Branco, a cor de nada e tudo

abril 2, 2012 às 10:28 pm | Publicado em Uncategorized | 1 Comentário
Tags: , , , , , , ,

Nada justifica a ausência, mas digo que foi uma ausência presente, mesmo de longe, meu juízo culpado pertence a vocês. haha Vamos ao que interessa, hoje é dia de branco, segunda-feira. É uma expressão tão usada nos domingos para dizer que no outro dia voltamos a rotina, né? Bom, eu gosto mesmo é porque branco é uma das minhas cores preferidas, se não a de fato predileta. Pele morena se alegra com esse tom, mas não é só por isso, é uma leveza danada unida a praticidade e também gera uma ousadia fashionista dependendo da montagem.

Tem coisa mais linda?! Muito mais legal que preto, na minha humilde opinião. Eu acho lindo um look total white com acessórios variados, mas nunca sai assim. Quem sabe essas fotos não me inspiram?! Será que vocês também se empolgam?

Reparem como também funciona no inverno. ❤

Outra coisa essencial no armário é camisa branca – camiseta, de botão, de malha. Ninguém sabe quando precisará daquele coringa, a que salva o look.

Confesso que não foi a camisa e sim a capacidade de perna dessa mulher no telefone, nessas horas penso como eu deveria ser disciplinada na vida atleta.

Calça branca, short branco, saia branca. Tudo elegante! Só cuidado com o efeito “engorda”, é uma cor perigosa, mas se combinada com tons sóbrios, como preto, cinza ou um colorido, fica bacana. Sim, quem pensa que vestido branco não vai pra noite, Emma Watson prova isso não é nada verdade.

Se dizem que segunda é dia de branco, não importa, todo dia pode ser. No inverno, no verão. Nos dias alegres, nos tristes. Nos dias criativos e nos preguiçosos. Pode ser colorido, com preto, com bege. O seu look é seu dia, seu sentimento, e branco é aquele espaço aberto para as coisas boas que podem vir.

😉

Gabi

E esse calor, hein?!

março 1, 2012 às 2:05 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , , , ,

Céu azul, poucas nuvens e raios solares potentes. Você poderia chamar isso de belo dia e eu também acho. Meus dias preferidos são de verão, são enérgicos, fervem, têm vida. Mas ao mesmo tempo tem calor, tem suor, tem agonia na rua. É tempo de sofrer ao escolher uma roupa, avaliar se vale mesmo usar aquela calça colorida bacana ou se suas pernas vão derreter com o tecido grudando. Eca?! Não, realidade mesmo. Nada pior do que sair de casa perfumada e arrumada e antes de chegar no destino suar as costas, o cabelo ficar com cara de baranga e a calça – sim a bendita tendência que não combina com trópicos – faz suas pernas ficarem molhadas, ô inferno. E esta semana está cheia de dias assim, quentes.

Tudo que desejo de look é um vestido e cabelo preso, a la Lucy Laucht,  super fofa sempre.

Foto do blog http://www.lucylaucht.com

E lá vou eu, mais uma vez virar o armário de cabeça pra baixo em busca de uma roupinha de verão. Boa sorte pra todas que me compreendem, é difícil ser fashion nesse calor, hein!?

Ah, tem um post do Xico Sá falando sobre mulheres de vestido, muito válido. Clica aqui e se diverte!

😉

Gabi

Camisas de desenho animado

fevereiro 16, 2012 às 7:46 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , , , ,

Gente! Tô viva, só um tanto ocupada e culpada pela falta de tempo e  criatividade pro nosso espacinho, espero arejar no Carnaval e voltar a programação normal em breve. Enquanto isso, vamos ao que interessa que é roupa bonita. Eu sou fã dessas camisas com estampas divertidas e de tecido delicioso de usar no fim de semana e em dias de trabalho sem reunião, hehe,  e a Maria Filó fez uma coleção do pré inverno dedicada a elas. Todas com os personagens da  turma do Looney Tunes, Warner Bros. Num é o máximo?! Ainda dá pra relembrar os desenhos animados!

Eu compraria a laranja com Piu Piu e Frajola. 😉

As peças estarão disponíveis logo após o carnaval, agora é hora de frevar, gente!

😉

Gabi

A liberdade do look e o tal Carnaval

fevereiro 7, 2012 às 4:04 pm | Publicado em Uncategorized | 2 Comentários
Tags: , , , , , , , ,

Eu queria hoje era um tal de Carnaval. Não pelo frevo ou pela festa, mas pela liberdade que só ele tem. É nesse tempo de rua, de sorrisos e cores, que a gente usa de fato o que quer. Não sejamos hipócritas, em outras datas pensamos 3 vezes quando é cogitado usar algo diferente, seja a calça amarelo ovo ou o turbante estampado com rosa pink. Mas quando chega a folia do Momo, meu bem, todo mundo é livre, toda roupa é roupa com a desculpa da fantasia. Você coloca pra fora todas as loucuras, sobe e desce ladeiras, pula como se não houvesse amanhã, gruda no confete e na serpentina e suja o cabelo de espuma porque, oras, é Carnaval.

E quando sua maquiagem está vermelha demais, ninguém te julga. A saia curta é balela, a blusa de bicho não é brega, o sutiã aparecendo é fashion. “Vai menina, esquece o mundo, e usa o que tu quiser.” Devia ser o hino da festa, boa mesmo para uma marchinha, que tal? Por isso, hoje, bom mesmo seria ser Carnaval. Aí eu sairia na rua com coque no cabelo, um vestido largo e um chinelo e ninguém acharia estranho, seria fantasia. Ahh, outro sonho de Momo. Quando a gente olhasse para as mulheres de calça justa, decote generoso e nem aí para gordura localizada, a gente achasse bacana assim como quando estamos no I love cafusú ou qualquer festinha brega hype.

Todo mundo ficaria mais feliz se fosse Carnaval todo dia, a gente tiraria as amarras, os conceitos e preconceitos, o certo e errado, o julgamento. Não seria muito mais bonito?! O fim do medo, do receio e do “deixa pra lá, vou usar bege”. Aliás, tem coisa mais sem graça que usar sempre bege? Quantas pessoas nude não devem pensar em variar a cor e desistem porque não é Carnaval? Cadê a ousadia? E ainda confesso, a minha ousadia às vezes vai pro ralo até eu dar um chega pra lá na opinião alheia e me jogar na bagunça do meu cabelo e nas minhas combinações um tanto diferentes.

Então, melhor dizendo, eu queria mesmo era Carnaval sempre. Muitos confetes e serpentinas pra grudar na pele de vocês.

😉

Gabi

Fashion Rio, parte 2

janeiro 16, 2012 às 3:21 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , , , ,

Como prometido, lá vai os links dos últimos dois dias de Fashion Rio. Divirtam-se!

1. Moda democrática ganha mais espaço no Fashion Rio

2. O Fashion Rio encerra temporada de inverno

😉

Gabi

Fashion Rio, qual a boa?!

janeiro 13, 2012 às 1:16 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , , , ,

Queridos leitores, estou escrevendo sobre o Fashion Rio lá no Tela Jovem, um dos meus trabalhos. Por isso, vou postar aqui os links para vocês se informarem sobre as passarelas. Adianto que continuamos na mesma, modelos esquálidas, gente dando pinta, outros tentando ser criativos e essas coisas todas de desfile e moda conceitual. Meu destaque vai para Melk Z-Da, orgulho pernambucano.

E o Rio? Continua lindo, sendo fashion.

O que vai pro seu armário?! Vamos aos links.

1. Fashion Rio traz tendências do outono/inverno 2012

2. Segundo dia de Fashion Rio com inverno colorido

3. Fashion Rio: mudanças de 2012 batem na porta da moda

Os de hoje e amanhã, posto na segunda. Enquanto isso, vamo ouvir uma musiquinha que hoje é sexta 13 e merece um astral.

Where the skies are blue.

😉

Gabi

Os anos 80′ estão de volta?!

janeiro 9, 2012 às 1:35 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , , , ,

Se você lembra da moda das meias lurex usadas com sandálias, das Melissas coloridas, da saia de babados ou do famoso bustiê, se prepare, eles parecem estar querendo voltar. Recuperem aí da memória – se você não tiver passado por essa época vá ao Google – os tempos coloridos com cara de Carmem Miranda e observem essa foto da Vogue UK de fevereiro de 2012.

É ou não é a volta dos anos 80?! O ensaio se chama Little Miss Sunshine e foi feito no Arizona com as lentes de Patrick Demarchelier. Os looks são compostos por grifes como Aertex, Chloe, Paul Smith, Louis Vuitton, Prada, Yves Saint Laurent, Balenciaga, Nina Ricci e mais, todas lançadoras de tendências.

Estamos a um passo de voltar a dançar com a Senhora Lauper que foi must have naquela década.

E aí? Vocês acham que daqui a pouco estaremos de meia e sandália de novo?

😉

Gabi

Cliques que valem: um meio riso e o efeito de luz

dezembro 26, 2011 às 3:37 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , , , , ,

Sempre que vou escolher a foto para essa sessão, dou preferência as de homem porque já falamos das roupas das mulheres o tempo todo, né? haha Ah, e acho uma graça as fotografias cheias de expressão deles, uns tímidos, outros não sabem o que fazer, alguns ficam sérios. Esse meio riso veio de Nova York, clique do The Sartorialist. Prestem atenção no detalhe do blazer todo cheio de cor combinado com calça cinza risca de giz.

Agora, uma foto que há muito tempo não coloco aqui. O tal look do dia é sempre uma complicação de fotografar, sabe? haha No dia da Ceia, pedi a minha irmã para fazer esse favor, mas a luz não estava das melhores. Mesmo assim, com um efeito de luz aí do Photoshop, a fiz publicável.

Vocês quase não me veem, mas o que importa é a roupa! Vestido da Bacchus, cinto Juana Moura (o anel também, mas não dá pra ver), sapato da Schutz. Prontinho, esse clique nem valia tanto, mas era Natal, né? haha

😉

Gabi

2012 batendo na porta, roupa nova no armário

dezembro 9, 2011 às 7:34 pm | Publicado em Uncategorized | 2 Comentários
Tags: , , , , , , , , ,

Gente, começamos a época que todo mundo corre louco atrás de looks para as festas de fim de ano, incluindo confraternizações. Se preparem que teremos muitas sugestões de roupas por aqui, hoje é um post dedicado a Loja Avesso. Foi aniversário de 19 anos da loja ontem (08.12), e todo mundo já sabe do meu amor por aquele lugar, é lá que sou recebida pelas avessetes sempre abertas e dispostas, sendo pessoas como a gente, sem aquele ar de “phynos e fofos”, mas sim elegantes com sorrisos. Com a ocasião, bastante foto para vocês conferirem a coleção. Grifes encontradas lá? Animale, Cavalera, Lacoste, Reserva, Carmim, Mimo Calçolas, Lucy In the Sky, Coca-Cola, Luiza Barcelos, Auslander e muitas outras.

Longos e calças pantalonas são ótimos para ser o diferencial da festa. Dourado e prata são sempre as pedidas dos acessórios, este ano ainda cabe nas roupas, lá tem vários modelos de vestidos e blusas com paetês bafônicos.

Azul, uma das cores mais pedidas do verão, é também a cor junto com o branco, de Nossa Senhora da Conceição, padroeira do Recife. O dia da santa é o mesmo do aniversário da loja, e sim, Cris, dona da Avesso, é devota e tem a uma imagem linda numa das janelas da Vila Felicidade.

Meninos, que tal romper o ano com um look desses? Perfeito para o reveillon na praia.

Se você não mora no Recife, é uma inspiração e tanto! Se joguem. Ahhh, aguardem as surpresas do sorteio de Natal do blog, tem uma pitada da Avesso nele.

Fotos: Maria Chaves

Loja Avesso – Vila Felicidade 

Av. Rui Barbosa, 806, Graças – Recife

😉

Gabi Albuquerque

Cliques que valem: maturidade

dezembro 7, 2011 às 3:12 pm | Publicado em Uncategorized | 1 Comentário
Tags: , , , , , , ,

Tem coisas que só um cabelo branco e uma ruga fazem. Nem precisa falar mais, não precisa explicar o porquê dessas fotos, basta ver. Aliás, deixa eu dizer uma coisa: quando você vê um clique desse, a reação é parar e observar, mas bom mesmo é ver ao vivo, né? Deixo vocês com o gostinho.

Fotos: Sartorialist, Google Imagens, Sartorialist

Até paletó pede estilo, gente! Entendam estilo como algo além de roupa, é pessoal, é atitude, é sorriso.

😉

Gabi Albuquerque

Tendência, a gente cansa

novembro 18, 2011 às 11:32 am | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , ,

Falamos do color block, da palha, do verão, das compras, das estampas, dos lançamentos. Falamos dos itens desejo, da calça de fulana, do vestido de beltrana, da bolsa que não sei quem usou num sei onde. Onde compra? Onde tem? Onde reserva? A cor do momento é o verde, amarelo ou laranja. “Azul já não é mais in, senhora” diz a vendedora treinada para falar de ten-dên-ciasss! “Eu não quero saber de out/in, mulher, eu gosto de azul”, responde a pobre compradora. Ai essa tendência…

E aquele dia que a vontade mesmo é usar jeans e blusa branca? Sim, isso no verão é uma acertada, hein? Bronzeado e branco causam estrondo. Meu sapato bege faz mais vezes do que os coloridos da moda e eu não me sinto nem um pouco menos arrumada por isso. Minha saia, também bege, e de corte lápis faz sucesso nos looks de dia a dia e nunca deixei de estar apropriada. A camisa listrada de preto e branco estará sempre entre as preferidas. Assim como meus vestidos e blusas estampados, tão tropicais quanto suaves, porque são minha cara. Eu canso de tendência e você também.  É normal, não se sinta culpada por não ter a bolsa do momento, o sapato da vitrine tal ou a roupa de Sabrina Sato, nem as pernas. Saber ser simples, minha cara, é para poucos e se você domina a arte, por que se exigir fashionismo 24h?

Se liberta às vezes, sai de casa sem pensar no look, anda no shopping sem querer tudo, abre o armário e se deixa ser. Há dias que só uma roupa sem graça deixa a gente com graça. E como é chato essa história de sair por aí usando o de todo mundo, viu? Pior, ler a mesma coisa em todo canto. Eu, fã de revista, sempre faço um intervalo, mês de moda, mês sem moda. Não há cérebro que aguente, tédio.

A única tendência do momento pra mim é a fome da noite que me aperreia muito no projeto verão mais magra. haha Por enquanto, até ela estou ignorando.

😉

Gabi Albuquerque

Abotoa e vai trabalhar

novembro 9, 2011 às 11:00 am | Publicado em Uncategorized | 2 Comentários
Tags: , , , , , , , , , , , , ,

Quem tem de 20 anos pra frente, tem um trabalho ou estágio, sabe da saga que vou lhes falar hoje. Todo dia é a mesma coisa, abre armário, procura mil vezes, tenta ser organizada e separa a roupa na noite anterior, mas nada adianta. Sempre tem aquele momento terrível de não saber o equilíbrio entre bem vestida e over, sorte de quem só usa terninho (ou não, né?). Calça social? Camisa de de botão? Blazer? Tudo isso junto? O que fazer???

Nessas horas, uma peça tem me deixado muito satisfeita e contempla exatamente o ponto entre transpassar maturidade e ao mesmo tempo estilo, é a camisa de botão. O modelo usado do jeito certo pode fazer sua manhã de buscas mais feliz e melhor, não só nessa hora, sabe aquele jantar de domingo? Pronto, super rola usar com um short jeans. Na balada? Com uma saia de paetê. Blusinha versátil essa viu?!

Tá muito calor? Usa a sem manga ou dobra a cumprida (faço isso sempre). E se não puder gastar muito, se joga na C&A, Renner e Riachuelo, não falta modelo bonito e em conta. Dica: a “abuse e use” daqui do Shopping Plaza, no Recife, estava com várias transparentes, de laço, xadrez, lisas e listradas.

E com que combinar? Olha ai uma seleção de opções.

Sim gatas, vestido! Uma única peça pode ser usada de várias formas, não abandone o seu. Um modelo ousado e com cara de festa, como esse preto, com uma camisa e um cinto vira saia, o mesmo com o laranja, neste caso pode ser usada aberta, tipo “casaco”. O jeans sempre descontrai, a saia plissada ou cintura alta dá um ar lady like.

Alguns acessórios podem ajudar no charme extra, afinal estilo é o que vale.

Um broche faz toda diferença nas cores básicas, como branca, preta e bege. Já o cinto é essencial para acinturar as mais largas ou para compor com uma saia de cintura alta, por exemplo. Ah, as de manga comprida com bracelete por cima são a nova jogada de style das fashionistas.

E como todo clássico merece uma repaginada, a Dudalina, marca catarinense mais que reconhecida de camisas (masculina e feminina), lançou a coleção Saint-Tropez inspirada na meca de jet sets e celebridades ricos e famosos. São camisas em seda 100% lavada, modelos de manga curta, golas imperatriz e modelagem especial em índigo. Algumas fotos para vocês conferirem, achei super verão essas estampas, estava na hora mesmo de um investimento numa cara mais tropical.

Olha que graça o detalhe da barra

O site da grife está aí para você conferir onde tem lojas. Atenção povo de Recife, tem no Shopping Recife, em Boa Viagem.

 Agora todo mundo trabalha em paz e reutiliza roupas, afinal consumo inteligente é sempre bom.

😉

Gabi Albuquerque

Quase Natal

novembro 3, 2011 às 2:38 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , , , , ,

Já é novembro, já é tempo de Papai Noel chegar nos shoppings, nas lojas e nos sinais de trânsito. É o tempo de dizer: eitaaa, acabou o ano! É tempo de planejar, desejar, sonhar, pensar na viagem, onde vai em cada data deliciosa do final do ano. Eu já desejava comprar tudo isso aí, mas com o Natal chegando, já é tempo de lista de presentes. hehe

Salto nude para os dias de reunião externa, salto colorido para as baladas, a bolsa também para night e a rasteira para quando estiver com os pés cansados. Quem quer ser meu Papai Noel? Dia 25 de dezembro aguardo tudo isso na minha árvore, tem mais de um mês ainda. haha

Candidatos a Noel, aceito mesmo sem barriga, barba branca e sem casa no gelo. =)

Grata

😉

Gabi Albuquerque

Dia de sexta, dia de dúvida

outubro 21, 2011 às 10:41 am | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , , ,

Toda sexta é o mesmo drama em todas as casas de mulheres que se jogam nas nigths e em todas as outras também, né? Qual roupa vou para festa tal?! Qual saia uso no aniversário de sicrano? E para jantar com o namorado? Se saindo a primeira vez, então drama ao cubo. Bom, seus problemas acabaram! haha Brincadeiras à parte, assunto sério agora. Toda sexta vou escrever a coluna “Com que roupa eu vou?!” para o portal TelaJovem, na sessão de Estilo. Bacana, né?

É o mesmo portal da promoção do Guarda roupa que postei essa semana, portanto não posso participar. haha Então, já sabe? Dia de sexta aqui tem Alissa e seus delírios deliciosos de ler e eu lá no telajovem! Uma fala do que comprou e a outra do que você pode comprar. Divirtam-se no fim de semana! E já tem post lá, é só clicar. hehe

😉

Gabi Albuquerque

O verão do palheiro

outubro 20, 2011 às 11:30 am | Publicado em Uncategorized | 3 Comentários
Tags: , , , , , , , , , ,

Quando um material bomba nas araras e vitrines durante uma coleção, sai da frente. Com a tendência das espadrilles, então, juntou dois em um e haja sacola para tanta palha, né!? Os saltos, as bolsas, os chapéus e até bijous e cinto. E, claro, provavelmente a decoração da casa de praia ou do hotel da sua estadia nas férias de veraneio também será de? Palha. Deu pra notar que os fios do vegetal estão no auge da tendência do nosso verão, né? Já que é assim, vamos destrinchar esse babado.

Basta lembrar dos filmes da Idade Média e das aulas de história para notar um detalhe: a palha era coisa de plebeu. Do chinelo a vassoura, nenhum nobre iria se render ao material. Mas o mundo dá voltas meus caros, numa delas, nos anos 90, as crianças e adolescentes sonhavam com o modelito da espadrille – cujo salto é de corda/palha -, na época um pouco menos rústica que hoje. A sandália teve origem lá pelo século XIV entre os trabalhadores das docas, na França e Espanha, até o belo dia que alguma mocinha criadora de tendências usou pra alguma baladinha, haha. Até hoje é must have das européias todo verão.

Agora as brazucas voltaram a curtir o modelinho, eu amei porque é bem confortável. Só que brasileiro que é brasileiro vai além, ai nosso verão tem palha na espadrille e em trocentos modelos de sandálias e sapatos. Pode escolher pelo preço, pela beleza, pela cor e tudo mais.

Eu curti muito a espadrille original da C&A, não doeu o pé, assim como essa sandália ai da montagem, mas todos os outros palheiros mataram meus dedos. Os da Arezzo são aqueles bonzinhos de sempre – nessa coleção está mais tentador – e os da Schutz sempre ganham meu amor – os mais caros, incrivelmente, se encaixam nos meus solados, hehe. O da Farm nem precisa perguntar, algodão + rasteira = felicidade. Não provei os da Santa Lolla. Ah, também tem na Renner!

Fora os calçados, a palha também está arrasando nos chapéus e bolsas. Já disse que comprei o meu panamá carioca, né? Quanto as bolsas, acabou o tempo das estilosas praieiras permanecerem nas areias, é tempo de inovar. Só não vale usar tudo de uma vez, né?

*Balneário, esqueci o acento. Sorry!

Esse negócio de tendência acaba com o orçamento de qualquer um, já quero o sapato da Schutz (não esse da foto, mas um verde lindo que provei ontem), e essa bolsa “it bag“, além de ter curtido a espadrille da C&A. Posso ser rica quando mesmo?! haha Ah, podia rolar uma esteira daquelas de praia também, né? Sendo muy rica, me jogaria nas areias e seria feliz com minha água de coco. Sonha, Gabi!

Agora vocês escolhem alguma pecinha e se joguem, acho que estou pegando a doença da nossa ruiva consumista, Alissa. hehe

😉

Gabi Albuquerque

Cliques que valem: uma bike e um terno

outubro 18, 2011 às 11:25 am | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , ,

Os cliques do The Sartorialist sempre merecem post. E essa é daquelas fotos que nem precisam palavras, em plena Milão.

vibe europeia

Essa moda podia vir pro Brasil, né? Mas com o calor daqui, os caras iriam sem camisa e as meninas de biquíni. haha Seria a hora de pegar o bronze.

Cliquem lá que o street style do nosso querido fotógrafo arrasa.

😉

Gabi Albuquerque

Desejos de verão

outubro 13, 2011 às 12:36 pm | Publicado em Uncategorized | 1 Comentário
Tags: , , , , , , , ,

Com mais um feriado abrindo as portas para o sol e o verão, começa a nossa mania de procurar o que comprar de novo para a temporada mais querida do país. Uma vitrine com o sapato colorido e o salto de corda já está causando fuzuê entre as loucas pelos calçados, uma saia florida para outras, a sandália color blocking, o biquíni com a alça de corrente e por aí vai. Todas buscando um item desejo para comprar e quando compra procura outro, por isso já selecionei logo um monte. haha

Já comprei o chapéu, podem conferir nas fotos cariocas. Só falta todo resto e mais algumas coisas que lembrei agora. Na verdade, falta mesmo eu ser rica, né? Ô mania de comprar! Ah, além das compras todas, também ficaria feliz com mais uma ida a Londres (sim, eu me apaixonei), um cabelo igual ao da moça da foto e as velas bacanas com fragrância para me deixar relaxada. Só isso eu queria! (sonhar é preciso!)

Voltando a realidade, sendo bem sincera, a gente sempre tem essas manias de pensar no que comprar, né? Não posso negar! Fico feliz quando compro roupa nova, quando ganho presente, quando tenho dinheiro pra passar a tarde no shopping e quando chega perto do Natal – ótima desculpa de consumista – e meu guarda-roupa comemora com pecinhas novas. hehe Então, como sei que essa felicidade é momentânea, para me redimir, outra coisa que me deixa muito feliz no verão!

Praia de Cabo Branco, João Pessoa

Que venha o sol!!!!!! E quando eu ficar rica, conto a vocês o que comprei. haha Ah, e me contem também os desejos de verão de vocês.

😉

Gabi Albuquerque

Joia rara, beleza pura

outubro 7, 2011 às 5:32 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , , , , ,

É sempre difícil quando tenho que escrever sobre joias, pra mim é um objeto além de explicação, sabe? O que dizer de uma ametista? Diamante? Turmalina? É raridade e beleza demais para as palavras e o talento de quem transforma as pedras no adorno do pescoço ou no brilho da orelha vai além. Exige delicadeza e ao mesmo tempo firmeza. Fora isso, joia sempre está no patamar sonho, mesmo que você tenha uma, vai existir sempre aquela fora do alcance. Por isso, hoje, além de contar a vocês sobre a nova coleção de Fabrizio Giannoni, segue vídeo da abertura de Bonequinha de Luxo, quando ela fica boba na vitrine da Tiffany.

Joia deixa a gente assim, né? Sem reação. 😉

Um italiano com talento para joias, imaginem! Ontem, além da coleção primavera/verão, pudemos conhecer pessoalmente o designer Fabrizio Giannoni. Apaixonado pelo que faz, ele explicou as peças, a contribuição de um brasileiro para chegar na estampa perfeita das bolsas de ouro com fecho em forma de flor e a presença dos bichinhos na temporada. “Não revelo o nome de quem fez a estampa, é exclusiva o que a torna mais cara. É a minha obra favorita.”, contou Fabrizio.

A bolsa famosa (eu quero!!! Quem se habilita?)

Joia não é uma peça que siga tendência, é eterna, fica para filha, para a neta. Carrega a história de gerações, portanto é pessoal. Por isso, a coleção sempre carrega uma marca, mas vários estilos. Nesta temporada, na Fabrizio você encontra tanto as clássicas, como as pérolas, quanto as mais ousadas, como as que têm bichos. “Eu gosto de colocar os bichos nas joias. Tinha feito um sapo da última vez, mas não gosto mais dele. Esse está mais bonito”, confessa Giannoni.

Já pode desejar todos (Foto: Guilherme Paiva)

Outro que amei foi esse bracelete de pedras coloridas porque é bem eu, né?

Bom, depois desse deleite de coisa linda e desejável, dá pra entender porque fico sem palavras, né? Joia é beleza rara mesmo. Parabéns a Camila Gusmão, do Chic é ser inteligente, que sabe receber como ninguém e deu as boas vindas aos convidados junto com Fabrizio.

O colar dela tava de babar

E tirei foto num momento tiete com o próprio Fabrizio. Tem que admirar, né gente?  Talento reconhecido.

E lembrem-se que não adianta nada poder comprar uma joia e não ter personalidade, né? É um pacote, igualzinho ao filme com Audrey, ela sonha com a Tiffany, mas não pode comprar e, mesmo assim, é o exemplo do luxo.

😉

Gabi Albuquerque

Conversa de banheiro: bolo macho x bolo fêmea

outubro 5, 2011 às 4:01 pm | Publicado em Uncategorized | 3 Comentários
Tags: , , , ,

Essas conversas só surgem em lugares improváveis mesmo, tipo banheiro ou no trânsito dentro do ônibus. Primeiro, o que seria um bolo fêmea? Febre das febres das moçoilas do mundo fashion, o cupcake roubou a cena tal e qual Gossip Girl substituiu The O.C. Isso mesmo, o bolinho cheio de cobertura, gordura trans e calorias, ficou famoso mesmo nos tempos de Sex and the city, ainda nos Estados Unidos. A loja Magnolia Bakery, onde Carrie ia se lambuzar, até hoje tem filas para gulosos loucos para provar o astro. Mas, aqui no Brasil, ele se tornou famoso há uns 2 anos, quando todo mundo quis comer e compra e, claro, mostrar umas as outras o modelo mais bonito da pasta americana. Bolo mais fêmeo que esse não tem.

Além de fêmea, é do tipo cocota

No meio desse fuzuê em torno da massa dentro de um papel manteiga, nos lembramos do bolinho de bacia (assim chamado em Pernambuco, com variações como bolo de saia). É basicamente a mesma coisa do cupcake só que macho, sem cobertura e sem fofura. Mas o cupcake fez fama, num estilo meio drag queen de ser, e o bolo de bacia foi esquecido, agora ninguém pede café com ele, pede com o bolo fêmea. Afinal, cupcake é tendência.

Brasileiro adora uns nomes americanizados, portanto acho difícil esquecerem o cupcake, pelo menos até surgir algo novo, como sei lá, ao invés de bem casado, happily married. Há quem ache que isso seria mais um exemplo das mulheres dominando o mercado de trabalho?! haha Até o bolo virou mulher. Quero só ver onde isso vai parar, se tudo de consumo for virando feminino, será um Deus nos acuda, né? Vou ser machista agora, quero meu bolinho de bacia de volta. Aliás continuo comendo ele, minha mãe sempre traz da padaria e normalmente isso me deixa bem feliz, exceto pela dieta indo embora. Ninguém vive só de estrógeno.

Também como cupcakes fofos, com coberturas elaboradas e tudo – isso inclusive mas faz ter pena de devorá-los. Mas enjoa, né? Já pensou um mundo só de mulher?! Não ia sobrar uma pra contar história. Todo mundo precisa de um testosterona vez em quando que o diga o bairro da Lapa. Começo a temer uma revolução de comportamento, alguns homens já estão mais vaidosos, cuidam dos filhos, cozinham e ajudam em casa. Acho isso fantástico, óbvio, mas imagina se eles passam a tomar café com cupcake?

Deixo aqui meu protesto pelo aumento de produção do bolo de bacia, o macho da história do bolo. Pense num bolinho bom, sem frescura, vendido da padaria ao boteco e até pelo ambulante. Porque mimimi cansa, viu? Se liguem! haha

😉

Gabi Albuquerque

Vem do Marrocos e é famoso. Chuta?!

setembro 23, 2011 às 11:12 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , , , ,

Não é O clone, nem tio Ali e nem Jade. haha É o óleo de Argan!

Como vocês devem ter notado, esta semana foi agitadíssima no Recife, cheia de novidades pras fashionistas e fãs de maquiagem – também foi cheia de trânsito para uma moradora da zona norte atravessando pra zona sul (onde rolaram TODOS os eventos), haha. Mas, claro, a gente tem é que comemorar quando a segunda feira já começa com a MAC, né? Como falei no post da Fabiana, ainda tinha conteúdo de sobra pra encher nossa cachola de coisas novas. E para completar com chave de ouro, ontem teve o lançamento oficial de vendas da Moroccanoil aqui com a presença de Victoria Ceridono, editora de beleza da Vogue e dona do blog Dia de Beauté.

Primeiro vou explicar o sucesso do Moroccanoil porque nem todo mundo sabe ainda da “mágica” capilar. A marca tem todos os produtos normais de uma linha de cabelos, shampoo, condicionador e máscara, entretanto, neste caso acrescente o óleo, esse sim é o causador do bafafá. E quem usa? A modelo Cindy Crawford, as atrizes Scarlett Johansson e Penelope Cruz, isso só para dar exemplos. Na fórmula: o óleo de Argan (podendo ser chamado também de pozinho mágico, é extraído da semente do fruto de uma flor do Marrocos), vitamina E, vitamina A e omega 6. Todas dizem que o danado é milagroso mesmo, deixa o cabelo brilhoso e sedoso sem ser melequento. Fiquei bem tentada a comprar quando estava em Londres, afinal lá tem preço normal, mas desisti porque meu cabelo anda mais pra oleoso, aí bateu medinho.

Mas, segundo a representante da grife no evento e a própria Vic, ele funciona para cabelos oleosos também (vou testar semana que vem, aí conto por aqui). Olha a foto dela conversando com a grande quantidade de pessoas na Dona Santa.

Sim, a máscara tem de duas cores: a marrom é mais leve, daquelas para fazer toda semana, já a laranja é super potência, se seu cabelo já estiver em estado de choque ou se você não hidrata há tempos.

E aí, você deve estar se perguntando “Gabi, para uma pessoa sem a vida de luxo e riqueza, vale a pena?” Bom, se você já investe em produtos profissionais no cabelo, como Bonacure, Loreal, Kerastase e outras, não custa tanto testar o Moroccanoil, né? Pelo menos o óleo famoso, que é mais barato e se não der certo, você não morre de arrependimento. Se tiver uma amiga que vai viajar, melhor ainda, traz de fora, gata! Ah, e se você não costuma gastar com essas coisas capilares, também indico testar um dos produtos, ou a máscara ou o óleo. Uma ótima ideia: vai num salão e faz a hidratação lá, é o test drive.  Vamos aos preços?

Máscara, 250 ml: em torno de R$200 (em site brasileiro)

Óleo, 25 ml: em torno de R$75/80 (preço dos salões no Recife, ainda não vendem a máscara)

Ps: amiga que testou um outro produto, nacional e mais barato, com o óleo de argan disse que é babado também.

O meu kit está me aguardando pro teste. hehe

Meus agradecimentos  a Rebeca, do Platz Studio, pelo convite para participar do lançamento. =) É lá que vou me jogar no banho de beleza capilar e é onde tem o spa do pés mais querido (com Andrea), não vejo a hora de ter pé de gente de novo. haha

😉

Gabi Albuquerque

Próxima Página »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.