A segunda e todos os outros dias da semana

março 5, 2012 às 11:31 am | Publicado em Uncategorized | 5 Comentários
Tags: , , ,

Hoje é segunda-feira e não tem dia mais forçador de amizades. Funciona quase como um lembrete de celular, vem com uma gama de tarefas, emails, agendas e etc. Tem uma mania de começar de novo, uma tentativa sagaz de nos convencer de que vai ser bom, é mais uma semana. Ela sempre consegue o que quer. Os dias vão passando e a gente vai vendo que nem era tão ruim assim essa ideia de mais uma semana.

A chata da segunda-feira é começar dieta, começar a ser saudável, começar a academia. Marcar médicos, reunião. É a vida de todo dia, apesar de muitas coisas ficarem apenas por lá mesmo. A terça espera você com a mesma força contra o brigadeiro, mas já não há. Com o mesmo pique na corrida, mas já não há. A terça coitada, vive de esperar que a gente siga de verdade os planos da segunda, mas…

E aí na quarta você já está meio que desistindo da vida saudável e pensando que isso não é para você. É dia de futebol na Rede Globo. No fim, é dia de avaliar o que tem um simbolo de dever cumprido na agenda. Mas a quarta é bem na dela, não força amizade, não tenta. Você que se encarrega de fazê-la especial ou não. Ela é preguiçosa de afetos.

Quinta. Ousada é ela. Sabe que no outro dia tem trabalho, mas não se deixa levar. Um copo de chopp, um happy hour leve não faz a ninguém. Que tal um cineminha?! Um samba? Ela faz tudo pra nos levar pro mundo, a gente só precisa topar. Ah, e nela mora ansiedade, afinal no outro dia é sexta.

E gente do céu, chega sexta! O dia que você acorda feliz. O dia é leve, corre solto entre risadas, amigos marcando encontros e uma espera ansiosa pela hora de largar. É dia feliz, a não ser que você se renda ao Globo Repórter. Ah essa vida guiada pela programação global. Vai pra rua, gente, é sexta!!!

Ai vem um sábado calminho, às vezes de ressaca, às vezes de preguiça. Mas é o dia zen, o dia de dormir até achar a programação ideal para um fim de semana aguardado. Pode ser um livro, uma revista ou o show badalado, pode ser um bolo de chocolate, uma taça de sorvete, um copo de uísque. Um brinde à liberdade do sábado, não há dia igual.

Sol a pino, domingo vem com praia. Chuva, domingo vem com filme. Ahh o dia de domingo é aquela graça musical que só ele tem. Já notaram? Ele que manda nas músicas. É samba, é romance, é rock, é funk. Pode ser churrasco com a turma, mas também pode ser sozinho, deitado na cama. É almoço em família ou apenas um retiro com você mesmo. Por volta das 20h, começa a ser problema.

Domingo à noite ensaia a segunda-feira. A música do Fantástico assusta não só pelo conteúdo cada vez mais desinteressante, mas sim porque a segunda se aproxima. Mas domingo ainda joga com uma bossa, tem pizza, tem pipoca, tem refrigerante. É não dieta. É folga.

Ai, gente, chega a segunda-feira xingada como nunca antes, mas ela não tá nem aí. Se vocês não notaram, é ela quem manda em tudo.

Sendo assim, vem segunda, com toda sua não graciosidade, me fazer acreditar que você vale a pena. Que sua chatice tem uma razão de ser. Que um dia posso me apaixonar por você. Mas venha sem expectativas, pode ser que na terça eu desista, na quarta eu retome, na quinta eu ache melhor ter um fim, na sexta declaro nosso divorcio, no sábado nem lembro de você e no domingo você vem sorrateira fazendo carinho pra eu voltar e eu, boba que sou, sempre volto. Volto por achar que todo recomeço é sinônimo de oportunidade. Segunda, você é fênix.

😉

Gabi

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.