Dirty dancing, dirty music

abril 30, 2011 às 5:09 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Para começar o fim de semana com chave de ouro, uma musiquinha cai bem. Quando é música com filme, melhor ainda. Quem nunca viu o clássico Dirty Dancing, corre para locar agora! E comece a assistir hoje ainda, é uma ordem. haha E os outros mortais que já viram e se deliciaram com o romance da moça rica, Baby, com o cara pobre, Johnny, já viram a versão da música deles feita pro Black Eyed Peas? Eu tenho vontade de ouvir toda hora. O post de hoje é The time of my life, para vocês terem o melhor dos dias de folga, lembrando que domingo é feriado.

Ah, e as versões ainda englobam as românticas, com a original, e as baladeiras, com a nova. E os meninos que querem conquistar, os que querem dançar, romancear…

Baby aprendendo a dançar sexy

O filme é de 1987 e tem a cena perfeita do final neste vídeo aqui com o delícia do Patrick Swayze (que faleceu em 2009, bichinho, mas sabia dançar! muito digno) e a Jennifer Grey. Diga se não dá um frio na barriga? É muito amor, gente! Eu amo esse filme, está no páreo com Bonequinha de Luxo, mas são estilos diferentes de amor atuado. haha

Já o de Black Eyed Peas é ótimo para de manhã cedo, naquela hora da preguiça, desperta. Também é bom para exercícios físicos, mas aí tem um porém! Ou é só eu que tenho vontade de dançar ao invés de correr? Ou que fica cantando a música na esteira? haha

Bom fim de semana, seus lindos! Seja romanceando ou caindo na farra, aproveitem que segunda começa de novo.

Parêntese – CHUVAS: este post foi preparado ontem, antes do caos provocado pelas chuvas no Recife. Apesar dos metereologistas anteciparem a vinda de fortes temporais, a administração pública não se preveniu. Minha rua se tornou um lago, assim como a de muitos outros. Amigos ficaram presos em restaurantes e bares devido a inundação. A noite de sexta para os recifenses foi no mínimo tensa. Isso sob o ponto de vista de uma jovem da classe média, devidamente protegida. Imaginem as pessoas que moram na periferia? Em pontos de risco? Espero que as providências sejam tomadas pela prefeitura, que as pessoas necessitadas contem com a nossa solidariedade. Sejam solidários!

😉

Gabi Albuquerque

Essa história de tendências quebra orçamentos

abril 29, 2011 às 7:54 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , ,

Venho repetindo aqui que estamos numa fase bem diversa na moda. Não tem mais aquela coisa de querer comprar a mini saia rosa porque todo mundo tem a mini rosa, temos mais opções. Podemos querer a blusa de onça, o sapato oxford, a calça pantalona ou a colorida skinny. Todo mundo fica feliz e se encontra. Mas isso também é um problema, pelo menos para o bolso. haha Afinal, ninguém deseja apenas um item de consumo, né? Quem entra numa loja e sai dizendo que só quis uma blusinha?! Só se for uma loja muito ruim. Isso é raro, até porque vamos nas nossas preferidas e acabamos achando mil coisas.

Sofro com isso também, mas para não me tornar a próxima Becky Bloom é bom se controlar. Até porque tendência passa, hoje todo mundo usa, amanhã fica brega, over. Claro que temos que respeitar nossos padrões, nossos corpos, mas sendo bem sincera poucas resistem as compras, não é? E como tem para todo gosto, nem precisa ferir muito nosso estilo, personalidade. Eu só compro se realmente amar ou se vestir muito bem ou se eu achar que a moda pode voltar um dia ou se posso usar por muito tempo. Ah, e se o preço combinar com o material, né?

Como no post de achados o que não falta é tendência porque é desses nossos ímpetos que vivem as fast fashion, selecionei umas fotos mostrando como usar essas peças desejadas. Se você achar algo que combine com sua vida, aposte! Se não, amiga, relaxa e espera a próxima coleção. haha

A saia plissada será a primeira. É um modelo perigoso, tem que saber usar direitinho se não pode engordar, deixar baixinha e ninguém quer isso.

Olivia Palermo usando uma na altura das canelas e ainda com sandália abotinada, ela está linda como sempre. Gabi com esse look parece um pigmeu, sabe? haha

Adorei o nó do cinto, tentarei usar!

Já mamãe Ivete Sangalo escolheu a longa, por sinal arrasou. Adoro Ivete, mas ela abusa dos curtos para mostrar as pernonas, quando usa o longão fica tão elegante.

Já a oncinha é bacana porque você pode usar de pouquinho. Um cintinho aqui, um lenço acolá, sandália, carteira e quando vê já está na blusinha. Peruisse mode on essa história de animal print, mas confesso, fui fisgada!

Fernanda Souza já adentrou nas blusas, notem que o resto do look é bem básico. Essa é a dica.

E Emily, do Cupcakes and Cashmere, apostou no casaco. Acho lindo, sou mais fã dos acessórios nessa estampa.

Minha tendência preferida é a saia ou short de “couro”. Dá para usar, no Recife, uhuuu, em clima quente, e em locais frios com meia calça. Praticidade é vida. Carol Castro usou couro e oncinha ao mesmo tempo. Curti. Depois posto look com minha saia, estou orgulhosa dela. haha

Agora é só escolher uma tendência para chamar de sua e está tudo certo. Que tal?

Ah, cuidado com os rombos financeiros, por favor. Não vou promover as dívidas de cartão de crédito. =)

😉

Gabi Albuquerque

Vamos as compras?!

abril 29, 2011 às 6:47 pm | Publicado em Uncategorized | 3 Comentários
Tags: , , , , , , , , ,

Como já comentei aqui, me divirto horrores passeando pela Renner, C&A e Riachuelo em busca de achados. Só em busca mesmo, nem rola comprar sempre, né? Ainda não sou rica, gente! haha Então, fui fazer uma dessas buscas com a máquina na bolsa e a cara de pau para fotos de provador, afinal blogueira que é blogueira se arrisca – ouvi dizer isso por aí, haha.

(Gostaria de salientar meu ódio por aquelas cortinas meia boca dos provadores, viu? E nem é só nas fast fashion, por favor gente, pelo menos um velcro para segurar aquela coisa! Não é só pela foto, pela privacidade.)

Achei muita coisa legal. E ainda entrei no provador com 15 peças, foi emocionante. E na Renner fui duas vezes!! Já estava com vergonha. Mas, vamos ao que interessa.

R$35,90

Amo blusa com a malha assim, é uma delícia de vestir e não marca gorduras localizadas. =) Achada na Renner. O short não ficou muito bom em mim. Não dá para notar na foto, mas fez um pano gigante atrás. Olha ele mais de perto, tem flores na barra.

R$59,90

Blusinhas com mensagens ou desenhos também me abalam financeiramente. Tenho um monte e resisti bravamente na Renner a não comprar mais uma.

Claro que não podia faltar a oncinha, né? Tem dentro das letras, numa vibe mais rock mesmo, preto e branco:

R$39,90

Mas também tem oncinha básica, se é que podemos algum dia chamar essa estampa de básica.

R$39,90

Na C&A tinha essa aqui, quase levo, mas como quis muito a saia – mostro lá embaixo, desisti. Mas quem sabe volto depois, né?!

R$39,90

Comprei essa blusinha aqui, na C&A, com gatinhos fofos. Estou horrorosa na foto, se concentrem na estampa.

Agora as opções da parte inferior, tem para todo gosto! Da saia plissada ao “couro”.

R$69,90

Como bem sabemos, essa saia está um sucesso. Todo mundo quer uma para chamar de sua, mas essa não me fez feliz. Ficou no meio das canelas me deixando uma miniatura de mim mesma. haha

R$59,90

Essa aqui é melhor em quem tem aquele corpinho sonhado, tipo o do post de segunda, haha. Cintura alta, justíssima, arrasa na balada ou de dia por causa da estampa.

R$69,60

Esse short de oncinha veste muito bem, pena que na foto ficou estranho. Mas sabe aqueles shorts com a perna folgada, parece uma saia, fica bem soltinho. Isso é ótimo, afinal a estampa já é perua ao extremo, né? Primeira vez que eu compraria onça em roupa. haha

R$59,90

Essa foi a saia que comprei, também na C&A. Ela é muito lindaaa!!! Estou in love por ela. Parece couro, tem tachinhas, é o máximo para sair à noite. Recomendo essa compra, hein meninas?!

Para fechar, o vestido de bolinha bem retrô. Tinha várias estampas nesse estilo menininha, anos 50. Todos fofos.

R$69,90

O próximo post é com dicas de looks com essas tendências! Se preparem, aliás preparem o bolso, vocês vão querer tudo. =)

Outro mega achado foi no meio da rua, os comerciantes informais, localizado nos arrredores do Shopping Boa Vista, no centro do Recife, aderiram a onda do cinto fininho, cheios de frescuras, e estão vendendo como água. Comprei três, afinal por R$2, quem resiste? Sim, o clarinho é o mesmo do post do look desta semana! Tinha dezenas de cores, além daqueles com lacinho. Estes por R$5!

😉

Gabi Albuquerque

Falando em sandália…

abril 28, 2011 às 3:40 am | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , ,

Outra turma que adora uma sandália é a dos alternativos, leia-se aqueles cuja vibe é cult.

“Venho falando muito em tribos por aqui, né? Nunca é segregação, nunca é generalizado, sabe? Mas os grupos existem e sabemos das características de cada um, agora, por exemplo, tem um novo: it girl, deveria ser mínimo, mas o povo adora banalizar, né? Ai já virou tribo também. Toda regra tem excessão e não acho justo só dar a geral. Precisava comentar isso. Mas acho lindo mesmo é a diversidade.”

Então, a turma alterna do Recife e cinéfilos do país inteiro se preparam para o Cine PE 2011, um festival de curtas e longas metragem badalado e cheio de novidade boa. Este ano o evento rola do dia 30 de abril a 06 de maio, no Centro de Convenções, em Olinda. Comemorando 15 anos de sucesso, hoje reconhecido nacionalmente, homenageia artistas como Wagner Moura, Camila Pitanga, o cineasta Zelito Viana e o filme Baile Perfumado. E o que a sandália tem haver com isso?

Bom, a Ipanema distribuirá pares da sandália Ipanema RJ, desenhada por Oskar Metsavaht, estilista da Osklen, no Cine PE deste ano. Essa aqui ó:

Inspirada no estilo carioca e na geografia de Ipanema, a sandália não agride o meio ambiente. Assim como toda a linha Ipanema, é produzida a partir de uma fórmula exclusiva (um composto de polímeros, PVC) 100% reciclável. 

Como falei no post anterior, o pessoal do Rio adora um chinelo, mas aqui no Recife também é um calçado muito usado por causa do clima. Com menos naturalidade que no Rio, acredito. Por aqui ainda é coisa da tribo alterna, eita cidade provinciana, viu? haha

Tem de outras cores também para combinar com o look. =) Verde, azul, roxa, vermelha e essa rosa.

Se você não vai ao Cine PE ou se não conseguir pegar a sua, a sandália pode ser encontrada nas lojas Osklen do Brasil e do exterior (Nova York, Tókio, Milão, Roma, Lisboa, Cascais e Porto) ao custo de $39.

Ah, o site do Cine PE é este aqui: http://www.cine-pe.com.br/ Lá você vê a programação, as promoções, as homenagens e tudo mais. Vai perder?! Deixa esse provincianismo de lado e corre lá, gente! Garanto pelo menos um filme bom.

😉

Gabi Albuquerque

Look: eu e meu chinelo

abril 28, 2011 às 2:56 am | Publicado em Uncategorized | 5 Comentários
Tags: , , , , , , , , ,

Esses dias reparei que sou uma daquelas pessoas que não negam as raízes. Como uma boa jornalista, – a maioria de comunicação, não vou generalizar – adoro uma sandália. Na faculdade, boa parte da minha turma usava a danada todo dia, incluindo eu. E não excluo o par das minhas atividades gerais, muito menos classifico-o como coisa de praia. haha Segundo minha mãe é simples demais e desvaloriza o visual, mas fazer o que, né? É coisa minha mesmo. Só não dá para trabalhar nem transformar em farda. Tinha época que eu usava para ir ao shopping, ao café, a padaria, a qualquer canto. Entendeu? Tempos de vício, mas passou. =)

O look de hoje é em homenagem a essa minha paixão, é normal me verem por aí perambulando com um par. Acompanhem o visual todo arrumadinho combinado com minha famosa sandália de borracha. (Os gringos adoram, haha.)

Olheira mode on, devia ter colocado o óculos

Eu acho muito lindo quando vejo os looks do povo do Rio, felizes da vida com seus pares de sandálias. Devia ser carioca?! Queria que Recife fosse assim. Ah, e não considerem a marca, gosto de todassss. Essa tenho há um tempão e continua da mesma cor. Conforto também é um aliado desse calçado.

Mas como sou moça arrumadinha, haha, coloquei esse casaco com o cinto para ficar bem meigo e não parecer uma largadona.

Mais uma foto, cuja grama engoliu meu pé, mas tem o mar de fundo, bem fundo mesmo – mal se vê. O mar é meu outro vício, é minha paz. Tem ótimo efeito contra TPM.

Vestido: Totem

Casaco: algum lugar que papai comprou. haha

Bolsa: a amarela de sempre

Cinto: esse é achado, viu? $2 no centro da cidade. Arrasando! Comprei três!!!

Sandália: Havaiana

Então fica combinado, usarei minhas sandálias sempre, mas prometo caprichar no resto para compensar. haha E se libertem também! Uma boa é deixar um par no carro, quando cansar ou esticar até algum canto, só é colocar. =)

Fotos: Marília Albuquerque (vulgo mana)

Fica a dica!

Gabi Albuquerque

Em festa de rodeio tem estilo

abril 27, 2011 às 1:31 am | Publicado em Uncategorized | 7 Comentários
Tags: , , , , , , ,

Desde que vi a cantora Paula Fernandes no especial de Natal do rei Roberto, ano passado, fiquei curiosa sobre a moça. Ela usava um vestido curtíssimo, tomara que caia, azul e com renda. Lindo, assim como ela. Achei impróprio para a ocasião, mas não devem ter avisado a ela sobre o banco alto onde sentaria, portanto teria risco de pagar calcinha. Coitada, sentou toda torta. Então, aguardei os próximos looks dela e me surpreendi porque ela canta música sertaneja e o estilo “rodeio” não costuma ser lá muito criativo – sem preconceito com as calças usadas dentro das botas.

Paula é diferente do comum, costuma ser sexy, adora um corpete, roupa ajustada nos shows e no dia a dia os longos bem verão. Cabelos longos, cacheados com baby liss e um vozeirão de diva. Quem resistiria, hein? Meninos, a gata de 26 anos é do gênero mulherão! E a nós, meninas, resta se inspirar com as fotos. haha Não sei de onde sai tanta mulher bonita, viu? Haja concorrência.

Ela e o Rei, consagração e status de mulherão

Sim, eu já conhecia a voz dela porque minha mãe tem o cd com a trilha da novela Paraíso e normalmente eu dava repeat em Jeito do mato sem nem saber quem cantava. Primeira música sertaneja que ouvi com gosto.

Quanto ao visual, ótimas dicas para o São João, leitoras! As que curtem esse estilo com bota cano longo, bem peão, olha uma maneira bem legal de usar:

A saia desse vestido é linda, né? O tule arrasa!

E esse look com short jeans? Ela usou no show em Gravatá, aqui em Pernambuco, na Semana Santa. Só mudou o bolero, aqui foi de jeans escuro. Para completar, pode combinar com a bota clássica ou com uma ankle ou ainda uma sandália pesada.

Já esse vestido é meio noivinha, reveillon, mas se você quiser levar na costureira e comprar o tecido de outra cor, fica muito bom para festas como casamento.

No dia a dia Paula prefere os vestido mais folgadinhos, mas nem por isso menos belos ou femininos. Esse longo xadrez com a sandália espadrilhe (esse modelo foi criado na Catalunha, feitas de tecido e com salto de corda, são sandálias rústicas e elegantes ao mesmo tempo) é bem atual e nada sertanejo. Essa é outra dica para festas juninas, quebrando a matutisse do xadrez.

E o branco super poderoso, valorizando o busto.

A cantora alcançou tanto sucesso que foi capa da revista TPM de março. Nas páginas, ganhou um perfil onde conta sua história e nega mais uma vez o caso com Roberto Carlos.

Bota linda, né?

Está mais do que provado que o estilo sertanejo/peão pode ser moderno e feminino, e, além disso, atravessar barreiras do chapéu de vaqueiro, do jeans, da blusinha de botão com nó na cintura. Fiquem de olho em Paula, além de ouvir as músicas, claro. Por sinal, aí vai uma!

Ouvindo a música é que se inspira mesmo. Adorei!

😉

Gabi Albuquerque

Conversa de banheiro: comida, eu me declaro sua fã.

abril 25, 2011 às 4:18 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , ,

Esta é a segunda ideal para falar desse assunto, pós feriado engordativo. O que eu já li de tweets e posts em facebook sobre regime de segunda nem é possível contabilizar. Até as magras comentam. E o assunto vem se arrastando para a patota masculina, eles também querem ser saudáveis. É, o babado hoje é a tão sonhada magreza, aparência esguia e elegante nas mulheres, barriga tanquinho nos homens.

Tudo começou quando fomos treinado a ter desejo de comida, isso deixou de ser exclusivo de grávidas. Por exemplo, domingo, em casa, bate a vontade de pizza. Durante a semana, comer um sushi, né? É mais leve, nos iludimos. haha Ai tem uma reunião, aula, provas, trabalho, tem pressa e você escolhe o sanduba do fast food mais próximo. Parece muito simples. Qual o problema disso, Gabi? Aí é que tá, a gente não come e segue a vida, a gente sente culpa e pensa com tristeza naquela calça comprada tamanho 38 e que não entra mais. Como é difícil comer nos tempos de hoje. Aí vem essa criatura,  Keira Knightley, e nos derruba com essa barriga!

Vá entender a mídia! Propagandas de restaurantes, com aquelas fotos da comida tentadora, cadernos gastronômicos nos jornais, ofertas em clubes de compras coletivas,  todas as facilidades do mundo para você comer. Ai depois, vem mulheres magras e lindas nas capas das revistas, dietas de perder 5kg em uma semana e pronto, ficamos loucos. Academia, comida light, salada, frutas, soja e afins, tudo sob a condição de viver mais um pouco e melhor. E aquela calça tamanho 38, a bendita que não cabe em você, continua girando na sua cabeça como uma tentativa de convencê-la a desistir do hamburger. Quanta insanidade, não? Onde fomos parar!? Nunca esqueço o dia que vi uma criança de 10 anos conferindo as calorias da pipoca. Confesso, não estou fora desse círculo.

Mais tortura? Que tal Anne Hathaway?

Essa ditadura toda da beleza também me abala, apesar da sorte. Nunca fui gordinha, nem quando era bebê. Mas quando sai da adolescência meu corpo mudou, meu metabolismo também, ai já viu! Os kilos de massa, mc donald’s, chocolates começaram a surtir efeito. Céus, entrei em pane, fui malhar, fui na nutricionista. Socorro! haha Segui a dieta umas 3 semanas, isso há uns 4 anos, e depois parei. Tenho uma química muito forte com comida, sabe? Não resisto. Passei um tempo mais relaxada, mas lembrava toda vez que ia escolher minha roupa. Hoje em dia, já aceitei muita coisa, escolho a blusa com a manga diferente para não cutucar meu braço e etc. Pode chamar de noia, faz parte.

Lasanha, minha tentação imoral

Vai dizer que você também não sofre com isso? E a preguiça de malhar ao invés de dormir mais um pouquinho? Não estou aqui para tirar estímulo de ninguém, viu? Se você faz o tipo corredora, saudável e feliz, parabéns, me orgulho. Inclusive, tudo isso está no meu quadro de metas de 2011. Ui! Mas, precisava confessar aqui o quanto isso cansa. Cansa subir na balança, cansa resistir ao sorvete pensando no peso, cansa desistir do prazeres da mesa por uma simples calça. Ai que calça chata! Cansei também de ler as atrizes falando “eu não faço nada demais, é genética”, “menina, só faço pilates e evito fritura”, “como chocolate demais, mas tenho sorte”. Mentirosassss! Vive de regime e personal trainer e vem pagar de vida feliz para nós mortais. E essa ai que mal pariu, já estava gostosa de novo?

Claudia Leitte

Vou continuar meu regime, você também continuará o seu, não adianta fingir que vamos sair dessa maluquice. Mas não sonhe mais com o corpinho da famosa! Tenha metas reais, é um conselho. A não ser que seja rica e possa fazer todas aquelas coisas delas, como linfática, dieta molecular, musculação, pilates e etc. Outra coisa, nada de comprar roupa para guardar e esperar o dia que emagrecer, isso é triste. Experiência própria. Tenha amor próprio e vamo tentar ser feliz com o corpinho conquistado. haha Mas se vocês estiver muito triste, mas MUITO mesmo, do jeito que está, gata, levanta a cabeça. Faz dieta, entra na academia. Sem dinheiro? Caminhar na rua, acorda cedo e vai correr. Rumo a conquista da auto-estima. =D

Declaro aqui meu protesto pela ditadura da magreza, pelos nãos as comidas gostosas, pelas calças pequenas demais, pelas mulheres lindas que existem – isso sim é sacanagem – e pela culpa. Só quero comer em paz.

“Ai, eu não faço nada, gente! Como 2 barras de chocolate por semana, janto pizza sempre, tomo coca cola, meu café da manhã é aqueles cereais com açúcar, almoço em churrascaria. Ufa, mas eu sou MAGRA e FAMOSA, e você? Bobinha, come salada e evita a sobremesa, né? Sua tola, só é posar para o Ego, usar photoshop e sua vida muda”, disseram todas as mulheres famosas. (contém ironia)

Perdão, calça jeans. Vou comer ovos de páscoa a semana toda, tá?

😉

Gabi Albuquerque

Eu só quero chocolate

abril 20, 2011 às 11:40 pm | Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Leitores queridos, esta semana é mais curtinha para todos nós e  isso inclui o blog. Quatro dias de folga para muitas fotos e posts na volta, nem se preocupem! Desejo uma Páscoa bem deliciosa, nos pratos especiais, nos ovos e barras de chocolate, nas companhias, seja de amigos ou família, e na sensação de renovação que a data pede. E se você não é católico ou nem liga para essa coisa de datas, aproveite a época para comer chocolate, descansar, viajar ou badalar. hehe

Foto: Google Imagens

Sim, além de posts estarei no meu período de engordar, assim como no Natal, me deliciando com os quitutes de Páscoa. E achei esses ovos peruais minha cara. hahaha

Feliz Páscoa, queridos! Até segunda!

Gabi Albuquerque

Look: Singin’ in the Rain

abril 20, 2011 às 11:33 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , ,

Mais um dia de Recife desabando em água. A cidade está lavando a alma e nós pagando os pecados com trânsito caótico, alagamentos e todos esses problemas de grandes cidades sem uma super administração pública. Enquanto o ônibus não vinha e eu esperava levando muitos pingos d’água, molhando meus pés, tendo sinais de estresse, resolvi que não adiantava nada me abusar. Me lembrei da paisagem linda do Recife Antigo e fiquei concentrada nisso, lembrei que tinha achado a 5ª temporada de Sex and the city, finalmente, e que meu almoço + café tinha sido mara. Pronto, foi suficiente para rir, esquecer a chuva, e lembrar do filme Cantando na chuva, o título deste post.

E como amanhã começa feriadão, o que também ajudou minha alegria, o que deixo para vocês hoje é não só o look do dia chuvoso, é não se deixar abater pela chuva se for a praia ou  shows, ou pelo calor se for ficar em São Paulo, por exemplo. Alugue o filme que você queria ver, compre aquele chocolate delícia, leia um livro ou as revistas de fofoca, ajude no preparo daquele prato delicioso, busque as coisas boas. Otimismo de uma fashionista louca pela Páscoa. Estou meio Poliana, né? haha Mas é bom nos tenebrosos dias de chuva.

Agora, o look de hoje é mais um da mulher que não curte calça jeans. O céu desabando me exigiu uma legging pelo menos, então peguei a minha velha de guerra e meu blusão confortável e fui encarar a rua. Sim, devido as chuvas, as fotos foram em casa mesmo, na minha varandinha. E a fotógrafa foi minha irmã. Thanks, mana.

Para não fica boring, colar de pérolas junto com meu xodó made in Chanel. E claro, tinha que ter cor. Quem assumiu a missão foi a bolsa amarela, além de tudo ela é ótima em dias assim porque é de nylon.

E o anel – esse já vive no meu dedo.

Essa sapatilha é guerreira, aguenta chuva e pauta na lama. haha Podrinha, a coitada, mas é para vocês verem a realidade recifense. (anham!)

Blusa: Zara

Legging: tão antiga que nem sei

Sapatilha: aquela velha de guerra da Arezzo

Bolsa: New Order

Se vocês quiserem se inspirar para feriado, quem for a shows ou baladas, é só trocar a bolsa por uma carteira, e a sapatilha pelo saltão. E uma maquiagem que esconda pelo menos as olheiras, eu não sou exemplo para isso nessas fotos. Não estou com minha base photoshop (Pharmapele). =/

Ah, e esqueci de tirar foto do meu coque de lado, ficou tão fofo. E daqui a um tempo não tem mais crédito para os looks, né? Tudo se repete. hahaha

Fotos: Marília Albuquerque (vulgo mana)

😉

Gabi Albuquerque

Os anos dourados estão de volta

abril 19, 2011 às 7:37 pm | Publicado em Uncategorized | 11 Comentários
Tags: , , , , , , , , ,

Anos 50, anos dourados, tempos da brilhantina. Grace Kelly, Marilyn Monroe, Debora Kerr. Tempos de divas, de saias rodadas, de rock n’ roll, sorrisos e da vida de glamour, mesmo forçada. Nessa época, bolsas que nos marcam até hoje foram nomeadas, como a Kelly. Sim, ela já existia desde 1935, mas só virou homenagem a princesa em 1956.

Grace exibindo sua Kelly

É nesse universo de divas e glamour que a marca Claudia Dumond, bolsa e calçados, se inspirou para a coleção outono/inverno. As peças remetem ao clássico, elegante e feminino, mas sem deixar de ser moderna. A Luis Vuitton também teve uma coleção do gênero só que na primavera/verão.

É lindo, né? Queria ter vivido um pouco nessa época.

(E vamos começar deixando claro uma coisa: se inspirar num determinado objeto ou época, não é copiar. É sugestão, insinuação, como diz o dicionário Michaelis. Ok? Não significa copiar, mudando apenas o material. Não sou contra as cópias que fique claro, tenho minha Chanel da C&A e sou muito feliz com ela, mas não troquem as palavras e seus respectivos significados! )

Perceberam, então, que nos anos 50 as bolsas eram mais estruturadas, alças curtas, algumas parecem maletinhas? Pois é isso que tem na Claudia. Como neste modelo:

E essa aqui, tipo malinha para fim de semana, não é um luxo? Você chama atenção em qualquer hotel chegando com esse modelo. Ah, e reafirma o colorido do inverno. Lembre-se disso: nada de frio morgado. haha

Foto linda, né? Amei o local do editorial.

Tenho uma nesse estilo, só que dourada, da Elesse. É uma salvadora toda vez que vou viajar.

E mulher diva também vai a festas, né? Essa com alça de corrente nos lembra Madame Chanel, que nos anos 50 abriu sua primeira loja.

E essa vermelha, é uma cor ótima para looks 50′ inspired porque quebra o romantismo. Incluindo o batom, viu? Lembram de Marilyn Monroe?

É sério, estou in love por essas fotos!

Essa é da coleção verão, mas como a carteira é rosa achei super válido porque vamos colorir o clima cinza.

Agora é só se jogar nos anos dourados e se inspirar nas divas! Pode investir no penteado, na saia acinturada, na maquiagem e claro, nas bolsas. Só não vale tudo de uma vez, né? haha

*Claudia Dumont tem uma fábrica no bairro da Imbiribeira (Rua: Rua Jacy, 185) e revende para muitas outras lojas de Pernambuco, Bahia, Sergipe, Amapá, Alagoas e Pará. O telefone do contato no Recife é esse: (81) 3325.0835, é só ligar e ir na loja mais próxima de você.

😉

Gabi Albuquerquee

Conversa de banheiro: a pegada do look para pegar

abril 18, 2011 às 6:45 pm | Publicado em Uncategorized | 7 Comentários
Tags: , ,

Hoje estou meio terapeuta por isso a “coluna” é sobre um daqueles momentos da vida em que o coração bate mais forte, dá o famoso frio na barriga, troca de olhares, rola aquele feeling e se tudo der certo, ele vai querer te conhecer melhor e te chamar para sair. Pronto, é aí onde começa um dos piores dramas femininos, a roupa do primeiro encontro, aquele que foi combinado antes, que ele vai lhe buscar, se Deus quiser com um look de homem alfa, haha. Pior que isso somente casamento – madrinha e noiva, formatura – formanda e parente e festas de alto nível – convidada. Deu para sentir a tensão, né? Nós, mulheres, ainda bobinhas nos preocupamos tanto com isso, no final é até balela, mas fazer o que?! Estou aqui para ajudar, com a roupa, né? Sobre os homens, ainda não estou graduada. haha

(Sim, também serve para ir aos eventos que você sabe que aquele bofe esstará lá! Nem precisa do convite do dito cujo.)

A cena começa com você tirando tudo do guarda roupa, provando cada peça e se achando gorda demais ou magra demais em todas. Pensa logo em comprar algo novo, mania de gastar. Isso acontece com todas as mulheres, incluindo as mais seguras, mas neste caso só provam metade do armário. Ah, ainda tem a parte do desfile para mãe, irmã, amigas e quem mais estiver em casa para o momento teste.

Nessas horas, gata, tudo te leva a apostar no vestido. É a marca registrada da mulher, não tem erro.

Olha Carolina Dieckmann com um vestido acinturado e levinho, bom modelo para o DIA.

Se for uma saída de nível A, para um restaurante badalado, uma noite mais elegante, ai nada como um pretinho básico. Nada de arriscar nessas horas.

Camila Belle arrasando corações. E a gente sonhando ser igual a ela. (ai ai)

Agora se você não gosta de vestido, ai melhor nem arriscar! Calma aí, vou mostrar opções. =) Ser feminina sempre é o segredo. Vamos aos exemplos!

Emily

Uma saia preta mais justinha, mesmo com blusas básicas, é charmoso e ainda emagrece. Pode eliminar o salto, dependendo da saída. Se tem algo que não ajuda é sair de salto quando você vai passear na rua, o erro! Tropeçar não é tendência. haha

Outra dica é a transparência! Aposte em blusas assim:

Esse visual é cheio de informações para nós observadoras, mas como é preto, mais básico, super rola. Ele só vai olhar para a danada da blusa com a transparência, né? Olivia Palermo é diva, boa para guardar foto naquele álbum de looks que espero que você já tenha feito.

E jeans, pode? Claro, se você faz o estilo básica, light, garota de praia, esqueça Olivia e adote Colbie Caillat como inspiração. Ela é linda, usa o cabelão natural e arrasa mesmo com jeans.

Meninas roqueiras, não fiquem tristes, tem para vocês também! Vem ver a musa do vampiro! Kristen Stewart tem a cara do rock, mas a danada, mesmo chata, tem atitude. Assuma a postura!

Ah, se você é metida a fashionista, se aquiete neste dia. Nada de jeans boyfriend, nada daquelas blusas folgadonas, sem montações, né? Ele tem que te ver e não ver seu look.

Depois da roupa, ainda vem mais confusão, eu sei. Isso é só o começo. Colocar ou não a calcinha bege que segura as gorduras locais, mas que é bege broxante? Coloca aquele perfume mais forte e poderoso ou vai no doce e meigo? E será que a conversa vai fluir? E a maquiagem? Nada de batom escuro, viu? Homem detesta beijo com gosto de batom, se você chega mostrando o troço, não ajuda.

Minha grande dica, na verdade, gatas, é relaxar. É clichê, mas é verdade. Esquece isso de calcinha segura bucho, ele tem que te querer do jeito que você é. E vamo combinar que deve ser muito melhor ele ver o seu cuidado em escolher uma lingerie mais glamourosa, digamos! Para ele perceber isso, você nem precisa tirar a roupa. Mas como esse blog é de moda, melhor não entrar em detalhes, né? hehe  Usa teu perfume preferido, fala o que você quiser, se é fanática por salto, vai de salto. A vida já tem regras demais, né não? Estressar até para conhecer homem, ninguém merece! Liberte-se.

Só não libere no batom, ai sim é complicado. No final das contas, a boca é o foco, oras! haha

E na hora de se arrumar, coloca aquela música alto astral, tipo Shakira, para se sentir gostosa e bonitona. 🙂

Arrasem, lindas!

Bjokas

Gabi Albuquerque

Só para eles

abril 17, 2011 às 9:24 pm | Publicado em Uncategorized | 2 Comentários
Tags: , , , ,

Moda para homem é sempre um tema difícil porque vocês, queridos leitores e amigos, se dividem entres o que vestem qualquer coisa, o que até gostam de pensar na roupa e os que são super vaidosos. As mulheres também se dividem, mas somos mais influenciáveis, ou seja, mesmo fazendo o estilo nem aí, ela vai comprar aquele esmalte bonitinho da moça da novela.

Daí que recebi um convite para a inauguração da loja Empório Homem, uma loja voltada exclusivamente para os homens recifenses. Fiquei feliz com a novidade, significa que vocês estão se importando mais com o que vestem. Pode parecer besteira, meninos, mas um visual bacana pode mudar muita coisa da sua vida. Desde as mulheres interessadas ao trabalho bacana. Isso mesmo, um homem bem vestido, e se portando como HOMEM, atrai os olhares, mostra segurança. E se numa entrevista de trabalho a chefia tiver dúvidas entre você e o concorrente de mesmo nível e você for bem vestido, pode ter certeza que ganha a vaga. Ter cuidado com o visual mostra que você é cuidadoso, no mínimo.

Mas o que é ser bem vestido, Gabi? Não significa usar terno até para ir no cinema, nem usar bermuda de surf para ir jantar, né? Seguinte, a única regra: use terno ou pelo menos camisa de manga longa para ir a casamentos, formaturas e festas que exigem traje black tie. Ok? Só isso, já ajuda. Mas, se você escolheu uma profissão como Direito, Medicina, Engenharia, atenção no visual. Ninguém quer ser atendido por um médico esculhambado, nem quer um advogado relaxado demais. Entendem?

Por exemplo, camisas com listras verticais, como essas ai embaixo, vocês já conhecem. A clássica para usar com terno quando quer fugir das lisas, né? Esses são modelos mais formais, abusem no trabalho.

Já esse suéter pode ser usado tanto num trabalho mais light em dias frios, como no fim de semana ou até numa viagem, já que avião sempre é gelado.

Para vocês visualizarem melhor, exemplo de Beckham, o metrossexual mais conhecido do mundo.

Já as camisas de manga curta e botão, confesso não sou muito fã, podem ser usadsa com sobreposição ou combinada com um jeans para quebrar um pouco o peso dos anos 90 que ela carrega.

Henri Castelli preferiu usar sobreposta.

Vida de homem sempre simplicada, uma mesma blusa é útil no inverno e no verão.

Ainda tem as de manga longa, com tecido menos nobre. Normalmente, fica bacana usada com a manga dobrada. Muito boa para as sextas, trabalhar com roupa mais leve e seguir direto para o happy hour.

Justin Timberlake arrasando, como sempre. Bom para copiar os looks, viu meninos? Nesse caso, visual fim de semana, né? Para trabalhar calça reta e sapato ou tênis mais fino, menos hip hop.

Lembram do post sobre inverno colorido? Pois também serve para vocês, olha as cores das camisas nas araras. Nada de ficar preso no preto e cinza!

Outra tendência é o jeans lavado, com rasgões. Bem roqueiro.

Ricardo Tozzi combinou com a calça com camisa xadrez, ótima pedida para a temporada de frio.

Agora a foto dos ternos para os homens que precisam!

E como usar informalmente, com Brad Pitt. E para ser mais informal ainda, tiraria o colete. Mantenha o óculos, charme do look.

Deu para captar um pouco do visual legal? Aproveitei as fotos que fiz na loja para poder mostrar mais coisas, ou seja, tudo isso pode ser encontrado na Empório Homem. Lá é uma multimarcas que vende grifes como Reserva, Lacoste, Mandi, Diesel e Aramis. Para os fãs do futebol, quem foi lá conferir tudo foi Ciro e Magrão, jogadores do Sport. Fizeram sucesso, tinha até fila para foto! haha

Pelo que pude notar é aquela loja com atendimento diferenciado com vendedores que ajudam de verdade na hora de escolher a roupa nova. Isso devia ser regra em loja masculina.

-»Empório Homem

Rua Leonardo Bezerra Cavalcanti, 698, Casa Forte, Recife.  

Pronto, meninos, vocês ganharam o domingo para aprender, entender, conferir um pouco mais do universo das roupas. E quem já curte, para ter novas ideias, né?

Bjokas

Gabi Albuquerque

Um caso de amor

abril 15, 2011 às 5:28 pm | Publicado em Uncategorized | 1 Comentário
Tags: , , , , , ,

Como já disse aqui antes, não sou do time da calça jeans. Por isso, vivo em busca dos modelos de tecido plano, daquelas que parecem de terninho. Amo esse corte porque uso com camisa de botão e com blusas de malha com frases divertidas na boa e ainda fico super confortável. Daí, desde o ano passado vejo nos blogs gringos de street style, as finas usando A calça de alfaitaria, a do post anterior. Procurei em todo canto aqui no Recife e nada. Acabei comprando uma normal mesmo, em dezembro, ainda por cima bege. Vestiu bem, quebrou meu galho, mas não foi amor, sabe? Parece estranho isso, mas sou do tipo que gosto de comprar uma peça pela qual me apaixone, que me faz querer ter para sempre no meu armário. Faço planos com ela, assim como em qualquer outra relação com amor. haha A bege foi só um casinho.

Mas, isso só durou até aquele dia do lançamento de coleção da Avesso. Entrei na loja, bati o olho na calça dos meus sonhos e me apaixonei de verdade quando provei. E aqui está ela para vocês verem, nesse caso divido amor. Rola até dividir com as amigas. =D

Ah, esse look se enquadra no de trabalho, sendo mais elegante. Uma boa para quem vive em escritórios, tribunais e essas profissões que exigem mais elegância.

Quando comprei a calça, a primeira blusa que pensei em combinar foi essa. Olha a estampa que linda, ao mesmo tempo é discreta. Outra dica para as profissas do mundo fino: estampa pode, mas procure as de cores neutras, opacas e menores ou espaçadas.

Brinco maior porque fui para um evento à noite. Meu cabelo está pretão, né? Adorando ele assim, só para registrar. Acho que é resultado do investimento em shampoo e condicionador profissionais.

Um dos meus sapatos preferidos para trabalhar. Não aperta, não é muito alto e não me causa grandes problemas como a maioria.

Blusa: Richards, peguei emprestada da Mama (pra variar)

Calça: Plural, estava à venda na Avesso.

Sapato: Luiza Barcelos, na promoção da Cheap Shop  por $60

Bolsa: C&A

Pronto, acabei de expor meu novo caso de amor e se vocês querem saber, por mim usava todo dia. Mas quero poupar, para ser daquelas de para sempre. hehe Mulheres que tem trabalho relax, confiram o post anterior que tem muitas fotos com jeitos diferentes de usar. Combinações para jantar ou  almoço especiais, reuniões, cinema, aquela saída numa noite fria ou até para viajar.

Dica esperta: se quiser levar na costureira, o metro do linho custa em torno de R$60 reais.

Fotos: Simone Medeiros (Brigada Si!! Me ajudando no momento mico no corredor. haha)

Bjokas

Gabi Albuquerque

Especial: conforto e elegância numa só calça

abril 15, 2011 às 3:53 am | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , , ,

Brasileira tem mania de ser sexy, sejamos sinceras. Temos os menores biquínis do mundo, as calças de cintura baixa e apertadas, gostamos de decote, brincos maiores, somos vaidosas e gastamos muito em salão de beleza. Ai veio a moda que quis quebrar  tudo isso. Chegou as calças saruel, folgadona, lembra? Nós, muito afoitas, não curtimos muito o modelo da gringa e logo vimos por aí as sarueis adaptadas a nossa vida. Depois, não tivemos escapatória, foi jeans boyfriend, blazer boyfriend, short boyfriend. Toda mania boy invadiu as  araras e nos deixamos levar com um jeitinho bem brasileiro de ser, combinando com peças mais femininas. E até hoje presumo que mais de 50% da ala feminina não use muito essa tendência. Este post é sobre calça de alfaitaria. Mais uma roupa com referência masculina.

Eu, a menina que não curte jeans, adorei essa história de calça de alfaiate, ao contrário da saruel que me engordou pacas. A alfaiataria tem o corte mais reto, o tecido pode ser linho ou lã fria, pode ter risca de giz, o caimento é perfeito, o bolso pode ser tipo faca, a barra italiana e por ai vai.

**Aprendendo moda! –> Calça feminina de alfaiataria: As calças de alfaiataria mais folgadas, com pernas largas, tem origem no estilo boudoir dos anos 1920. Se tornou, na época, sinônimo de elegância e poder. E voltou com força nas coleções de inverno de 2010 e de verão 2011 europeu. Bem sabemos que madame Chanel tem muito haver com tudo isso. A estilista inovou e quebrou tabus ao usar roupas com cortes masculinos por serem mais confortáveis. Foi assim que também surgiu o tailleur, as camisetas de listras, o casaco 7/8 na vida feminina. Viva Chanel! Fonte: Moda Spot

Como está chegando o inverno e como essas calças são muito úteis no trabalho, vale uma quantidade absurda de fotos, né? Amanhã posto uma com look meu, a modela! haha

Agora vamos ver a nossa embaixadora! Madame Chanel.

Chanel era beem magrinha como se pode notar, ai a calça faz mais pano, né? Mas digam se não é um look bem renovável? Listras nunca saem de moda. Chanel é fera mesmo.

Agora Olivia Palermo arrasando com a nossa cara com esse rostinho belo.

Bolso faca e barra italiana

Branco com bege nada sem graça. Blusa com seda brilhosa e esse laço garante a feminilidade, junto com as pulseiras e a bolsa de mão. Esse eu copiaria muito.

Um estilo mais light e festeiro é esse de Taís Araújo, o tecido da calça é diferente.

Combinada com uma camiseta floral fica espetáculo no verão, ou seja, uma peça útil no ano todo. Nem gosto de roupa assim, para não dizer o contrário.

Vejam esse modelo do look book da Zara, parece com a minha.

Foto: Blog Bettys

Esse look também está super casual, né? Pode ir do trabalho a saídas de fim de semana. No verão, tira o casaco e pronto!

E meninos também podem. Sei que na terra Recife e boa parte do Brasil jamais gostariam desse visual, mas lá fora é super normal, tá?

The Sartorialist

Imagina o conforto, meninos? Que tal testar?

Não podemos esquecer que alfaiataria também pode ser mais retinha, com caimento mais seco. Como esse de Alexis Bledel.

Trocando a sandália por sapatilha e a carteira por uma big bolsa, usaria de dia tranquilamente.

Aqui o uni color de Giovanna Bottaglia. Só tem cor no sapato e no colar.

Quando a blusa está por dentro e calça é cintura alta, invista no cinto. O acessório da vez que pode ser bem baratinho nas lojinhas do centro.

Fechando com minha musa televisa, Carrie (Sarah Jessica Parker) de Sex and the city. Um dia ela tinha que aparecer aqui. haha

Sim, Carrie se jogou no alfaiate. Calça, camisa de botão, colete e gravata, tudo com referência masculina. Tudo isso e ela está super feminina, por que será? O cabelo grande, a camisa com rosa no meio, o salto alto, a carteira colorida? Aposto que o truque é essa sacola mágica! Só sendo muito mulher para andar por aí com ela nas mãos. haha

Agora, podem pegar as fotos e correr para costureira!!! É uma das melhores formas de adquirir uma dessas. Ou vá a caça minha amiga, a tarefa será árdua, afinal tem que ter o caimento perfeito para não ficar muito masculino, nem apertada demais. A gente sofre até com calça. haha E meninos, abram a mente, please!

Bjokas

Gabi Albuquerque

O velho virou novo

abril 14, 2011 às 1:04 am | Publicado em Uncategorized | 10 Comentários
Tags: , , , ,

Eu e minha cara de pau resolvemos postar mais fotos de moda na rua,a que eu acredito ser a moda de verdade, como prometi ter por aqui. Então, andar com a máquina na bolsa e o olhar observador ligado – o que não é difícil para minha pessoa, haha – tem sido minha rotina, queria poder sair por aí só para fazer isso. Até minha irmã me ajuda!

Bom, ai fui almoçar no shopping e depois de ver um monte de mulheres e homens iguais com seus ternos e calças de tecido, achei essa jornalista (pura coincidência) percorrendo os corredores. Atrapalhei o almoço de Winola Tavares e ela, muito boazinha, topou parar para a blogueira aqui tirar as fotos.

Quando ela passou com essa blusa de animal prints, pensei logo: essa é fashionista! Mas, como a melhor parte de conhecer pessoas na rua é que sempre tem surpresa, descobri que Winola não só é fashion, é criativa. Esse parte de pedras do colar é uma pulseira, ela só juntou com as correntes.

Transformando o velho em algo novo. Isso é um ótimo exercício para evitar gastos desnecessários, né? Reavaliem suas bijous! Aliás, o armário todo. Ontem mesmo, peguei uma blusa que vou levar na costureira e terei uma nova roupinha. Se você tem talentos de corte e costura, melhor ainda.

E para quebrar as cores neutras, a bolsa azul daquelas molinhas e com correntes.

Winola veste blusa Zara, bermuda C&A, sapatilha Arezzo, bolsa Zara e “pulseira” Accessorize. As correntes do colar, ela não lembra de onde é, mas como o colar é obra dela, nem precisava né?

Se preparem, meninas e meninos que a qualquer momento você pode ser abordado por mim! hahaha

Brigada, Winola. Você foi um doce.

Bjokas

Gabi Albuquerque

Achado: oxford C&A

abril 13, 2011 às 4:02 am | Publicado em Uncategorized | 8 Comentários
Tags: , , , ,

Passeio no shopping sem passar na C&A não é passeio, né? Minha irmã sempre reclama porque toda vez que vamos ao cinema, invento de ir na minha lojinha de achados. hahaha Hoje não foi diferente, enquanto dava um tempinho para ir na inauguração de uma loja especializado em moda para homem aqui do Recife – post amanhã – fui bater perna.

Depois de ir na Santa Lolla, aquela do atendimento péssimo, e na Arezzo em busca do meu oxford de salto alto e preto, resolvi ver as blusinhas da C&A, e? Acheiii gente! Bem mais barato que nas outras, claro. hehehe

Olha que lindo! Provei para testar logo se ia doer muito. E deu tudo certo. Também tinha uma sapatilha com amarrações no tornozelo, mas como o meu é muito fino, ficou sambando. E não tirei foto porque com minha máquina nada discreta, ia ser expulsa da loja, né?

Olha o precinho aí, tá que não é aquele super preço baixo da C&A. Mas convenhamos que a fast fashion tem investido cada vez mais nas tendências e, com isso, os preços tendem a subir. Fora que o poder de compra da classe C, público alvo da loja, está cada vez maior. Paguei sem dramas porque o da Arezzo era no mínimo $230.

Aguardem, toda terça um achadinho para alegrar sua vida de consumidora! =D

Bjokas

Gabi Albuquerque

Conversa de banheiro: mulheres e o dia da preguiça

abril 11, 2011 às 6:38 pm | Publicado em Uncategorized | 6 Comentários
Tags: , , , , , , ,

Tem dias que não tenho a mínima paciência para pensar em looks, isso mesmo eu sou normal. Tem dias que tudo que eu preciso é de um vestido folgado, uma sandália rasteira e a bolsa que já estiver em cima da bancada do quarto. Claro que nesse dia eu vou prender o cabelo, passar o pó de qualquer jeito, aquele perfume de sempre e vou pensar: hoje eu não estou nem ai! Normalmente, nesses dias estou com muito sono, muito cansada ou li tanta revistas de moda que simplesmente preciso esvaziar a mente.

Isso tudo tem relação com o fato verídico de que nós mulheres somos de fases. Basta uma briga com o companheiro, uma notícia ruim de um amigo ou até mesmo aquela TPM introspectiva para você não querer saber de salto alto. E quando a gente quer mostrar poder no trabalho, saiam da frente porque usaremos o melhor look do armário. Sim, somos de fases e, agora, temos uma certa liberdade para confessar isso na rua através da roupa.

Até a musa francesa Carla Bruni tem seus dias difíceis. Hoje eu queria sair assim!

Não posso dizer que somos totalmente livres porque ainda damos muita satisfação. Imagino o que os paparazzi falaram quando viram Bruni neste estilo incomum a ela. É como se estivéssemos no esquema de liberdade assistida e isso não é exclusividade de celebridade. Você pode usar a calça de moletom para ir na padaria, mas metade das pessoas que você encontrar no caminho irão lhe tachar de largada maluca. Você pode ir trabalhar de sandália rasteira, mas sempre terá um engraçadinho que vai te achar preguiçosa. Até o namorado/marido/rolo vai esperar lhe ver sempre arrumadinha.

Vocês, por exemplo, um dia podem me ver na rua de short, camiseta e havaiana e tenho certeza que alguém vai soltar: a criatura escreve sobre moda e anda desmantelada. hahaha Isso costumar acontecer nos domingos. Bem ao estilo Gisele, com sutien, e sem nem 1/3 da beleza da moça!

E aí que esse fim de semana, Recife teve um clima atípico, nublado e chuvoso. Meu domingo foi todo dedicado a Sex and the city, ao computador (claro), ao lençol e ao sofá. Foi no momento que pensei em sair de casa, com uma preguiça feroz, para aquele bate ponto na Livraria Cultura -a nerd- que pensei neste post. Não queria me arrumar toda, só queria um capuccino. Sabia que ia ver dezenas de meninas de bota e montações invernais e por uma cobrança despercebida, pensaria: devia ter me arrumado mais. Não sai, mas se tivesse saído iria assim:

Nicole Richie sempre sabe ser fina e ser largada. =D

E aí fiz o post para ver se me liberto dessa condição de estar sempre arrumadinha! haha E como sei que vocês também sofrem disso, toda mulher sofre, compartilho aqui a minha dor. É triste sair de casa com preguiça e sentir os olhares de reprovação, assim como é triste se arrepender por não ter colocado aquela bota fatal no dia da chuva ou aquele look verão no dia de sol. Ê vida! Deixo aqui meu protesto pelo direito de ter fases nas roupas! haha

Sim, hoje é segunda, está chovendo, estou com preguiça e vou sair já já. Com que roupa eu vou? Não sei. E vocês? Saíram como hoje?

Toda segunda, este blog terá um post dedicado aos dilemas femininos quanto as roupas do cotidiano. 😉

Bjokas

Gabi Albuquerque

O domingo é dia de alegria

abril 10, 2011 às 10:13 pm | Publicado em Uncategorized | 1 Comentário
Tags: , ,

Domingo tem cara de cinema e pipoca, cara de passar a tarde assistindo Sky, haha, comendo qualquer porcaria, cara de passeio light que para mim seria uma andada no Recife Antigo com parada no Delta Café e na Livraria Cultura. Domingo é meu dia cult. haha E também pode ser como hoje, no Recife, com chuva, frio milagroso, lençol e chocolate.

Mas, nos domingos de sol, pode ter pinta de churrasco, banho de piscina, festa no prédio, cerveja para alguns, refrigerante para outros (no outro dia é segunda, né gente?!) e por ai vai.

Daí que num certo domingo, teve um aniversário com toda essa vibe de festa. Teve sol, teve amigos, música, amendoin, brigadeiro, risada e teve Alissa Ferreira com seu look P&B. Básico não era se não não seria Alissa, mas é uma opção ótima para quem não curte colorido, mesmo no verão.

Curti o tecido da saia, com babadinhos verticais que não engorda e ainda por cima preta que contribui ainda mais com os corpinhos femininos.

O cinto ajuda na cintura dando efeito emagrecedor também, que mulher não quer isso, né? =D Achei bem diferente esse, normalmente só vejo as meninas usando os fininhos.

Mas o que mais amei no look foi essa sandália gladiadora da Zara.

Não é linda? Estou viciada nesse negócio de cadarço, confesso!

Mais detalhes dos acessórios:

O anel do polegar tem escrito a palavra amor em várias línguas. Fofo.

De todo o look, só não usaria o colar, mas como é Alissa! hahah Minha diva ruiva e perua que divide comigo os anseios consumistas, tinha que ter esse acessório mesmo. haha

Eu escolhi esse vestido da Bacchus, soltinho com brincos grandes, baratinhos do centro da cidade, e aquele meu anel lindo de prata. Não mostra o pé, mas estou com minha sandália prata de sempre. haha

Bom domingo, gente! Depois faço post com look de dia de preguiça. Agora, vamo curtir um sambinha da turma do Sambô para animar nossa semana porque amanhã começa tudo de novo. 😉

Bjokas

Gabi Albuquerque

Uma sexta rock com U2

abril 8, 2011 às 9:43 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , ,

Hoje é sexta, dia de balada, happy hour, curtição e rua. Por isso, um post musical para gente começar a se animar, a dançar e a cantar.

Este fim de semana, São Paulo recebe o show ilustre da trupe do U2. Serão três dias lotados com o mesmo espetáculo e eu não estarei lá. =/ Mesmo sendo uma das minhas bandas preferidas, dei bobeira e vou perder. Mas merece esse post com fotos dos meninos desde a década de 1970, quando começaram a tocar.

E a gente pode ver a evolução dos looks deles, dos cortes de cabelo, do estilo. Bono Vox, por exemplo, já tem como marca registrada os óculos escuros e a roupa preta, na maioria das ocasiões. hahaha

Olha eles em 1976, quando a banda surgiu. Pouco tempo depois do início do movimento punk, na Irlanda, Bono Vox, The Edge, Adam Clayton e Larry Mullen Jr. se juntavam para tocar rock e se tornar uma das bandas mais famosas do mundo. Esses cabelos capacetes são o fim, mas na época devia ser must have!

Aqui é em 1980, observem os cortes de cabelo. Um visual parecido foi adotado por Chitãozinho e Xororó na década de 1990. Povo atrasado! haha O jeans era justinho e de cintura alta, bem ao estilo anos 80 mesmo.

E Bono com esse cigarro na boca, nos anos 90? Nos tempos que fumar era chique. Esse colete de couro está voltando com tudo, inclusive no guarda roupa feminino, mas combinado de outra forma, claro. Um jeans e uma blusa branca junto com um complemento desses, arrasa!

Olha a boca rosa que fim dos tempos. Mas acho um charme o óculos de Bono e o gorrinho de The Edge. =D Essa foto já é atual, mas Edge gosta de um bordado, viu? Desde muito tempo. Olha essa coisa no casaco dele!

Outra coisa que precisa ser dita é que além da fama musical, o grupo é conhecido pela participação ativa em causas políticas e humanitárias. Bono é o que mais se joga em prol das causas nobres.

Hoje mesmo, os membros da banda visitaram a presidente Dilma para expressar a dor pelo assassinato das crianças da escola do Realengo, Rio de Janeiro.

Foto: UOL Notícias

Agora, vamos curtir uma música dessa banda que tanto gosto.

E essa aqui porque entrei com ela no baile de formatura! Meu pai também é fã deles e, na verdade, foi assim que comecei a gostar.

Um sexta bem linda para vocês e um show bem maravilhoso para quem for. Será amanhã, domingo e segunda no Morumbi, São Paulo.

Bjokas

Gabi Albuquerque

 

Especial: a bota que a gente usa o ano inteiro

abril 8, 2011 às 6:11 am | Publicado em Uncategorized | 7 Comentários
Tags: , , , , , , ,

Hoje é dia de muita foto, hein gente? Preparem os dedos para salvar várias!

Bom, faz um tempinho que as ankles boots ou open boots entraram no nosso guarda roupa, né? Há muitas temporadas, mulheres fãs de sapatos correm para adquirir os modelos mais diferentes, principalmente com cadarços. Eu, como boa “sapatoholic”, haha, sonhei muito com o meu par na temporada passada, mas não comprei. Resisti já que não achei o dos meus sonhos. Mas agora cismei que precisava do meu e fui a caça. Achei e lá embaixo mostro.

Como as open boots estão nos pés das mulheres de todos os cantos do Brasil e mundo afora, resolvi fazer esse especial com as fotos de looks lindos com essa belezura.

**Aprendendo moda! –» Sapatos: Fui pesquisar sobre as botas e descobri que só a história dos sapatos é cheia de mistérios. Segundo Linda O’ Keeffe, no livro Sapatos: Uma festa de sapatos de salto, sandálias, chinelos…, o acessório foi criado na Mesopotâmia em forma de sandália com o objetivo de ajudar os homens a atravessarem as montanhas. Então, não se sabe exatamente quando surgiu a bota, mas no Império Romano os esquadrões já usavam as de cano curto. Já o salto alto passou a simbolizar vaidade e sofisticação a partir de 1533, com os sapatos de Catarina de Médicis, importados de Florença a Paris, para seu casamento com o Duque de Orleans. Daí, basta a gente somar a bota com o salto e temos o sonho feminino. Mas se o salto só ganhou status em 1553, podemos dizer que faz pouco tempo de sonho realizado. E quando esses mega sapatos se tornaram open? Acho que foi quando alguém quis usá-la mesmo no verão. haha #opinião de reles Gabi. Mas, acho bota super fetiche, dá uma sensualidade especial, independente do modelo.

O que eu destaco no uso das open boots é o fato de você poder usar tanto com um look podrinho, mais rock, mais largado, e nesse caso, ela vai dar o toque feminino com o salto. Quanto você pode usar  com aqueles vestido meigo, aquela saia rodada, a blusinha de renda mais romântica do guarda roupa, e ai ela dá o peso que o visual precisa por ser inspirada nos oxfords, ou seja, sapatos masculinos.

Olha o exemplo da fotógrafa clicada para o The Sartorialist.

Look básico com pontos de cor, adoro isso. Cachecol vermelho e a ankle linda e arrasante no tom azul royal e de salto grosso para não doer o pé. Moça esperta!

Já Sabrina Sato, sempre mostrando suas pernas malhadas, escolheu o visual largado para seu par.

Adorei a blusa! Juro que achava que Sabrina ia ser uma daquelas piriguetes com looks podres, mas ela arrasa, né?

Ai a gente vê uma saia super meiga, como essa de Emma Watson, combinada com uma super open e a jaqueta meio rock, e achamos lindo. Nova combinação! Esse look queria para mim.

A boot é delicada, notaram? Tem transparências que deixam o calçado mais feminino.

Já a polêmica Rihanna que adora causar com o visual, optou pelo vestido soltinho, florido, super verão mistura com um quase coturno, mas é aberto na frente, então é open. (jura, Gabi? haha)

Outro versão é do look de Gwyneth Paltrow no tapete vermelho. Terninho e open boots é uma boa combinação, mas achei muito fraco para a ocasião. Pelo menos uma calça para ajudar na elegância, gente!

E esse despojado da americana e blogueira Emily? Dá vontade de usar amanhã! A gata está super tendência, viu? Jeans, bolsa pasta, lenço no cabelo e sua bota querida para fechar.

O de Fernanda Paes Leme é super balada. Esse vestido pega bofe ajuda, né? Mas eu não usaria o sapato dessa cor, ficou muito oposto ao resto do look. Ficaria bacana com uma cor mais forte, tipo vermelho ou chumbo.

E a atriz de Gossip Girl Taylor Momsen, que faz Jenny, mostra outro look de balada, mais jovem e para pernas lindas. Isso é numa cena da série, parece que Taylor surtou e não anda muito bem no mundo celebrie.

A meia calça é a aliada de sempre no inverno! Nunca esqueçam isso.

Mais um look com calça para não ser injusta.

Calça militar, colete e a ankle com tachinhas. Salvem para o inverno, esse é um super look 2011.

E essa é a que eu comprei, apenas a primeira! Pretendo adiquirir uma preta ainda. hehe

Comprei a minha numa lojinha de bairro. Quem mora no Recife, foi na Rua da Hora, loja Neto Calçados, e tem váriossss modelos diferentes por lá.

Espero que tenham muito inspiração de looks com essa ankles lindas e que assim como eu fiquem querendo todos os modelos. hahaha Malvada! Repito, salvem as fotos, criem uma pastinha no pc só para cliques de looks e isso ajudará muito.

Bjokas

Gabi Albuquerque

Próxima Página »

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.