Figurino de cinema, glamour e nosso armário

fevereiro 28, 2012 às 12:17 pm | Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário
Tags: , , , , , ,

Há muito tempo atrás, nos tempos de ouro de Hollywood, ninguém assistia seriados e novelas, ninguém queria copiar Tereza Cristina, nem tão pouco Babalu – se você não lembra dela, pesquise no Google hehe – e nem aquela moça do Clone. Naqueles tempos, bapho mesmo era ter um look como o figurino do cinema, uma coisa bem Audrey Hepburn e John Travolta. Tudo isso me veio a cabeça porque no último domingo tivemos o Oscar, fui conferir os ganhadores, e o vencedor de melhor figurino foi O Artista, ambientado nos anos 20.

O Artista é em preto e branco e o trabalho do figurinista era e é sempre mais tenso quando não há cores. Como mostrar o glamour e o brilho daquela década sem colorir? Conferi as fotos – ainda não vi o filme – e de fato, Mark Bridges mereceu tal prêmio, aquela beleza e delicadeza da década de 20 são retratadas com riqueza.

O Artista, vencedor do Oscar 2012.

Eu queria ser dessas pessoas que prestam mais atenção nos detalhes de roupa de cinema, sabe? Entender cada detalhe, porque o diretor usou essa cor e não aquela.  Mas não, não sou. Queria também poder explicar essas coisas todas as vocês, mas a única coisa que consigo perceber é quando usam uma cor muito forte, como vermelho, para transmitir alegria, sedução, maldade. Sentimentos intensos pedem vermelho nos filmes, é assim em A dança dos vampiros, Love Story e muitos outros. Até na novela das 18h estão usando o truque, a tenista Ana só usa vermelho quando está bem, notaram?

Dança dos Vampiros, Polanski.

Claro que como louca por moda, tenho minhas predileções por Bonequinha de Luxo – sempre, sempre, sempre – e a maioria dos figurinos de Audrey feitos por Givanchy, a maioria de Almodóvar tem um toque de sedução imperdível, Meia noite em Paris – delicioso – , Alice no país das maravilhas, Quem quer ser um milionário?, O diabo veste Prada e por aí vai. Sinto dizer que o filme Sex and the city costuma me decepcionar neste quesito.

Tudo sobre minha mãe, Almodóvar.

Então, gente, tudo isso é pra dar uma ideia. Que tal a gente glamourizar nossos looks com mais inspiração no cinema?! Sai do senso comum, sempre deixa a nossa mente trabalhando e tem tanta beleza, né? Às vezes voltar aos hábitos antigos é uma ótima e filme sempre tem o personagem que a gente se identifica, afinal escolhemos pelo estilo, roteiro, então se aproxima mais dos nossos gostos. Seriados seguem a mesma ideia, são boas inspirações também, até quando você não vê, mas curte. Eu não assisto Gossip Girl, li os livros, mas – mesmo sem querer – sempre acabo pendendo pro lado Blair. Em Sex and the city – minha paixão – por Carrie. No fim das contas, a gente mistura tudo, coisas da rua, e viramos nós.

Vou testar usar mais “pérolas” por me lembrar Audrey e misturar com a bagunça de Almodóvar, será que isso dá certo?!

😉

Gabi

Anúncios

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: