Conversa de banheiro: o adultês

maio 31, 2011 às 5:47 am | Publicado em Uncategorized | 2 Comentários
Tags: , , ,

Assunto chatinho esse hein, Gabis? Pra que falar dessa “coisa”, isso a gente esquece, simplesmente vive. Mas hoje, eu precisava falar disso, meus queridos. Seguinte, a vida, cheia de manhas, mostra logo a idade adulta cheia de uns babados complicados. Amores e desamores, trabalhos, contas, planos, cobranças e tudo mais. Gente, nem imaginamos, mas os problemas da adultês são reais como nossos pais diziam – a velha. Como sempre se salva algo, tem coisa boa também, viu? Uma delas é que a gente pode se divertir mais e sem amarras.

No meu caso tem um agravante. Às vezes eu tenho a impressão que minha mãe pariu no meio da rua, a caminho da maternidade. Tipo filme, sabe? A blogueira aqui adora o mundinho ao nosso redor, desde criança, e adora mais ainda percorrê-lo, por isso presumi já ter nascido nos caminhos. haha Junta isso a tal adultês! Faca e queijo, né?

Mas não se vive de andar no mundo, se vive de dinheiro e isso vem de trabalho. Profissionais de comunicação, neste momento dirão: há controvérsias. Deixem de ser chatos, a gente gosta dessa vidinha mais ou menos, boemia, sem tanto dindin, mas cheios de histórias pra contar. Coincidência ou não, em prol da diversão, eu e algumas amigas comunicadoras chegamos ao lema: “eu trabalho tantooo (não só com essa palavra), eu mereço sair muito”. Pois bem, o adultês me pegou, aliás nos pegou. Trabalhamos muito, se duvidar da hora que acordar a hora de deitar. A nossa mente funciona 24h em função de ideias e pautas.  – isso vale para outras profissões também, hoje em dia ninguém escapa – portanto nossa vida é meio workaholic mesmo.

Fim de semana DEVE ser assim

Como tive uma semana pesada, assim como terei esta, nem tive condições de escrever muito por aqui nos últimos dias, tinha pensado em pautas massas, todas anotadas, mas faltou tempo. Se faltou tempo pro blog, suponham  faltou para diversão! Exceto para o show de Jack Johnson, best of the best – post aqui na sexta se tudo correr bem -, não pude comparecer a nenhum outro baphon divertido, nenhum lugar pra garantir as vibrações da semana. Foi triste. Ah, não significa que ralei no fim de semana, significa que fiquei zumbi uns bons dias, incluindo hoje. Acordar cedo não pode ser divino, viu? O tempo de sobra foi utilizado para dormir, apenas isso.

Também não quer dizer que não me diverti trabalhando com uma equipe bem bacana e cheia de risadas. Mas faltou a música dançante, faltou a mesa do bar, faltou os comentários sobre o público ao redor, faltou comer besteira na volta, faltou a liberdade proporcionada pela diversão. Ficou a emoção, o arrepio, o coro, as amigas lindas em Jack Johnson, o cantor da minha vida. Ficou o sono, só queria minha cama. Faltou meu café da manhã com as bloggers no domingo. Faltou a balada com a loirinha. Entendem? Isso é o adultês. Adultar é não preferir dormir do que sair domingo à noite, é TER de fazer isso porque suas pálpebras se fecham. Pronto, amigos, se identificou? haha Sinto muito!

Então, hoje precisava desabafar. Estou morrendo de sono, minhas pernas preferem ficar quietas, minha mente não aguenta nem livro de romance açúcar, quero só meus petits gateau, um filme bonzinho, de rir, e minha cama. E depois de me recuperar com as calorias do doce, só queria mesmo um fim de semana bombante, mas está longe, Gabizinha. Está longe! Mas, sendo bem sincera, eu queria tudo isso só neste minuto sonolento, porque o que sinto é felicidade por ter escolhido a profissão certa, sem rotina porque isso já basta nos relacionamentos, né? É difícil de explicar, mas o adultês me satisfaz bastante, menos a fatura do cartão com meu nome.

Vida boa mesmo é a de Garfild, viver de lasanha e lazer hehe

Nem se preocupem, queridos, essa felicidade também vem daqui, viu? hehe Um orgulho danado desse espaço!!! É muito amor por trás desses números de cliques, né não? E com o bom adultar em prática, adoradora da reclamação, que sexta feira demorada! haha Olha aí, o happy hour é outra coisa boa do adultês. Vou nem fazer mais pros e contras, com essa a vida adulta já ganhou.

😉

Gabi Albuquerque

Look: dia de compras pede tênis e band-aid

maio 30, 2011 às 11:23 pm | Publicado em Uncategorized | 5 Comentários
Tags: , , , , , , , , , , ,

Dia de segunda é dia especial de coluninha por aqui, né? Mas a blogueira que vos fala não vive de blog e esta semana, o trabalho me consumiu, por isso não consegui escrever nada de bacana pra nossas segundas felizes. haha Mas não vamos ficar órfãs, só vai sair em outro dia, tá? Enquanto isso, um look pra animar a gente.

No dia do Shopping Day não levei a máquina porque sempre fico perdida olhando as coisas e esqueço completamente das fotos. Aproveitei que Nel estava com a dela e seus dotes fotográficos e pedi uns cliques do visual. haha Escolhi tudo confortável para a locomoção ser mais fácil, levei uns bad-aids na bolsa para não correr riscos e tentei levar juízo para as sacolas, mas como vocês já viram, não deu certo.

Olha Gabi de tênis, isso é quase inédito. Aproveitem!!!

Já postei esse tênis há um século, então vai de novo! É da Superga, acho lindo e maravilhoso, mas dá calo. Esse chato. Com o band-aid deu até certo, aguentei o dia todo, lembrando que sai as 13h30 e só cheguei às 22h, mas machucou mesmo assim, só meu nível de resistência deu a variada. A saia é aquela tipo couro da C&A, postei nos achados das fasts fashion outro dia. Blusa da Colcci, amo demais ela. Daquelas divertidas e molinhas, vocês já sabem desse meu amor por esses modelos. Bolsa, achei no armário de mamis, ela nem usa mais. Peguei pra mim, claro.

Não vou falar do evento de novo, nem do meu domingo feliz, né? Vocês já leram sobre os ataques consumistas de todas. Mas tem outra foto, Nelzinha me flagrou com a fichinha da coxinha, a gordura trans invadindo meu corpinho. haha

A danada tá boa de clique! Arrasou de verdade.

Sim, na blusa tem escrito: Pele é apenas para animais. 😉 Por favor, na moda do couro, vamos ser boazinhas com os bichinhos e usar sintético. Falar nisso, estou viciada nesta saia, as amigas que o digam, me veem nela quase todo fim de semana. hehe

😉

Gabi Albuquerque

John Mayer, your body is a wonderland

maio 27, 2011 às 8:57 pm | Publicado em Uncategorized | 6 Comentários
Tags: , , ,

Se você mora pras bandas de Hollywood, gata, não perca tempo. John Mayer está a solta por aí com seu olhar matador, sua voz doce e suas músicas que embalam nossos corações. haha Falando sério, o cantor é o exemplo do homem alfa – pelo menos de longe – capaz de conquistar qualquer criatura, mesmo as comprometidas. Então, enquanto quebrava a cabeça atrás de um post para hoje, uma sexta de céu lindo no Recife, pensei “por que não alegrar o fim de semana das meninas com nosso querido cantor fofo?’.

A primeira foto é logo para derrubar vocês. Coisa lindaaa!

E a música do start, claro, Your body is wonderland. Um dos primeiros sucessos do moço. Reparem bem na carinha dele cantando com meio riso, assim me apaixono.

Aqui com o cabelo grande, largado, esse all star me lembrando que seria estranho não querê-lo.

E o som de Heartbreak warfare povoa nossas mentes, nos fazem planejar noites acompanhadas, aquele vinho. A trilha certa para estar com o bofe, viu? Sucesso na certa.

Parceria com B.B. King, cara de sucesso, hein? Tocar com King é tipo atestado de ser bom. As música de John tem influencias do blues, por isso o músico mais mais do gênero é um dos seus ídolos. Os dois tocaram juntos no Grammy!

“Também uso gravatas, garotas. Sou sexy de qualquer jeito”. haha Todo arrumadinho com cara de bom moço.

Mais uma lindona para encher nossos corações de amor.

A última foto com cara de rock, sou alfa e nem ligo pros outros. Homem estiloso é outro nível, anotem meninos!

E deixem metade dos seus corações para ele…

Prontinho, fim de semana mais que inspirador. Se você já tem o cara dos seus sonhos, mesmo que ele não seja John Mayer, hehe, aproveita a trilha porque é super delícia ouvir com alguém juntinho. E se não tem, gata, fica sonhando aí com as fotos do gato e acredita na força do pensamento. Vai que atrai, né?

😉

Gabi Albuquerque

Especial: convidadas cheias de bossa

maio 26, 2011 às 3:48 am | Publicado em Uncategorized | 15 Comentários
Tags: , , , , , , , ,

Aniversário também é chance de fotografar looks, minhas convidadas fofas, lindas e cheias de estilo cederam alguns minutos para o book. Negar pedido de aniversariante é afronta, né? Oras! Ainda por cima, blogueira. Os garçons se divertiram muito também com as poses. haha Quero me desculpar com quem chegou depois da minha máquina ter descarregado. Estava tão doida com as outras coisas que nem lembrei de carregar bateria. Prometo fotos no nosso próximo encontro, tá? Ah, e dona Marta e dona Laís não tiraram foto de corpo inteiro, não ajudam a amiga.

Vamos ao desfile?! Começando pela ruiva linda, Alissa, que arrasa sempre nas compras, nos cartões de crédito e nas tendências.

Esqueci de perguntar onde ela comprou esse casaco maravilhoso. Ah, ela também se jogou no branco comigo. É tendênciaaaa, gente. haha Detalhe do casaco e do anel:

Agora a fotógrafa oficial, Gabis, junto com Nanda, minha parea de roupa Devassa. Com toda coragem, apostamos nos tubinhos justinhos!

Detalhe da sandália achado de Gabis, na C&A! Corram! Fiquei querendo pra mim, digo logo. haha

Eu e minha maga, Irce, que acaba com nossa cara com esse bronze lindo em pleno inverno. Cara de saudável. Arrasou no look com jeitinho de inverno, nude e verde militar. Minhas amigas amam umas tendências, né? haha

E Aninha que foi no clima do bar, cujo nome é Bar da Praia, com longão colorido. Amei, sou doida por longos.

Todas estavam lindas, mas como a máquina descarregou não consegui tirar fotos das outras. Desfile desfalcado. =/

Não faltou inspiração neste post, hein? Salvandoo as fotos para aquela pasta de looks que você já deve ter criado ai no pc.

😉

Gabi Albuquerque

Look: fiquei velha usando branco

maio 25, 2011 às 5:05 am | Publicado em Uncategorized | 4 Comentários
Tags: , , , , , , , , , ,

E semana passada, bateram na minha porta e quando abri era uma tal de idade nova. Tive que deixar entrar, estava tão simpática, tão cheia de propostas de futuro, não resisti. Comemorei com os amigos para das as boas vindas e boas risadas. E aí, por que não usar branco? Tendência forte no inverno e ainda podia trazer energias boas. Nem precisava da roupa no quesito boas vibrações porque só de abraço bom e alegria, já ganhei e muito. Enfim, coisa boa é do gênero quanto mais melhor. haha

Ai vem o look da noite, não do dia, com um monte de fotos, aproveitando a presença da fotógrafa oficial, Gabi Melo.

Vestido: Agilità (na Avesso); sandália: Arezzo. Bolsa: não é bem bolsa, é a caixa original do óculos de sol da minha irmã, aproveitei claro. É Dolce Gabanna por $0 reais. =) O colar é aquele pingente que já postei, os Cs da Chanel.

Olha o detalhe do vestido: todo com tachinhas e essa meia saia do lado. Uma graça! A sandália é ultra confortável, serve para o dia e para noite.

Uma preta e branca pra dar a variada, né? Adorei os cliques, Gabis.

E o bolooo!!

A vela é uma bolsinha, haha

Queridos amigos, como diria Caio Fernando Abreu, aquele escritor que meio mundo retuita e posta no Face, “Tenho amigos muito bonitos. Ninguém desconfia. Mas sou uma pessoa muito rica”. Obrigada aos que foram e aos faltosos que mandaram mil vibrações de longe!

 E, por favor, ninguém repare na minha gordisse. Obrigada.

😉

Gabi Albuquerque

Achados do Shopping Day

maio 24, 2011 às 6:19 am | Publicado em Uncategorized | 8 Comentários
Tags: , , , , , , , ,

Domingo foi dia de dodoncar com as amigas, afinal tinha Shopping Day, postado aqui. Por volta da 13h, lá fui eu e Nel para Blue Angel, eu a fim de achar uma bolsa dos sonhos e apenas isso. Não comprei a tal bolsa, mas não resisti a todas as outras coisas que faziam meus olhos brilharem. Então, pra aumentar a bagaceira, convoquei Piu, outra amiga, para a empreitada e ela afirmou com todo coração: vou dá uma passada, mas sem compras.  Daí se juntou mais uma, Erika, com o mesmo objetivo, apenas andar e conhecer. Ok, ninguém cumpriu suas metas. Sinal de um Shopping Day muito bem organizado com marcas tentadoras e bem bacanas, como a Anamac e a Quarto Secreto junto com a Hype. Nos jogamos!

E para dividir minha culpa/satisfação, tinha que mostrar a vocês os achados. Compartilhando tudo fica mais leve, haha, e ai coloco vocês na jogada para no próximo quererem ir também.

Esse óculos foi amor a primeira vista. Na Hype, do querido João Lucena, por apenas $35. Puro luxo e ryqueza, viu? Me senti nas praias de Saint Tropez. haha

O colar mais fashion do meu armário ganhei de Nel, minha linda do coração. Também na Hype. Não vejo a hora de usar.

Essa sandália foi na Juliana Beltrão, a perdição em forma de sapatos. O preço não foi lá muitooooo barato, mas foi ótimo para o modelo que é bem diferentão. $99 e ainda dividia em 2x. Nel e Piu também se acabaram nesse stand. hehe

Como boa viciada em blusinhas divertidas, não resiti a essa porque eu ri. $30 na Vulgo.

Ainda comprei na Yes, um pó compacto por $12 e um batom por $10 (para Mamis). E na Nacuca uma tiara por $8 (para minha irmã). Claro que compraria mais 300 coisas, mas ainda não sou rica, né? Só uso óculos com cara de ryco, aí… fica para a próxima. As amigas fizeram ótimas comprinhas também, todas felizes.

Próximo Shopping Day, todo mundo lá! Combinado? Ah, os quitutes estavam deliciosossssss.

Para a dondocagem ficar completa, fomos, quase todas as bloggers lindas, tomar um café no Castigliani. Pense num domingo bom, quero mais. E Nelzinha já postou sobre o evento, inclusive tem meu look!

😉

Gabi Albuquerque

Conversa de banheiro: tudo tem uma primeira vez (1)

maio 23, 2011 às 8:53 am | Publicado em Uncategorized | 4 Comentários
Tags: ,

Convenhamos, ser mulher nunca foi lá muito fácil. O povo ensinou a gente a dramatizar, a sofrer, a ter dúvidas, a ter culpa. Portanto, antes e depois de qualquer primeira vez em qualquer ramo das nossas vidas, passaremos por um processo de martírio contínuo. Digamos que após a primeira sensação da primeirona, estamos fadadas a isso o resto da vida. O primeiro amor, a primeira briga com a amiguinha, a primeira vez saindo sozinha, primeiro beijo, o primeiro porre, primeiro dia de aula na faculdade, primeiro emprego e por ai vai (por isso este post é parte 1. haha). Mas vamos começar com uma primeira importantíssima!

A primeira menstruação acontece, entre os 11 e os 15 – na minha época né? Vale ressaltar -, e é chamada de chata e incomoda aos quatro ventos da nossa adolescência inconstante. Nem imaginávamos o valor dessa danada alguns anos depois, quando outra primeira vez ocorre nas nossas vidas. Nossas mães, num ímpeto até hoje não entendido por minha pessoa, resolvem contar a família toda sobre o ocorrido. Logo logo, avós, tias e madrinhas passam a lhe chamar de mocinha. Suas amigas, aquelas que ainda não precisam de absorventes, lhe perguntam mil coisas. Uma dor muito da inconveniente, chamada cólica, insiste em aparecer até quando você marca o cinema com os outros adolescentes. Nesta fase, sentimos ódio daquele período mensal, e no banheiro contamos as nossas best friends se usamos com abas ou sem abas e se o paquera fofo da sala olhou pra você ou não.

Alguns anos depois, vem primeiro namorado, primeiro amasso, uma certa ideia passa a permear sua cabeça. Ai o diálogo muda: “Amiga, será que eu devo?” haha. – Mulher tem mania de aprovação de amiga, essa pergunta se repete no shopping, “amiga, levo aquela roupa ou não? será que devo?”, se repete na balada, “será que devo pegar aquele cara?”, se repete na dieta, “será que devo comer esse brigadeiro?”. Ah, se você é homem e está lendo, também perguntamos se você foi aprovado, tá? Se acostume! – Normalmente, após o drama da primeira MOR, você resolve que deve mesmo. Nessa época, cólica e TPM continuam muito chatas e insuportáveis, mas passamos a recebê-las com um certo carinho todo mês. O plano mãe ainda não nos atinge, somos muito jovens, tem aquela dedicação ao trabalho e tal. Pra que filho se o mundo está lá fora tão bonito e estamos cheias de energia para conhecê-lo?

Mas aí é que tá, quem disse que seria simples? Ás vezes, nosso organismo feminino curte dá um sustinho. E mesmo você sendo uma daquelas mulheres super prevenidas, dessa primeira vez você não escapa. No dia 1, preocupação no nível qualquer coisa: “esses atrasos são um saco”. No dia 2, “ai, quando vai chegar, hein?  -Amor, atrasou, viu? Medo!”. No dia 3, “Amigaaa, já tá atrasada há três dias. Resposta: mas é normal. Três diazinhos são nada. Você aos prantos: são TRÊS DIAS, não três horas. E agora?”.  A tendência, a partir daí, é piorar, você passa a chorar sempre, imagina possíveis desejos e sintomas, pensa na sua vida a partir dali se, de fato, estiver grávida. Alguns dias depois, tudo não passou de brincadeira do destino ou algum problema de ovário. Ou não, né? Mas, vamos na fé, afinal você foi tão cuidadosa.

Esse susto é a primeira vez do mundo adulto entrando na sua vida -espero eu que você tenha pelo menos 18 anos nessas horas – e é necessário para um choque de realidade. Pode ter certeza, meus caros, algum dia, alguma amiga vai ligar, chorando, claro, e dizer: tá atrasada, o que eu faço? Ou você será essa tal amiga desesperada. A pessoa, a amiga ajudante, será bondoza e dirá: é só uma desregulada, relaxa que vem. E a vida vai seguir, como sempre segue após primeiras vezes. Uns tempos depois, normalmente, rimos da situação e fica tudo bem.

O primeiro causo é sempre sinal de começo, sempre um treino para os próximos dilemas e problemas. Nessa ondinha, ficamos maduras, cheias de história pra contar, cheias de aprendizados e cheias de sofrimentos, dúvidas, culpas, porque a primeira vez sempre existirá nos nossa existência – até os 100 anos, chegando lá. Haverá primeira ruga, primeira traição, primeira demissão, primeira perda importante, primeiro filho, primeiro neto,  primeiro medo da morte, primeiro medo da vida.

E nessas primeiradas, a gente sempre conversa:

– Preciso falar com vocês.

– O que foi amiga?

– Será que eu devo?

– Se joga.

– E se der errado? E se eu me decepcionar?

– A gente tá aqui é pra isso mesmo.

(esse diálogo se aplica a muitas situações, confessem!)

Se a gente está aqui pra isso, sendo isso viver, primeira vez é sempre bem vinda.

😉

Gabi Albuquerque

Te valorizo, Tiê

maio 20, 2011 às 5:01 pm | Publicado em Uncategorized | 4 Comentários
Tags: , , , , ,

“E aí? Quais são seus planos? Eu até que tenho vários. Se me acompanhar, no caminho eu posso te contar.” Versos lindos da música chamada “Dois”, de uma cantora linda e que eu, muito mamona, ainda não conhecia. Mas fui salva semana passada quando meu querido colunista Thiago Soares tuitou um link, fui conferir e fucei todoooss os vídeos de Tiê no youtube, a cantora do post de hoje. Logo depois, conferi fotos do visual dela e como não poderia deixar de ser, um jeitinho bem autêntico surgiu nos cliques. Amei e guardei direitinho para mostrar a vocês. Porque, Tiê, te valorizo. Aliás, cantores com músicas lindas são muito bem vindos por aqui. hehe

Tiê é esta moça aí de cima com calça colorida e com animal print e blusa listrada, sem perder a combinação. Depois dessa foto, certeza que ela merecia o post, né? Não só por isso, claro. Fiquei impressionada com a sensibilidade das letras, compostas por ela, a delicadeza da canção e uma sensação tão suave, tão doce e ao mesmo tempo forte. Só ouvindo mesmo para entender! No álbum A coruja e o coração, ela gravou uma versão de “Você não vale nada, mas eu gosto de você” de morrer, foi nesse link que a descobri.

Ah, e não é porque ela tem essas músicas meigas para nossos corações que ela faz o gênero menininha. Olha o carão sexy aí.

Mesmo look, sem o casaco e sem a maquiagem mais pesada. Personalidade garante efeitos surpreendentes no visual, bom exemplo para vocês entenderem como é importante achar um estilo para chamar de seu. Sem perder a originalidade, ela passa mensagens diferentes mudando pouco na roupa. No vídeo, é intensidade pura na “solidão”, na parede branca, no nada. Na foto, intensidade na expressão “sou mulher e nem ouse me desafiar”.

Aqui eu amei o ambiente, o visual mais despojado. Usaria fácil essa roupa num domingo a tarde bem preguiça.

E pra combinar com o clima do domingo, por que não “Dois”? Vai que no caminho aparece o seu dois! E se você já tem um, aproveita para romancear, amore. haha

Um registro do chamado sapato da sorte. Explicando, a pessoa que ajuda no visual de Tiê, leia-se stylist, é Rita Wainer, neta de Danuza Leão. Adivinha de quem foi sapato? Danuza, uma das minhas colunistas preferidas.  Ela só se apresenta com o par nos pés, isso há cerca de 90 shows.

Deixei a mais fashion por último, aliás a mais diferentona. Vamos usar no inverno nordestino? Aquelas que não tem lá muito frio e procuram tendências amenas! haha

A música do fim? A do título, para fechar o ciclo, o vídeo de “Te valorizo”.

Dedico o post a Thiago Soares, seu lindo que me fez descobrir Tiê num domingo de bobeira, quando a gente só quer ouvir a beleza das coisas, para a semana vir bem deliciosa e a segunda ser cheia de amor no coração. Thikos, tu arrasa! Também está endereçado a amiga Piu Olegario porque ela adora coisas lindas assim como eu e ainda canta comigo de madrugada. =) Adoro essas descobertas musicais cheias de delicadeza. Tão bom ainda ter gente assim, né?

Deixo para vocês um fim de semana cheio do amor e da delicadeza de Tiê. Obrigada mais uma vez, meu Deus, por um aniversário divino!

😉

Gabi Albuquerque

Happy Birthday!!!!!

maio 19, 2011 às 4:36 pm | Publicado em Uncategorized | 8 Comentários

E chegou mais uma primavera na minha vida!! Hoje vai ter uma festa, bolo e guaraná!! haha Fico besta no meu aniver, gente, desculpem as leseiras. Sou daquelas taurinas que esperam ansiosamente pela data, pela festa, pelos brindes, pelo bolo, pelos amigos juntos e felizes, pela minha mãe me acordando com abraço. Muito feliz, né? Quando a gente tem pessoas lindas ao nosso redor, fica tudo mais incrível ainda. Graças a Deus, pessoas assim não me faltam.

Hoje é dia de agradecer a todas as coisas boas que Papai do céu tem me dado, a minha família pelo apoio de sempre e o amor imenso, a todos os meus amigos pela companhia, carinho e garantia de risadas, aos leitores queridos e comentadores, aos leitores queridos e tímidos, a esse blog que me realiza, as realizações do último ano -FORMADA!!!-, a tudo que o destino tem me proporcionado. Obrigada especial aos anos vividos por me ensinarem que essa frase, de Carrie Bradshaw, é verdadeira: “o relacionamento mais excitante, desafiador e significante de todos é aquele que você tem com você mesmo.” E isso a gente só entende com o tempo mesmo. Obrigada, obrigada, obrigada!! =)

Agora, sem sentimentalismos, vamos comer cupcakes?! Hoje posso devorar um montão desses. haha Achei essa foto no Google e super gostaria de uma fornada Chanel para mim. =)

E hoje e meu fim de semana será assim: muito, muito feliz!!! Comemorar porque a vida taí pra isso, né? Se Deus quiser!

Bons drink pelos bons anos!

Happy birthday to me!!!! haahah

😉

Gabi Albuquerque

Look, quitutes, compras. Vida díficil, hein!?

maio 18, 2011 às 11:51 pm | Publicado em Uncategorized | 1 Comentário
Tags: , , , , , , , ,

Post de look e de muitas dicas hoje. A começar pelo desafio que me impus! De uns tempos pra cá, venho tentando sair da zona de conforto nos looks, no estilo, reencontrando minhas preferências. Seria muito fácil pegar aquele vestido amado combinar com o sapatinho e sair de casa feliz, né? Eu me obrigo a fazer diferente pelo menos quando não é para ir ao trabalho -até porque ia ser aloka do local se fosse muito fashion- e por isso, ontem fui ao Chá da tarde promovido pelo Shopping Day e Aquarius Fresh de calça jeans, ou seja totalmente não Gabi.

Adorei o resultado e resolvi mostrar a vocês, estou me sentindo a modela com essa história de foto. haha Estou até inventando mais poses. Perigo isso.

Oxford: vai para balada, trabalho e até ao Chá!

Calça: Carina Duek; Blusa caveira: Cantão; Camisa vermelha: não faço ideia, roubei de mamãe e é super antiga; oxfor: C&A

Vocês nem imaginam como eu amo essa blusa, uso tanto e em tantas ocasiões. Quem me conhece deve imaginar porque já me viu com a danada mil vezes. haha Ela é meio rock, tem malha fininha, veste super bem, é cumprida: posso usar por fora e por dentro. Tudo! Lembrei dessa camisa vermelha de mamis, imaginei combinada com minha caveirinha e com o jeans mais sequinho, e o oxford super confortável. E eu ia com um vestidinho, hein!? Significa que uma forçada na criatividade funciona! Resultado de inúmeras visitas a blogs de street style. Tá vendo como é bom salvar as imagens? A gente pensa que não dá em nada, mas uma foto pode mudar a visão do seu guarda roupa. Pensa nisso.

Dei umas caprichadas nas bijous, tudo dourado e preto. Acho que dourado sempre dá um toque de riqueza no visual. Tava com mais um pulseira, mas esqueci de colocar para a foto. Lesinha.

E ai fui com esse visual, uma calça skiny, comer bem muitos quitutes do delicioso chá assinado pelo chef Kiko Selva, do restaurante It. Ainda bem que a calça estava/está folgada, comemorei comendo.

Fotos: maninha – Mari Albuquerque

A dieta foi por água abaixo: pães, bolinhos, nutela e geléia, além do chocolate quente. Com certeza voltarei em breve.

As blogueiras e as meninas fofas da Coca Cola/Aquarius

Fotos: eu!

Então, um resumão é válido. Primeiro lembrando: domingo e segunda (21 e 22 de maio), tem Shopping Day! Teve post aqui com tudo explicadinho, é só clicar. Não terá ingresso sendo vendido na hora, corram! Como já disse a Aquarius Fresh fechou parceria com as meninas – Camila e Mari – e durante o evento vai rolar o Garimpo Fresh, onde os consumidores poderão twitar fotos de achados nas cores de Aquarius com a tag #freshnoshoppingday e concorrer a vales compra no valor de R$100,00 pra gastar em qualquer uma das lojas.

Segundo, lembrem-se do desafio do look: pelo menos nos sábados tentem sair do comum, testa uma combinação nova. Isso ajuda, inclusive, a diminuir as compras. Usaremos mais vezes, e de forma diferente, uma mesma peça. 🙂

Terceiro, o endereço e contato do It porque todo mundo deve provar quitutes do Chá e esquecer a dieta.

Rua Professor Eduardo Wanderley Filho, 200 Recife – PE

Fone: (81) 3031.6288 /3463.6706/ 3465.8027

Prontinho, vamos todos ao Shopping Day, né? Nos vemos por lá!

😉

Uma passada na cozinha, um quarto renovado

maio 17, 2011 às 7:12 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , ,

Este post está separado há um tempão, mas cadê a chance do coitado entrar? Teve Dia das Mães e tals, ai foi ficando ao relento. Mas, finalmente chegou a hora! Vamos ao assunto né, Gabriella!?

Faz um tempão que quero mudar umas coisas no meu quarto e nunca tenho tempo de ir escolher a nova tinta, as novas coisas da bancada, possíveis quadros e etc. Sim, meu ambiente foi decorado quando eu ainda era uma adolescente, portanto ele é lilás. Ainda bem que fui inteligente e coloquei os móveis branco, facilitando a troca de cores futuras. Cor essa, ainda não mudada por sinal. hehe

Daí que um belo dia resolvi ir ao Atacado dos Presentes – se você não é de Recife, minha amiga, esse lugar é a perdição. Três andares de decoração, bobagens, panelas, porcelana, jardinagem, material escolar, material para festas, tudo em um só lugar. O máximo!! Quando vierem a nossa cidade, tratem o Atacado como ponto turístico, please. Fui lá em busca de caixas para guardar meus trecos e maquiagem e pincéis e bijous e todas as tranqueiras femininas. Não achei na sessão de porta trecos porque me perdi na parte da cozinha. Vocês têm noção? Uma caneca com animal print? Endoidei linda! Gente, nem as coisas de cozinha escapam das tendências, tudo lindo. Foi lá que resolvi: minha bancada será como um espaço gourmet. haha No lugar do água nesses copos, pincel. Ao invés da sobremesa no pote menor, anéis. E o que poderia ser sopa ou cerais, vira um mix de batons.

A mini torre e a coroa deram um charme ao local

Cheguei nos pratos e vi essa lindeza com estampa, o outro vermelho mais fundo – perfeito para as minhas pulseiras –  e não resisti. Pronto, a bancada está a própria mesa do jantar. haha Ignorem essa caixa rosa e lilás, também é de tempos antigos e ainda não achei a substituta. =/ Ah, aquela coisa meio pink atrás é da Imaginarium, adoro porque facilita a caça aos brincos.

Conselho: antes de chegar na parte dos quartos nas lojas, passa na cozinha! Você pode se surpreender. Só não trouxe mais coisas porque fiquei na dúvida se ia combinar e como ainda estou organizando tudo, melhor prevenir, né?

Depois disso tudo, ainda faltava uma caixa bacana para minha maquiagem, sim aquela que cresce em proporções assustadoras nas nossas compras. Nem comprei no Atacado porque não achei nenhuma da cor que eu queria, mas tinha muitas opções daquelas de plástico bem modernas – coloridas, com fotos, transparentes. Aí fui na Açúcar e Afeto – loja, e café, fofa daqui, merece post em breve – e achei essa aí, marrom, parece tinta craquelada, sabe?

Deixo aberta para facilitar minha vida, por isso a tampa está encaixada embaixo. Bancada de makes montada! Só não sei onde vou achar a caixa de bijous que eu quero. E ainda falta pintar tudo, dá um trabalho esse negócio de quarto, imagina casa?! haha Fora que tudo está absurdamente caro, a tal caneca de animal print citada lá em cima custava $25, se compra o conjuto de quatro, resulta em $100 de canecas. Digo, quando se monta a casa, se compra em quantidade maior, poxa. Quero nem pensar. haha

Resultado final, sem a caixa de bijous, claro. Ah, minhas duas únicas tiaras foram encaixada ai nesse espacinho. Quase não uso as coitadas.

Notaram como sou colorida, né? Por isso, a de bijou deve ser mais neutra e as paredes serão bege, nude. Continuo amando cores, como há uns 5 anos atrás, mas agora são cores mais fechadas, mais fortes tipo o vermelho do prato. Gostos novos exigem um quarto repaginado, né? Ah, tudo foi bem em conta. Copos por menos de $5, potes no máximo $10, os pratos foram um pouco mais de $10. Essa é a melhor parte, pagar pouco pela mudança. Recomendo, viu? Variar um pouco a cara do ambiente em que se dorme é uma ótima troca de energia.

😉

Gabi Albuquerque

Conversa de banheiro: vamos ouvir a batida?!

maio 16, 2011 às 6:48 pm | Publicado em Uncategorized | 2 Comentários
Tags: , , ,

Quando a gente para pra pensar, antes de dormir, ou numa daquelas paradas em cafés ou sorveterias, ou até quando a vida nos obriga a isso, sempre vem junto com as palavras um som, aquela batida que marcou o momento lembrado. Às vezes a gente está no carro, por exemplo, no meio do trânsito, estressada, e começa aquela música de um dia feliz, em segundos você começa a rir. É engraçado como as canções fazem efeitos nas nossas vidas, né? Eu tive a ideia desse texto no sábado, justamente numa conversa com as amigas, não no banheiro, mas na mesa do bar. Trocentos cantores foram lembrados e associados a determinadas ações. Claro, saímos cantando e fomos o caminho inteiro assim, treinando nossos vocais. hahaha

As músicas que a gente cantou, especialmente uma delas dos Beatles, vai ficar na memória, tenho certeza. E quando ela tocar na rádio ou no youtube, vamos sorrir! Tá bom, chegou a hora de confessar: existem algumas batidas que ligamos as pessoas. Algumas vezes a gente até chora – mulher adora chorar, aff – além de lembrar. Mas vamos nos concentrar nas coisas boas. haha Tenho muitos sons ativadores de memória, quando escuto funk lembro logo de uma amiga – já andou permeando looks por aqui 😉 -, se ouço umas batidas diferentes e cheias de amor, lembro de uma outra amiga – companheira ótima para baladas e para a vida -, se o som é aquele surf music, já me vem outra a cabeça. Ah, umas bandinhas diferentonas cult, um amigo do coração. E se eu for listar todos os estilos, ia virar um post inteiro só de lembranças.

Mas como hoje é dia de conversa, proponho a gente vai fazer um exercício. Um set list da nossas vidas. Que tal? Digo, um set porque não consigo escolher uma só para minha vida toda. Você tem uma música para sua vida? Não precisa ter a letra combinadinha não, só aquele som que faz você parar qualquer coisa para ouvir. Vocês conseguem? haha Lembrei do livro Comer, rezar, amar quando Liz fala sobre a palavra da sua vida. Na nossa trajetória, temos várias palavras, claro, não tem como ter só uma. Ela mesma, no começo é uma e mais para o fim é outra. (No livro e filme, algum personagem explica a história da palavra. Se eu contar, perde a graça. Mas é mais ou menos assim, “minha palavra agora é viver”, “minha palavra agora é amar” e por ai vai. 😉 ) Acho que música também é assim, né?

Vou abrir meu coração pra vocês, faz de conta que estamos na fila quilométrica do banheiro, ou estamos apenas retocando o blush. Ou estamos no bar, comendo besteira com bons drinks. Preciso dizer que conversa de banheiro não rola só no banheiro? haha Vocês bem sabem! Meninos, se liguem nisso, parem de focar a curiosidade no banheiro. haha Aí vai meu set.

Um toque que me faz parar sempre é o do filme Bonequinha de luxo. Audrey Hepburn canta Moon River lindamente, deixando meu coração apertado. Me dá vontade de chorar toda vez, mas me controlo, haha.

Num é de coração? =)

Já Your Song de Elton John me lembra minha mãe, aí sempre fico ouvindo bem feliz. Essa coisa bem anos 80, ela me fez amar essa década ainda na infância. Quando ela ligava o som, eu acompanhava tudinho.

Elton super magrinho e com um óculos mara, como sempre.

Já que estamos no ramo familiar, se tocar U2 ou Queen lembro de painho me levando pro shopping para encontrar as amigas. haha Como já postei U2 um dia desses, vai Love of my life, por Freddie.

Essa música lembra meu pai e também aperta meu coração. 😉

Se tivesse que escolher não uma música, mas um cantor marcante na minha vida, seria Jack Johnson! Ele está comigo há uns 6 anos, quando o descobri, e passeia por tantos momentos, amigas, nem saberia escolher um. Quando a gente for ao banheiro juntas, podemos papear só sobre Jack.

Escolhi essa porque foi a primeira que ouvi na vida. É muito amor, Jack. =)

Ah e tem que ter uma brasileirinha, não posso negar as raízes. Quando quero dançar, me animar, acordar pra vida, basta uma Ivetona! Gente, Ivete Sangalo é efeito bomba em qualquer momento ruim, canta e dança até morrer que passa a tristeza.

Momento axé no Gabi Albuquerque. Sai do chão, galera! hahaha

E para minha pequena que não é mais pequena, escolho a versão de Glee – ela ama – de Don’t stop believing, originalmente de Journey. É a preferida dela.

E como sei que vocês são curiosos! A gente voltou cantando essa aí, coisa lindaaaa que não é exclusiva de apenas um sábado da minha vida, mas de muitos outros.

Por que quem não queria esse carinha cantando essa música pra você? Ahh, vai confessa! Mesmo sabendo que o danado tem a cara de pilantra, que não vai mandar as cartinhas de amor. haha

All my loving para vocês papearem por aí suas musiquinhas. Aproveita que é segunda, faz um set e vai ouvindo durante a semana, lembrando das coisas boas da vida. Por favor, sem as músicas tristes, daquelas de roer e te faz chorar pelo bofe do passado. Ninguém merece isso!

Mas, sério, vocês conseguiriam escolher uma música só? haha

😉

Gabi Albuquerque

Os fogos de artifício de Katy

maio 13, 2011 às 8:58 pm | Publicado em Uncategorized | 3 Comentários
Tags: , , , , , ,

Sabe aquele universo meio infantil e meio lolita? Meio sexy e meio colorido demais? Aquela coisa bem fantasia, mundo dos docinhos com uma pitada picante? Pronto, mistura tudo e você chega em Katy Perry. Descobri a cantora com o primeiro hit de sucesso, I kissed a girl, e ela já veio polêmica com uma letra pra lá de moderna. Para ser bem sincera, prefiro ela, outro estilo eu sei, do que Lady Gaga. Mereceu o post da sexta pelo estilo e pela música animadora de fins de semana. haha

Escolhi alguns looks dela para vocês conferirem a ousadia da moça vinda de Santa Barbara, EUA. No auge dos seus 26 aninhos, a marca dela é essa boca aberta, meio de susto. Eu acho ela super pin up. Curti esse look, mas a maioria das coisas usadas por Katy só ficam bem nela, ou quem tem muito estilo para encarar o visual. Se você é mais calminha, pega uma referência só e ataca.

Cinturinha de invejar. ai ai essas famosasss

E no meio da rua com toda meiguice estampada nos corações dos sapatos e do cinto. Ela consegue variar entre o visual romântico, sexy e ousado ao mesmo tempo sem ficar forçado. Não sei como é isso, mas a cara dela já é bem característica, né? Esse look até dá para copiar!

A ousadia do top curtinho e barriga de fora é só para as magras de verdade. Desculpa meninas, mas não dá mesmo esse look em momentos de 2 kg a mais. Eu não usaria de jeito nenhum. Mas, como não sou uma pessoa que gosta de regras no estilo, se você encara, se joga!

Ela pode!

Momento Katy é gente como a gente e tem dias de preguiça. Ufa! Tênis e moletom é o coringa de metade da população feminina naquelas horas da vida que você quer qualquer coisa, menos pensar na roupa. No meu caso, é meu chinelo mesmo. haha

Agora, podemos encarar essa foto sob dois pontos, o pessimista e o otimista. Numa sexta, eu recomendo o otimista: “olha como ela é linda, vou me arrumar bem muito para arrasar no final de semana, por tabela começo a dieta na segunda e fico com esse corpinho também.” Já a pessimista: “Poxa Gabi, como tu coloca essa foto na sexta? Caramba, nunca vou ser como ela. Ai que ódio dessas mulheres famosas e lindas”.

Tá Katy, eu vou pra academia!

Agora num show bem espetáculo, como ela costuma ser nas apresentações.

Notaram que ela curte o cabelo com ondas? E são certinhas, de propósito claro, mas fica bem anos 50 às vezes, cuidado ao copiar! Resto do look moderninho e tudo fica ok.

Vamos curtir as músicas de Katy, se preparar para um fim de semana bem delicioso e se inspirar um pouco na ousadia da moça, não faz mal a ninguém. Prestem atenção nos vídeos, é nessas produções que ela se realiza mesmo na fantasia.

Essa última é a dos fogos de artifício! Adorooo! Glee já fez um versão com Rachel cantando. Eita vou ter que fazer post de Glee também, haha.

😉

Gabi Albuquerque

Barulhinho no chão, vem um salto por aí

maio 12, 2011 às 8:08 pm | Publicado em Uncategorized | 2 Comentários
Tags: , , , , , , , , ,

Ontem, estava lendo a revista Claudia deste mês e me deparei com uma entrevista delícia com o muso dos sapatos, aqueles de salto 12cm, Cristian Loubotin. O designer é bem conhecedor da espécie feminina e me pareceu bem sincero nas palavras, me ganhou com essa, né? (Nunca calcei um sapato da sola vermelha, famosão e caríssimo, mas um dia quem sabe não provo um par desse danado.) Bom, uma das coisas mais comentadas por ele, claro, foi o salto alto, levantador de panturrilha, empinador de bumbum, doador de uma postura de poder. Quem não se inquieta com aquele barulhinho – toc, toc – do solado batendo no chão – quem vem por ai? – não tem sensibilidade.

Loubotin e seu exemplar desejado

O salto alto é mais que um maneira de ganhar centímetros, principalmente os maiores, vai além. Mexe com nossa atitude, a mulher que você vê de salto agora não é a mesma da rasteira de horas atrás. Ela fala diferente, olha diferente, ela conquista diferente, ela ri diferente. Concordam? Algumas mulheres usam salto 24h, se for na padaria ou a reunião, a balada ou a festa infantil. Ou elas têm problemas com a altura ou gostam de ser poderosas sempre. Eu, inquieta como sou, gosto de alternar, afinal ser menos audaciosa vez ou outra não faz mal a ninguém. 😉

História: Salto alto > Não se sabe quem criou o salto alto, como já falei em outros posts a história dos sapatos é cheia de pormenores e indefinições. Mas no século XVII,  a corte do rei Luis XIV usava e abusava dos sapatos de salto, além das perucas. O rei era um tanto baixinho, por isso adorava essa moda de aumentar a estatura. haha Lembrando que na época, os homens também usavam os saltinhos.  Mas, o salto ficou realmente conhecido no reinado de Luís XV que deu nome ao salto largo na ponta e na base e afinado no meio. Segundo o mestre João Braga, o salto era peça exclusiva do vestuário masculino e apenas na corte de Luís XV passou a ser utilizado por mulheres. Hoje em dia, como disse Loubotin na Claudia, ninguém usa salto para pertencer a algum grupo, mas, sim, para proclamar sua individualidade. Espero, um dia, te entrevistar Loubotin. =)

Para mim, a primeira mulher que merecia uma foto é Carrie – Sarah Jessica Parker – porque ela é a diva do salto. Nos anos 90, quando Sex and the City começou sua trajetória, falando em sexo, moda e vida de mulher de verdade, deu uma certa reviravolta na cabeça da americana. Carrie, em algum episódio da 6ª temporada, não mais no anos 90, afirma o direito das solteiras ou ricas poderem comprar seus sapatos de salto de 500 dólares. É ou não é uma revolução? Durante as seis temporadas, Sarah se garantiu nos high heels, viu? Confesso, não sei se aguentaria. Afinal, bem sabemos: salto é lindo, mas dói muito. Calos e mais calos permearam a vida da atriz nessa época.

Não tinham como não falar nela neste post, não é só porque sou fã da série. Juro!

Já uma musa inesquecível quando unimos sensualidade e salto, é Merilyn Monroe. A loira cobiçada chegou a afirmar: não sei quem inventou o salto alto, mas todas as mulheres devem muito a esta pessoa. É muito diva, né? Tenho um quadrinho com uma foto dela na área de makes da minha bancada. Tem inspiração melhor? haha Se Carrie é vida real, Merilyn é como mundo dos sonhos dourados.

Uma mocinha de muito sucesso, ainda novinha, já está arrasando nos saltos. Emma Watson, daqui a alguns anos, você vira diva também, prevejo. Ela tem um estilo incrível e sabe combinar tudo com a idade dela. Uma fofa!

Ela é um bom exemplo daquela história das mudanças quando estamos de salto. Emma é super meiga, rostinho de menina boazinha, mas com esse sapato, meu bem! Ninguém segura mais a sensualidade dela.

Baixinha sem salto? Acho que Sandy só é vista no tamanho real pelo marido. Nunca vi a cantora sem um mínimo acréscimo de centímetros. haha

Difícil foi achar foto com look legal

Quer ser sensual? Sabrina Sato ensina. haha Sabrina é muito sexy, tem pernas invejáveis e está se vestindo direitinho. Ela me parece bem mulher real, mesmo gostosona. Pelas histórias do Ego, ela também sofre. Sem nunca deixar de lado os bons saltos. Claro.

Por último, a homérica Lady Gaga. Gaga não é só a cantora pop mais badalada do momento, ela nos faz esperar o próximo visual maluco. E ela amaaaa um salto daqueles fatais, absurdos de andar, mas ela consegue andar normalmente neles. Ai Gaga de que mundo tu saiste?

Depois dessa homenagem ao salto alto, graças a Loubotin, digo a vocês um conselho: se você não sabe usar os bons centimetros, não arrisque. Sair tropeçando é a treva e nada sensual, viu? Ao invés de ganhar poder, ganha micos. Começa com o baixinho e vai treinando em casa com os mais altos.

Agora, com vocês duas frases do Sir Loubotin para gente levar para a vida:

“Salto alto pode até incomodar, mas é como um relacionamento: você aceita coisas ruins por amor”.

“Se realmente estiver disposta (a usar saltos), vai descobrir um jeito de superar esses obstáculos (dor). Mesmo que esse jeito seja beber vodca com tônica”.

Depois dessa, vocês ainda vão renegar os bons saltos? Se joga!

😉

Gabi Albuquerque

Look de mãe real

maio 11, 2011 às 6:39 pm | Publicado em Uncategorized | 5 Comentários
Tags: , , , , , , , , ,

Desde a semana passada que quero fazer essas fotos, mas mainha não gosta muito de aparecer e nem de foto. Mas depois de muita luta, no domingo, Dia das Mães, ela cedeu. Né por nada não mas minha mama é linda, viu? Parece minha irmã de tão jovem. Foto com vestidinho bem a cara dela, somos todas fãs de vestido deve ser genética, e esse sapato arrasante. É triste ela não usar os sapatos do meu tamanho. haha

Foi um Dia das Mães bem lindo, como deve ser, com risadas, com tias, primos, vós e família toda. Almoço em casa para não estressar nos restaurantes, presentes pela manhã na hora do café. Mainha na cozinha para não perder o pudim de leite, e eu com minha massa especial. Ah, as três brindaram com a champagne comprada especialmente para a data. Pronto, tem coisa melhor?! Como teve mais de uma foto legal, vai mais uma!

Fotos na varandinha já que mais um vez tivemos Recife frio e nublado não deu condições de poses na rua. Fiz até um registro da vista do céu cinza, não curto muito esse clima viu?! Prefiro um solzão, mas… É bom eu me acostumar!

Look da semana bem diferente do usual, uma mulher madura sem deixar de curtir umas modernidades. Ela fica ligada nas tendências, mais que eu até! E se ela me pergunta daquela blusa da moda e eu não sei de nada, ela se abusa. haha Aproveitem porque Mamis dificilmente topará de novo. haha

Vestido: Totem

Sapato: Avesso. É, essa loja está na vida da família toda.

😉

Gabi Albuquerque

Beleza: dicas de make-up

maio 10, 2011 às 6:26 pm | Publicado em Uncategorized | 3 Comentários
Tags: , , , , , , ,

Eu não sou muito consumista com maquiagem, compro as básicas, faço questão da base boa e do pó porque né? Photoshop só existe no computador. haha Ah e quase nunca uso batom puro, sempre faço uma mistura e quase sempre é discreto. Make pesada para mim só à noite quando vou sair para shows, baladas, festas e afins. Em eventos muito muito especiais, como a minha formatura, claro que recorri as mãos treinadas de profissionais.

Mas, quando meu pai viaja, costuma trazer alguma coisa para minha felicidade de vaidosa e aumento da minha caixa de maquiagem. Ele sempre acerta, papai é bom em compras, viu?! E como ultimamente também tenho comprado mais coisinhas, necessitando de ainda mais espaço – oh céus!-, resolvi partilhar com vocês. Afinal, é sempre bom uma dica para quando a gente vai comprar, me ajuda muito pelo menos.

Começando com a Vult, marca super baratinha e bem útil.

Esse batom é uns R$4, felicidade né não? Fica lindo, é aquele rosinha antigo, combina bem com qualquer tom de pele. O blush é uns R$8 e a cor é pêssego. Ótimo para aquele ar de saúde, uma bronzeadinha no rosto. E como é pequenino, sempre cabe nas bolsas, mesmo aquelas usadas nas festas.

Outra boa e barata é a Yes Cosméticos! Estas não comprei, ganhei, assim como os outros convidados, na coletiva de imprensa do Shopping Day. Já testei, é claro, e adorei tudo.

São dois batons, o Lady Lilac e Viva Pink, cada um R$19,90. Fiquei besta porque ambos combinaram comigo, isso é raro. Pensa que é fácil ser morena?! haha Dois lápis duo, de um lado delineador e do outro iluminador, cada um R$28,90. Um é prata e outro dourado super pigmentados, o danado dura, viu? Levei banho de chuva e tudo e não saiu, usei como delineador. O último é um duo, lápis para olhos de um lado e gloss do outro, custa R$34,50. Amei o lápis, segurou a cor um tempão. Tenho os preços porque veio na revista da marca.

Por último dicas que precisam de mais investimento. Esses foram as coisas que meu pai trouxe na última viagem e dividi com minha mãe, é claro. Minha irmã prefere perfume e óculos, por isso sobra mais. haha

Começando pelo batom e gloss da Dior. O gloss é antigo, na verdade, mas como não tinha mostrado ainda, resolvi incluir aqui.

O gloss é o primeiro, um rosa bem claro, aparece mais o brilho que a cor. A tampa é toda transparente, já a do batom tem essa marquinha prata, tá vendo? O batom laranja é o meu, e o rosa, de mamis. Adorei todos, principalmente o laranja porque é bem discreto e consigo usar na boa. No Brasil custa em torno de R$95.

Olha como é linda essa embalagem gente! O gloss do potinho aberto é da Swarovski, é para usar como pigente, mas acho difícil eu usar assim já que é enorme.

E unhas phynas? Nunca liguei para essa história de marca de esmalte, para mim o que vale é a cor e a  duração, os da Avon são ótimos nisso e os da Hits também. Mas, quando vou ao salão olho mesmo é a cor do vidrinho e nunca o nome. Mas, ganhei o Aloha, meio alaranjado – sim, o papis quis combinar com o batom, haha – e mamis ficou com o Paradise. Ambos vem com o Top Coat, extra brilho, na caixa. Ambos da Dior, ai minha unha foi de rica essa semana! Testei a cor e a duração e estou passada, é bom mesmo!! Fica brilhante vários dias e sem o Top Coat. Mas, minha amiga se você não dispõe das moedas, nem estresse. Os brasileirinhos fazem bem o papel.

Custa R$75, preço no Brasil.

Pronto, maquiagem para todos os bolsos! Aproveitem as dicas para o fim de semana. “Aquelas que pensam no fim de semana ainda na terça”, hahaha.

Ah, indico duas blogueiras de makes que sempre consulto, a Marina, do 2beauty, e a Vic Ceridono (editora de beleza da Vogue), do Diadebeaute. Vic ainda posta penteados, sempre olho antes de alguma festa.

😉

Gabi Albuquerque

Conversa de banheiro: tensão para matar

maio 9, 2011 às 8:36 pm | Publicado em Uncategorized | 1 Comentário
Tags: , , , ,

Nem coloquei a sigla mais conhecida do universo feminino no título porque nem merece esse status todo. TPM deveria ser abolida da vida humana. Isso mesmo meninos, pensam que é fácil, é? Que a gente ama passar por essa fase para usar de desculpinha. Não é bem assim, meus caros colegas. A gente sofre, sofre muito. Eu mesmo me detesto nesse período tenebroso do mês. E neste momento, as meninas devem estar se perguntando “por que esse assunto chato na segunda, Gabi?’. haha Eu explico, preciso desabafar. Eu estava com essa tensão até semana passada e nem sabia, assim caiu a ficha: eu me transformo! Todas nós nos transformamos.

Começou com uma leve irritação, humor alterado, faltou paciência. Quando abria o guarda roupa, não me servia nada. NADA! Eu estava com muita vontade de abandonar o carro na rua quando fiquei presa mais uma vez no trânsito do Recife. Quando minha mãe me pediu algo, eu lembro de ter tido raiva e de querer sumir. Ainda bem, não houve danos a classe relacionamento, mas se algum ex estiver lendo isso agora, vai rir. Seria neste momento que se o telefone tocasse, eu iria falar todas as loucuras do mundo e depois agir como se nada tivesse acontecido. Reconheço tudo, pelo menos.

Homens em pânico? A mulher está de TPM

Algum tempo depois, fiquei quieta demais, queria passar o dia no café perto de casa tomando capuccino. Ah, vou confessar, a carência também chegou. De afeto, vale ressaltar. Nessa fase, choro muito. Fico chata com meus amigos, um deles, muito conhecedor da minha pessoa, chegou a sugerir uma possível TPM, mas neguei. Se eu soubesse que estava também nem ia dizer, viu?! Dar esse gostinho é demais, né? haha Agora, juntem, meninas, tudo isso ao tempo nublado e chuvoso desta cidade justo na semana tensa. Imaginaram minha situação? Estou dividindo aqui abertamente porque sei que é de todas.

Tristeza sem fim, pior se for domingo

Isso tudo, claro, aconteceu numa semana lotada de coisas a fazer, trabalho, blog – sim, encaro como trabalho bom, mas trabalho -, dia das mães, acordar cedo, chuvas, alagamentos e etc. Por isso, a lesa aqui nem imaginou a chance de uma bendita TPM, pensei eu: seria demais para meus dias. Até a manhã que acordei, cedo e na chuva, com cólica. Putz! Caiu minha ficha, eu estava com a porcaria da tensão para matar… Matar meu juízo, matar meus projetos, matar meus textos, matar minha coluna dolorida, matar qualquer ousado pertubador da paz, matar a lentidão, matar a fome de chocolate, matar o inchaço, matar o abuso e por ai vai. E claro, a cólica não ajudou nada a melhorar meu humor, mas a TPM em si foi indo embora neste dia lindo mesmo sem sol.

Sobrevivi e todos a minha volta também. hehe Mas, amigas, o negócio é o seguinte, não tem muito jeito. Ajuda o tal do exercício físico, alimentação saudável, menos sal, compras, choros. Só que, me conte quem consegue isso tudo sendo adulta hoje em dia? A partir dos 20 anos, as mulheres já vivem trabalhando/estagiando, estudando ou seja lá o que. Alguns dias serão do fast food e da cafeína. Exercício, não tem desculpa, três vezes na semana ajuda mesmo, já testei e não vou me desculpar, sou culpada por faltar a academia. Tentemos! Agora, se seu companheiro reclama, avisa logo o segredo: dê carinho e amor, estressar mais é quase suicídio.

Chocolate ajuda muito, esquece a caloria!

E meninos, vou usar o comentário do colunista da Marie Claire, João Antônio. Ele responde as dúvidas femininas sobre os homens na página da revista, mas acabou me dando foi uma boa forma de explicar o funcionamento das coisas. “Fugir da cama depois do sexo é a nossa TPM. Mais forte que nós.”, palavras de João. Deu pra entender né? Preciso de muitas palavras com vocês não, objetivos e práticos. Queria até ser assim na minha vida feminina. haha

Aviso, caros machos leitores, é mais forte que nós!

Estou curada por essas semanas, daqui a pouco volto a querer matar tudo de novo. Mas eu aviso antes, sempre aviso para evitar maiores problemas. Nunca se sabe!

Dica: seguir o @tpmfeelings no Twitter, ela é super divertida. E leiam nosso amigo João também, ele tem respostas ótimas para dilemas da vida de mulher. 

😉

Gabi Albuquerque

Garotas só querem… Fun!

maio 8, 2011 às 2:30 am | Publicado em Uncategorized | 7 Comentários
Tags: , , ,

Fim de semana das mamães, chegando o dia delas! Estou atrasada nesse post, mas só deu tempo agora e vale a pena. Nos sites de notícias têm umas seleções de música sobre mães, até olhei a lista para escolher uma para hoje, mas são todas devagar demais para o babado deste blog. Aqui, quando a gente quer se distrair e sorrir, procuro postar as coisas boas da vida, claro que às vezes não rola, né? Mas é raro, prometo.

Então, a primeira música que lembrei foi Girls just wanna have fun de Cyndi Lauper. Minha mãe adora, é bem anos 80, época das nossas mamis curtindo a vida e eu acho essa frase lema de vida. Garotas só querem se divertir! Então, neste domingo especial não queiram mais nada além de diversão, muito riso, histórias boas, amor, lembranças, comidinhas, abraços e muitos “eu te amo”. O meu será assim, não só porque é dia das mães mas porque boa parte dos dias, no fim, aqui em casa, a gente termina rindo.  São três lindas, morando juntas, dividindo TPM e cotidiano. E quando tudo está muito bagunçado, na estrutura da casa ou nas nossas vidas, estamos sempre juntas, de mãos dadas e de colo dado. Mesmo quando cada um está no seu computador, basta olhar pro lado e está tudo bem.

Agora, vamos ouvir Cyndi?

Pois bem, as garotas da minha vida, seja da casa ou minhas amigas, só querem se divertir! E desejo muita diversão na vida de vocês, todas e todos, leitores desse blog que só tem me dado alegrias.

Um dia das mães DIVERTIDO!!!!

😉

Gabi Albuquerque

Filha, essa roupa tá boa?!

maio 5, 2011 às 5:27 pm | Publicado em Uncategorized | 3 Comentários
Tags: , , , , , ,

Uma coletânea de looks das mamães famosas e lindas para inspirar as mamães famosas para suas famílias e lindas sempre. Se você é mãe ou é filha querendo ajudar a mãe, nada de se acanhar com a moda. Mulher poderosa não tem idade, não tem rugas, não tem cabelo branco, tem segurança e força, encara um visual moderno na boa. Relaxem e se entreguem as tendências, as compras e aos cuidados de beleza, vocês merecem. Filhos, pelo que dizem, são criados para o mundo e você também é filha, lembre-se disso. Ou seja, o mundo lhe aguarda, mamis!

Antes de tudo, aviso que o título é em homenagem a minha mãe que quase todo dia de manhã me pergunta: “Gabi, essa roupa tá boa? Tem certeza?” haha Te amo, mamadi (chamava ela assim quando passava a novela da Índia).

Pronto, agora começa a seção de fotos. haha A primeira de todas é a Camila Alves, modelo, brasileira e que mora no EUA casadissíma com a delícia do Matthew Mcconaughey.

Sapatos para as mamães com crianças devem ser confortáveis de verdade, olha o exemplo ai. Camila está bem simples, mas com o chapéu e essa batinha bem feminina ganha  um charme danado né? Jeans para poder sentar no chão com os filhotes.

Outra mamãe brasileira linda é Fernanda Lima. E esse meninos, minha gente? Muita fofura em forma de gente. Fernanda é mais hippie, chinelo, vestidão, e, também, cheia de conforto. Sem deixar de ser fashion, ela arrasa! E faz campanha da Cantão, que eu amo como vocês sabem ou notaram.

Nossa musa Gisele é daquelas que não só dispensa salto, como sai de casa o mais básica possível. Atenções voltadas para o pequeno que já está deste tamanho. O tempo voa mesmo.

Já Gwyneth Paltrow não abriu mão da bota, nem com a pequena dela, a Apple. A atriz é casada com meu muso Cris Martin, o cantor cult de Coldplay. A calça tipo legging também ajuda no quesito conforto e não aperta. Ótima opção para logo depois de ter bebê, quando o corpo ainda não voltou ao normal.

Mas, para mim a mãe mais perua que existe é Victoria Beckham. Eu admiro ela, de verdade, falem o que falar. A mulher tem três filhos, está grávida de uma menina, finalmente, e continua usando seus sapatos super altos. É ou não é muita força?! haha Ah, e nem precisa comentar o estilo desses filhotes, né?

E as mães maduras também estão por aqui. Elas não precisam mais correr na rua atrás de algum pestinha afoito, por isso o visual pode ser o que elas bem quiserem, liberdade!

Gloria Pires, por exemplo, vai às compras com a filha e nem precisa estressar mais, a menina já virou mulherão.

Já nessa família aqui, prefiro o padastro. haha Mas, né? Demi Moore é muito gata, mesmo mais velha. Que mãe! Aliás, ela é melhor que a filha.

Cristiane Torloni com todo seu porte elegante é mãe dessa lindeza da novela das 21h, Leonardo Carvalho. Olha como ela tem jeito de mulherão!

E por último Débora Bloch que não tem foto de corpo inteiro, infelizmente. Mas ela e a filha estão tão lindas e leves com esses vestidos românticos. Não resisti.

Mamães queridas, aproveitem e saiam lindas no domingo e sempre.

😉

Gabi Albuquerque

Calça de menino

maio 5, 2011 às 1:42 am | Publicado em Uncategorized | 1 Comentário
Tags: , , , , , , , ,

Nunca uso jeans – vocês já sabem – , aliás só em dias muito chuvosos. Imagine então uma com corte masculino?! Pois é, o look de hoje tem essas calças de menino, ganhei do meu pai – ele nem imagina que seja uma chino – e resolvi testar. Quando provei até gostei da danada. Cintura alta, lavagem clarinha, uma delícia de usar de tão confortável.

Mas o que é calça chino, né Gabi? “Só tu gosta dessas frescuras”, diria minha irmã e a geral da família e amigos.

Calça chino é aquela calça, inicialmente de sarja, mais mole, reta e dobrada na barra. Super masculina, faz volume na região do quadril e não tem aquelaaa valorização da cintura, sabe? É difícil se adaptar a ela, principalmente nós, brasileiras cheias de quadril e bumbum.

Olha aqui uma foto da masculina para vocês entenderem melhor.

Lembra muito as vitrines da Richards, a loja que era só masculina quando eu era pequena. Sabe roupa do fim de semana do pai? Pronto! Agora pode ser nossa também, a moda dá voltas!

Olha a feminina da Richards, é mais retinha e seca, né? Já estão ajudando as meninas.

O meu look só foi montado graças as chuvas do Recife, pelo menos serviu para algo, né? A cidade está um caos e dessa vez não deu pra ofuscar os problemas com as partes boas, a bagunça foi pior. Como vivemos nas poças d’água não posso me dar ao luxo de sair de saia, vestido ou bermudas.

Optei por essa com certo receio na verdade, demorei para pensar em como usá-la. Nem sei se está certo ainda, alô personal stylist!?, mas até gostei do resultado. Espero que curtam também.

Foto, mais uma vez, em casa porque o céu desaba lá fora. Minha irmã está arrasando nos cliques, reclamou até da luz! haha

Coloquei meu cintinho de $2 e de oncinha para ter algo mais perua no visual.

Colete alfaitaria com pegada rock emprestado da mamãe, para variar um pouco. Estou gostando menos com as fotos, aff, e vocês, hein?! haha Acho que a lavagem clarinha está é me engordando.

A calça é Carina Duek e o colete é Carmim, a blusa de sempre da Bacchus, a sapatilha de sempre da Arezzo e a bolsa de sempre da Unkle K. haha

Mais algumas dicas de looks com a chino para a gente salvar, se você topar usar o modelinho meio saco de batata.

Chino vermelha numa moça que a fez ficar sexy. Salto, blusa de seda soltinha e saliente ou essa carinha de menina?! Aposto no conjunto.

Mais uma lindona e sexy. Ela nem tá de salto, olha o tênis ali do lado, bolsa esportiva. Nessa, aposto nesta pose. Pés descalços com aparência de relax, jogada assim na calçada. Coisa linda!

Coloca a foto dessas mulheres aqui para ter o objetivo, viu gente!? haha Um dia chego lá.

Agora mais uma masculina. Acho lindo nos meninos também, até mais que nas mulheres, dá um despretensioso.

E aí, prefere usar ou deixa para o bofe? haha Se você curtiu, visita a Oficina de Estilo que tem jeitos bacanas de usar. =)

PS: Hoje seria o look da minha mãe, mas ela não curte muito aparecer. haha Puxei a meu pai. Mas ainda vou convencê-la, aguardem!!

😉

Gabi Albuquerque

Próxima Página »

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.