podia investir mais na transformação como efeitos de envelhecimento. “Foi um processo de crescimento, quando a Vanessa Rozan saiu do cargo – a sênior antecessora a Fabiana – me indicou, fiz umas 1000 entrevistas e um treinamento no Canadá até chegar ao posto oficial”, contou a maquiadora. Simpática, elegante e inteligente, Fabiana conquistou todo mundo com um sorrisão sempre no rosto.

Para mostrar algumas tendências do verão 2011/2012, ela maquiou uma modelo e contou pra todo mundo sobre o que vem acontecendo nas passarelas do mundo e pode chegar nas nossas penteadeiras. Segundo Fabiana, estamos na era do arriscar no make up, lembra do conselho de boca tudo/olho nada e vice versa? Pois bem, tudo mudou. Você pode se jogar na cor tanto na boca quanto nos olhos, mas com cuidado, tem que ser bem feito. Fabiana também falou na maquiagem com toque “masculino”/andrógeno, como o pouco blush e a falta do rímel, além de investir no uso do gloss para pontos de luz no rosto. “O elogio tem que ser “que pele bonita” e não “que base boa, né?”, falou e disse a sênior.

Maquiagem é o toque final da produção, assim como cabelo. Mas tem que achar seu estilo, a cor certa, não adianta seguir tendência se não tem nada haver com você. “A base que fica legal na sua amiga, não é necessariamente a sua escolha, tem que testar tudo até achar o seu produto. É bom acompanhar a tecnologia também, o prime é um caso de amor, faz milagre.” contou Fabiana.

Mas e o porquê de Fabiana ter vindo para Recife falar com a turma daqui, né? Porque – grite, dê pulos – a MAC vai abrir uma loja pra gente chamar de nossa no Shopping Recife! Em abril de 2012 junto com a nova etapa do mall, poderemos abrir nossas carteiras e comprar todas aquelas coisas lindas sem precisar viajar e encomendar a mil pessoas. Preço em real é claro, mas né? Vamos nos unir a nossa amiga Alissa nos diários de consumo e depois confessar os pecados. haha

Enquanto isso, vai treinando em casa as artes de uma maquiagem. Profissional como a Fabiana não dá, né? Ela consegue captar o que qualquer pele precisa, mas você pode se conhecer melhor e ir descobrindo o que fica bacana ou não. Eu passei séculos em busca de uma base que me conquistasse, achei – com muito erro e muito arrependimento. Isso já é assunto para outro post.

Prontinho, todas comemorando a partir de agora a nova loja da cidade e eu comemoro a pessoa incrível que conheci. Obrigada especial a Camila Moraes que comanda o blog do Shopping – Meus Botões –  e ainda o dela – Le funny face – , é muita criatividade na cachola pra dar conta de dois.

😉

Gabi Albuquerque

Mulher de fases, qual é a sua?!

setembro 19, 2011 às 6:39 pm | Publicado em Uncategorized | 1 Comentário
Tags: , , , , , ,

Eu sou da época que quando a revista Nova fazia matéria sobre produtos para uso entre quatro paredes, a repórter precisava ir aos lugares mais escondidos da cidade, naqueles prédios velhos, para conseguir pesquisar as novidades e preços para as minas de família saberem onde ir sem serem descobertas. Sei que antes disso, era pior ainda. Era coisa de mulher da “vida”. Nossas vovós bem sabem, coitadas. Pois então imaginem minha surpresa, quando fui no lançamento de uma loja, aqui no Recife, e me deparei com a sessão “Entre quatro paredes”. A Eudora, nova marca de cosméticos, é do Grupo Boticário e foi desenvolvida especialmente para a nova geração de mulheres, acompanhando a evolução feminina no mercado de trabalho e no relacionamento

Baseado em pesquisas, o espaço é dividido de acordo com quatro fases femininas: casual, descolada, poderosa e entre quatro paredes. Isso mesmo, moças, agora ninguém precisa ler a Nova escondida. haha Entre perfumes deliciosos e batons com as cores da temporada, está o gel, o óleo de massagem, a venda e todos os produtos de fetiche para a intimidade da mulher do século XXI. O slogan “você nasceu mulher, aproveite” já diz tudo, né? Para completar, tem um provador para você manter sua privacidade na hora de escolher o que vai para sua sacola.

Exemplos de produtos: a calda hidratante custa $49 e a vela cuja cera se torna óleo de massagem tem cheiro de petit gateau, também custa $49. Claro que tem muito mais, mas acho melhor vocês verem com os próprios olhos. hehe

Voltando ao mundo fora do quarto, tem um produto que sempre esqueço de usar, mas é muito útil nas nossas vidas, o hidratante. Experimentei um lá, incrivelmente bom, da linha Poderosa e fiquei querendo ser disciplinada só para usar o danado. Faz parte da Sensual Velvet e se chama Veludo – tem também a colônia e o óleo -, o cheiro é uma delícia e deixa a pele com a sensação de veludo de verdade.

A colônica custa $38, o hidratante $32 e o óleo $44. 😉

Minha sessão preferida foi a Poderosa, mas fiquei feliz com a ousadia da Entre quatro paredes. Então, qual é a sua fase?! É só escolher e se jogar, aproveita que os preços são amigos.

Bom, para o lançamento ser melhor ainda encontrei todas as bloggers queridas que estava com saudades e ainda conheci outras também muito queridas. Um obrigada a Camila Coutinho que organizou o get together de todas.

Eudora

Shopping Center Recife

Rua Padre Carapuceiro, Piso Bruno Veloso (perto do Hiper)

www.eudora.com.br

@eudora 

Se você não é de Recife ou de cidades com a loja física, pode comprar pelo site.

😉

Gabi Albuquerque

Delírios de consumo: quantos pés você tem, afinal?

setembro 16, 2011 às 5:09 pm | Publicado em Uncategorized | 8 Comentários
Tags: , , , , ,

Se for me perguntar o que eu mais gosto de fazer, não tenha dúvidas da minha resposta: COMPRAS! Comprar é a minha terapia, de grupo ou não, minha terapia. Pegar a chave do meu carro, minha bolsa, ir ao Shopping, entrar em todas as lojas e passar o cartão! Não tem coisa que me dê mais prazer que isso. Ok, até tem, mas não vem ao caso.

Sempre fui uma garota apaixonada por moda. A minha moda. Adoro buscar as melhores peças, que combinem ou não, montar o meu próprio look, sem me preocupar muito se aquilo que eu estou usando está mesmo “na moda”. Foi assim que eu montei a minha personalidade, com as minhas roupas.

E com essa minha “personalidade”, eu consegui tirar meu pai do sério algumas vezes. Sou uma consumista nata, não escondo de ninguém. Não posso pisar em um Shopping Center que minhas mãos coçam por pegar um dos meus cartões e penetrá-los nos buraquinhos das maquininhas da cielo (sem querer fazer propaganda, claro).

Gosto de consumir tudo que vejo pela frente, mas a minha verdadeira – e louca – paixão é por sapatos. Sempre digo que um dia terei um closet com mais de mil pares e, sim, esse dia chegará! Enfim, deixando meus delírios de lado… Esse sim é o maior pesadelo do meu pai: minha paixão por sapatos.

Falando nisso, meu último delírio de consumo aconteceu a mais ou menos três dias. Fui ao Shopping com a minha mãe, como de costume, comprar uma roupa para ir a uma festa. Como ainda não tinha almoçado, fui direto à Praça de Alimentação. Porém, para chegar na Praça, tinha que passar pela frente de uma das minhas lojas favoritas de sapatos. Não deu outra: entrei na loja!

Coleção nova na vitrine, mil sapatos coloridos, com todo tipo de salto e estilo. Fiquei louca, pedi para a vendedora descer, pelo menos, uns dez pares diferentes, provei todos. Alguns não ficaram tão bons. Mas, quatro ficaram P-E-R-F-E-I-T-O-S! Por mim, claro, levaria os quatro, por um fio, não gasto quase R$800,00 de uma só vez. Parei, pensei, coloquei todos de novo, desfilei, pedi opinião… Talvez fosse mais consciente levar um e deixar três para a próxima, mas como se trata de mim, o quarto par ficou para depois.

Meu pai, claro, quase teve um infarto ao ver a quantidade de coisas que comprei – afinal, a loja de sapatos foi apenas a primeira que eu tinha entrado… – mas, tudo estaria até muito bem, se, eu não tivesse comprado mais dois pares na semana que passou. “Quantos pés você tem, afinal?” – perguntou meu pai indignado, como sempre.

Ok, eu só tenho dois pés, mas tenho uma infinidade de combinações possíveis e imagináveis a serem feitas para combinar com todas as minhas roupas e acessórios. Ele, realmente, não entende nada disso e acha que é fácil ser eu.

Enfim, lembram da festa que eu tenho para ir? Acabei não comprando a roupa nesse dia, mas, ontem eu fui ao Shopping e …

😉

Alissa Ferreira

Confissões de uma consumista

setembro 16, 2011 às 4:41 pm | Publicado em Uncategorized | 1 Comentário
Tags: , , , ,

E quem não queria um diário para confessar toda culpa de ter comprado aquele batonzinho tão barato? E aquele sapato da promoção imperdível?  Se você ainda mora com a mãe/pai, deve ouvir quase sempre o comentário: mas você não precisa disso! Se tem marido então, já vi mulheres fazendo malabarismos para esconder do amado a última compra. Quando o tal fala: isso é novo. Ela responde: é nadaaa, você que não presta atenção em mim! haha

Foi pensando nisso e conversando com uma amiga consumista – mais do que eu até – que tive a ideia da gente ter um espaço aqui para partilhar nossas loucuras de compras. Curtiram?! Já temos para onde correr quando os outros reclamarem ou disserem que você não precisa daquelas compras. Por que esperar precisar, né?

Pois bem, vamos dar as boas vinda a nossa colaboradora Alissa Ferreira, jornalista com diploma, hein?! Toda semana vai ter um Diário do consumo por aqui, começando hoje. Já já no ar. =)

😉

Gabi Albuquerque

Aquarela no guarda roupa

setembro 15, 2011 às 4:42 pm | Publicado em Uncategorized | 2 Comentários
Tags: , , , , , , ,

Tudo começou com uma salada de cores surgindo nas nossas roupas, fashionistas em ação trataram logo de nomear a tendência, chegou o color block. Desde então um mega bloco de tons vem chegando nas araras das lojas. Tudo acontece tão rápido no mundo fashion ultimamente, a agente acaba pensando que as coisas surgem do nada e também do nada passam a fazer parte da nossa lista de compras. Não é bem assim, já faz um tempo que até a temporada de inverno vem se mostrando mais animada e no verão deste ano, no hemisfério norte – até o fim de setembro, a ideia acabou pegando de vez.

Mas, afinal, o que é color block? Lembra do jogo de lego infantil? Pronto, literalmente um bloco de cores.

Visualmente falando em termos de roupas, um exemplo é esse look de Camilla Belle para o verão da Gucci em fevereiro.

E a prova de tudo é a capa da Vogue de outubro do ano passado. Em pleno outono, a revista trazia o floral e colorido lembrando os anos 60.

Se a gente fizer um flash back maior ainda, lembraremos da época que todo mundo usava as cores neon, né? Lembram dos esmaltes e blusas? Foi uma festa no Carnaval 2010 e já foi apresentado nos desfiles do verão 2009. Foi o tempo de se jogar no pink, laranja brilhante, verde limão.

Foi nessa onda colorida, aos poucos, que chegamos no color block 2011 com as cores mais cruas, verde escuro, laranja fechado, roxo, azul bic e por aí vai. É como um processo de maturação, o neon é meio adolescente, concordam? Me lembra bastante a banda Restart, na verdade. Já as cores fortes, porém opacas, dão a ideia de adulto. Ao mesmo tempo os cortes das roupas ficaram mais retos, guarda roupa masculino inspired, quebrando a meninice do colorido. E já que tudo acontece na velocidade da luz, já tem uma nova onda de cores, basta misturar laranja com azul bic. Confere nos blogs de street style e se joga na inspiração. No verão euuropeu essa combinação foi top 10, estava em todos os lugares junto com as listras coloridas, o branco e o brilho (muito ouro e paetê hehe). Eis que eu também me rendi.

Num dos passeios a Zara descobri essa calça azul e me apaixonei. A danada me fez não só entrar na onda das cores como usar a peça menos frequentada do meu armário. O tecido dela é um conforto só, fica justa na medida certa e não incomoda. Agora já quero as outras cores. Comprei por 19 euros, equivalente a quase $45, mas aqui no Brasil ela está em torno de $89. Eu acho um investimento válido, já usei trocentas vezes e não aconteceu nenhum dano. haha E o melhor: tem várias cores. A blusa eu já tinha, da Cantão, e a bolsa foi na H&M, não lembro o preço, mas a cor me ganhou – neutras me amam. O sapato já é velho de guerra deste blog.

Ainda joguei o turquesa com o colar, antigo que só ele, nem lembro onde foi.

Não ignorem a minha cara de cansada porque a blogueira que vos fala não tem vida de glamour, portanto momentos de olheira, calor e pés doendo existem. Também existe correr para subir no ônibus com salto alto e pessoas olhando estranho pra maluca fashion pagando passagem. haha

😉

Gabi Albuquerque

Esquece a comida, tem roupa no carrinho

setembro 14, 2011 às 5:54 pm | Publicado em Uncategorized | 5 Comentários
Tags: , , , , , , ,

Se tem uma coisa que eu não curto na rotina da casa é fazer feira. Quando eu estava morando só, fazia tudo para não ir ao supermercado, até os que vendiam mais que comida, o que não era raro em Londres. Quase estocava água, mas com o tempo percebi a realidade: teria de ir muitas vezes ou tudo estragaria, foi triste. Um sonho seria se no lugar de carboidratos e sacarose, pudéssemos colocar no carrinho vestidos, bolsas, biquínis. Imagina? Pois pode comemorar, virou realidade! A Rede Hiper Bompreço – Walmart investiu na sessão vestuário das lojas com uma coleção primavera/verão cheia de itens “desejos” para a temporada mais esperada do país. Ótima dieta, né? Ao invés de comida, roupa!

Para apresentar um preview das coisinhas tentadoras, a rede fez um press day bem divertido num lugar super delícia aqui de Recife, o Espaço Muda. Por sinal, não resisti e o post tem fotos do local também, foi pro meu caderninho de preferidos. Vamos dar as boas vindas ao sol? Que ele traga dias lindos para nosso verão maravilhoso e calorento.

Logo que cheguei fiquei encantada com a decoração, todas as peças estavam expostas na parte que parece um galpão, em cabides e cordas, além de pregadores de roupas e cestos tipo feira mesmo.

Primeira parada: estampas das blusinhas, por sinal estão bem trabalhadas na tendência, vi todos os cortes iguais nas lojas de Londres.

Love, love, love… Anos 70 inspirando nosso verão.

Fotografia virando arte de blusa, valeria uma coleção toda com imagens de Recife, né? Tem uns postais bem bacanas. 😉

Aposta de verão: blusa com nozinho, válida para todas as saradas desse meu Brasil. hehe

Sutiãs fofinhos, a gente sempre quer. Fica legal com aquela blusa do nó porque é meio transparente, aí dá um efeito divertido. Só tem cuidado com as misturas e com o estado da peça íntima, né?

Do nude as listras. O verão recebe todas as cores de peito aberto. =)

Agora um pouquinho do Espaço Muda pra vocês amarem também.

Entrada com essa parede toda de papel de revista, meu sonho de consumo. Essas plaquinhas foram arte da equipe Hiper.

Roupas expostas, foco nos chapéus! Panamá para pegar aquela praia e o de aba maior se você for abalar numa festinha balneário.

Ser vintage com Madonna é ser diva.

Chegouuu o sol… Soltem a imaginação, abram o coração e podem começar a rodada das histórias para contar pros netos porque né? Ahhhh o verão!

E nem preciso comentar que os precinhos são de fazer feira mesmo. hehe

Ps: este post teve apoio de Alissa Ferreira, jornalista, que agora dá aquela força por aqui.

😉

Gabi Albuquerque

Arrumar a mala, uma arte

setembro 13, 2011 às 3:35 am | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , ,

Arte esta que não domino, vale ressaltar. Foi uma tortura pra mim fazer uma mala para um mês e meio, num clima doido, e ainda pensar em tudo que eu poderia comprar lá (e comprei). Por isso, este post reúne dicas de uma desesperada das malas. Consultei amigas, sites, fiz listas, tirei fotos de looks e na hora de sair para o aeroporto ainda tirei coisa de dentro. haha  No fim das contas, até que deu certo, exceto pelo excesso. Isso mesmo, levei coisa que não precisava e outras cujo caimento não tava mais tão legal para uma moça que estava engordando com aquelas comidas maravilhosas (por que não pensei nisso antes?). É gente, engordei nesse meio tempo, mas nem estou triste, viu?! Ia deixar de comer as tortas, massas e cupcakes deliciosos? Tinha que provar tudo, oras. Desculpa de gordinha. Tudo bem, já estou fechando a boca. Voltando ao foco, a mala.

Estou aqui na frente do pc, mais uma vez pensando no que levar numa viagem. Já vai me dando preguiça e um lado consumista ataca com o “vou precisar disso e daquilo”.  Minha alternativa é sempre abrir blogs de street style, da cidade visitada ou pelo menos parecida de clima, e salvar o máximo de fotos possível, aí depois sigo pro meu guarda roupa e tento montar o que for possível com as minhas peças e um estilo bacana. Nem sempre é fácil, né? Podemos tentar porque como bem sabemos tem sido impossível viajar e não comprar nada, nem que seja aquela bolsinha de palha de artesanato. Portanto, nada de comprar nada antes de ir, a não ser o necessário, como meias, peças íntimas ou algo assim. Fora isso, montar looks só com o que temos.

Super fiz isso para voltar pra casa. haha

Outra dica é montar um calendário, já com um roteiro em mãos. Neste caso, só funciona em viagens curtas e médias, eu não tinha como planejar mais de um mês de passeios, né? haha Vamos lá ao exemplo, digamos que você vai embarcar para São Paulo, chega numa quinta e sabe que vai neste mesmo dia vai para o teatro, ou seja já separa um look. Sexta vai para museus e parque, volta para se trocar e segue para um show. Já são mais dois looks. Entendeu? Tudo começa com um bom roteiro. 😉 E vai anotando ou tirando foto se não chega lá e não lembra de nada. haha

Aí vem os sapatos! Se for frio, leva um fechado de salto e arrumado, uma bota e uma sapatilha. Calor, uma sandália de salto, chinelos de dedo e sapatilha/tênis, fica a seu critério de estilo. Uma anabela de salto de corda fica super bem também se for confortável. Já as bolsas, leva uma neutra e média, a cor vai depender dos looks escolhidos, e uma pequena para noite, combinando com o calçado noturno. Prontinho, agora só falta bijouterias. Um brinco prata, outro dourado e um de festa, anéis e mais anéis (usamos muito, eu sei), colar xodó e pulseira xodó. E acabou!!   Uhuu!!

Cena típica, vamos faxinar esses armários, hein?! Se você for fina, closet. hehe

É quando a gente faz a mala, e mais ainda quando desfaz na volta, que percebemos o “algo errado” do nosso armário. Peças sobrando ou faltando, um novo estilo chegando, uma repaginada ou simplesmente aquela arrumação necessária há meses. Aproveita e, na chegada, coloca tudo em ordem porque tem um mantra que diz assim: para o novo vir, o velho deve ir. Aí, não custa nada obedecer e buscar as novidades. Quem sabe uma nova viagem!? =D

😉

Gabi Albuquerque

Uma saia longa e muita história pra contar

setembro 8, 2011 às 10:27 pm | Publicado em Uncategorized | 2 Comentários
Tags: , , , , , , ,

“Estamos aqui reunidos para o anúncio de mais uma tendência. Vocês estão convocados a usar saia longa, cinto trançado, camisas, calça flare e cores neutras no próximo verão.”. haha É menos ditatorial, mas é bem assim que rola as matérias e posts sobre o que estará em alta na próxima estação. A partir disso começa aquela coisa de ir numa loja procurando uma calça jeans e sair de lá com trocentas peças loucamente desejadas para nosso armário. Claro, a democracia fashion está cada vez melhor e se aqui já tinha notado isso, em Londres é que ficou claro mesmo. Se bem que lá é sempre muito mais street que revista. Mas, vamos lá, temos de concordar, agora você é trend usando mini ou max, preto ou rosa neon. Isso não diminuiu o consumo exacerbado, estou inclusa nisso.

Graças a essas tendências e ao consumo, fiz uma mala gigante pra levar na viagem, foi até bem aproveitada, mas poderia ter sido melhor. Duas saias só usei uma vez e a longa usei trezentas. Estou viciada nela. E aí que lá, como vocês notaram, não parei muito para fotos de looks nem nada disso porque afinal estava viajando, mas tem algumas que podem ser úteis. Juro! haha Enfim, ontem usei meu vício e lembrei de solicitar a foto para vocês verem. Comprei na C&A daqui mesmo. 😉

As únicas coisas comprada lá foram foi essa blusa da Zara – já tô sabendo dos babados daqui, mas ela é muito fofa com essa nerd – e o cinto que quase não dá pra ver, mas foi em Camdem Town. Sim, voltei com a saia longa e mais uma mala pequena. Não tem explicação aquela cidade, não por vender tendências, mas por oferecer opções de estilo. Então, querendo ou não, a gente acaba mudando um pouco também, uma das novidades é que me rendi as calças mais apertadas, mas ainda não é jeans. hehe

Sim, olha o pulseirismo, outra tendência. Não saio de casa sem a minha de olho grego, protegida até o dedo do pé. =)

Foi do celular, por isso está feiosa.

E tudo isso foi pra ver Paulinho, o filho lindo da minha amiga Raphaella nasceu (tem ela aqui no especial Dia das Mães). Já sou “tia”, gente. Tão feliz, ele é muito fofo.

😉

Gabi Albuquerque

O dia que ele foi condenado

setembro 8, 2011 às 9:28 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , ,

Primeiro, aviso prévio, eu voltei a terra Recife. E, sim, estou com saudades de Londres. Aos poucos vou postando as coisas legais de lá, ok? Incluindo as compras, claro. Bom, agora o que interessa hoje. Galliano, ex Dior, que deve (ria) estar arrependido até a alma por ficar esbravejando por aí toda sua opinião racista, foi julgado culpado pela justiça francesa. O estilista vai pagar uma multa de seis mil euros por insultos públicos baseados na origem, religião, raça ou etnia, profetizados seis meses atrás. Não consigo idealizar um britânico fazendo tal coisa, mas tem gente maluca em toda parte, né?

Divo

Não sei se fico triste por ele, imagino que deve estar numa situação muito difícil, envolvido com bebidas em excesso e drogas, ainda por cima tão talentoso, ou se fico raivosa justamente por ser uma pessoa cheia de criatividade e ainda pensar assim, de forma tão retrograda. Mas fico feliz por uma coisa, o mundo fashion deu orgulho. Quando Galliano foi acusado e teve a confusão toda meses atrás, a Dior assim como a marca que leva o nome dele, afastaram o estilista do cargo. Tão ético, não?! Morri de orgulho. E a justiça francesa completou minha sensação que ainda há esperança, gente! Pessoas ainda são condenadas quando cometem crimes, pelo menos fora do Brasil.

O que será de Galliano daqui pra frente ninguém sabe ao certo, mas ele continua rei. Kate Moss casou com vestido assinado por ele, mês passado. Uma coisa é certa, sem trabalho o danado não fica. Arrependido, talvez.

Que fique o exemplo pela justiça. 😉

Gabi Albuquerque

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.